Plataforma Lunes

Review Plataforma Lunes
ICO:

A plataforma Lunes, em fase de pré-ICO desde o dia 26/02/2018 se prepara para lançar o ICO na data 15/04/2018 e já vem chamando a atenção de muitas pessoas pela quantidade de recursos arrecadados já no início. Serão 450 milhões de tokens distribuídos em todas as etapas, no pré-ICO terão duas fases, uma com 100 milhões de tokens ao preço de USD 0.01 e a segunda com 110 milhões de tokens ao preço de USD 0.08, com bônus nas fases 1 e 2 de 30% e 20% respectivamente.

O ICO oficial inicia na data 15/04/2018 com duas fases também e virá com 160 milhões de tokens na fase 1, com preço USD 0.15 com 10% de bônus e 80 milhões de tokens na fase 2 com preço de USD 0.30 com 5% de bônus aos investidores. Logo, dos 600 milhões de tokens totais serão distribuídos 450 milhões nas fases 1 e 2 do Pré-ICO e ICO, não sendo mais criados nenhum token após o término do ICO, para o caso de restar algum token os mesmos serão queimados. A distribuição total de tokens do projeto é de 600 milhões de tokens.

 

Airdrop:

Como dica para ganhar 100  Tokens Lunes, caso possua o aplicativo Telegram instalado em deu dispositivo, ingresse no grupo oficial do Telegram Lunes, que é também um suporte a comunidade, faça seu cadastro no site ou wallet oficial e depois acesse o link a seguir para ganhar seus tokens com seu endereço de email utilizado no cadastro e seu perfil do Telegram (Airdrop Lunes – clique aqui).

 

Roadmap:

De acordo com o site oficial serão 75% dos tokens distribuídos no ICO, 17% serão reserva, 1,5% a parceiros estratégicos, 4,83% a equipe de desenvolvimento e os 1,67% restantes distribuídos em redes sociais. Para comprar tokens Lunes acesse o link aqui, reforçando que não pode ser um cidadão dos Estados Unidos e pode comprar os tokens utilizando Bitcoin, Ethereum ou Litecoin.

O roadmap do projeto de 2018 já está lançado, com muitos projetos ambiciosos a acontecer para esse criptotoken Brasileiro. Alguns são exemplos são: lançar cartões de créditos para gastar suas criptomoedas em lojas ou sites, facilitar o acesso de empresas com gateways para receber por seus produtos/serviços em cripto ou mesmo em fiat com taxas baixas e com a maquininha Lunes, recarregar seu celular, pagar contas, realizar trades entre moedas (exchange dentro da wallet), receber avisos de coins e armazenar suas moedas na wallet, uma wallet híbrida que permite armazenar Bitcoin, Ethereum ou Litecoin com o controle das private keys por conta do usuário.

Para recarregar a sua wallet (exchange) será ainda lançado a possibilidade de pagar boletos ou utilizar cartões de crédito ou mesmo transferir criptomoedas. Há a possibilidade de utilizar seus tokens para smart contracts e lançar seu próprio ICO. Com o token Lunes também é possível utilizar a opção de autenticação de documentos como em cartórios, utilizando o potencial de sua blockchain a várias opções.

 

Mineração:

No whitepaper é explicado que a mineração será Proof-of-Stake (POS) e que todos que deixarem suas moedas na wallet irão ajudar na mineração sendo um nó da rede, mais somente quem possuir no mínimo 5.000 Lunes é que terá a chance de ser recompensado pela mineração. A recompensa do bloco minerado será das taxas de transações e não serão gerados novos tokens, ou seja, o que cada transação enviada no bloco pagar de taxas é a recompensa do minerador.

 

Opinião do Autor:

Como sempre dizemos, não damos nenhuma opinião sobre investimento, o mercado de criptomoedas é muito volátil e você pode perder todo o seu dinheiro alocado, cabe a análise do investidor e a busca por mais informações sobre cada investimento antes da tomada de decisões.

wallet oficial versão beta pode ser baixada para guardar seus tokens, o que demonstra que a equipe já se preocupou com algo importante ao se analisar um ICO, que é a segurança de seus tokens. O cadastro na wallet é o mesmo que o cadastro no site oficial.

O projeto é ambicioso e amplo, há poucos projetos sólidos no Brasil e América do Sul de forma geral, que demonstra que a Plataforma Lunes tem um potencial de mercado enorme. Recentemente o Governo da Venezuela lançou sua própria criptomoeda, o que indica que mais países podem tomar essa atitude e que o mercado está aberto ainda a novas empresas na América Latina, ver uma empresa brasileira na briga por espaço é saudável ao ecossistema das criptomoedas no Brasil, que ainda é um país sem grande destaque de bons projetos, mais cabe aqui cautela ao investidor, visto que temos problemas recorrentes nesse mercado com scams.

A equipe do projeto se identifica como 15 pessoas, anunciadas no site com funções bem definidas, todos possuem pelo menos uma rede social e há apenas 1 dev na equipe com github identificado, o que mostra que provavelmente após o ICO irão em busca de mais profissionais do ramo para cumprir com o roadmap a tempo. Obviamente é um projeto audacioso e que se der tudo certo será muito bem vindo.

 

Site da Plataforma Lunes: https://lunes.io/

Leia o whitepaper na íntegra (PT-BR): https://lunes.io/pdf/Lunes-Whitepaper-ptbr.pdf

 

Leia mais também: Segurança em criptomoedas

 

*Comente a sua opinião sobre esse tema, ela é muito importante para nós.