Inicio Blockchain Blockchain e GIG Economy

Blockchain e GIG Economy

Conheça mais sobre um assunto de imenso potencial para a blockchain!

-

Compartilhe
Blockchain e GIG Economy

Ao pensar em serviços de freelancers sempre lembramos de um profissional que está prestando um serviço para alguma empresa por uma quantidade de horas ou dias, e essa indústria têm estado em crescimento nos últimos anos.

As vantagens para os empregadores são muitas, o freelancer não possui vínculo empregatício e por vezes seus salários são insatisfatórios, sem benefícios e sem previdência da qual deve ser arcada pelos próprios trabalhadores. Uma pesquisa da Ridester nos EUA, apontou que motoristas de Uber ganham no máximo U$ 14.73 por hora, incluindo gorjetas.

Ainda nos EUA, o ex-secretário do Trabalho Robert Reich, acredita que em alguns anos até 40% dos trabalhadores serão freelancers. Outro estudo conduzido pela Freelancers Union e também pela Upwork, em um relatório similar acreditam que até 2027 a maioria dos trabalhadores serão freelancers.

Essa indústria, que por vezes é também chamada de Economia GIG (economia sob demanda), mesmo com todos os poréns, é uma realidade que está em crescimento ao ponto de chegar a ser relacionada com a tecnologia blockchain.

No setor freela, já há algumas plataformas de marketplace funcionando para realizar os encontros de freelancers com os empregadores, porém o custo operacional das mesmas pode ser alto, além do fato de ter o seu foco ser mais centralizado do lado do contratante em detrimento do contratado.

Para tanto foi criada uma solução baseada na blockchain, chamada de Fundação Baleia Azul (Blue Whale Foundation). O seu presidente executivo, Will Lee, acredita que o poder centralizado das plataformas atuais são injustos no mercado.

De acordo com o ideal da plataforma, o sistema blockchain pode trazer justiça para a Economia GIG ajudando principalmente na redução das taxas que os funcionários têm que pagar. Além disso, as pessoas podem receber instantaneamente, ao invés de esperar dias pela compensação bancária.

A blockchain pode ajudar muito na indústria em crescimento, e a Baleia Azul já se preocupa com detalhes do tipo folga paga e auxílio doença, além de várias recompensas que visam incentivar os trabalhadores. Outra empresa do ramo, a CryptoTask, também oferece um sistema blockchain freelancer para ajudar o setor.

A blockchain não é ainda uma solução em amplo destaque no setor, assim como em demais setores também é uma tecnologia nova, mas já está abrindo seu espaço como uma solução inovadora para a melhor qualidade de vida e justiça no mundo.

Deixe sua opinião sobre o assunto nos comentários.

Fonte: blokt

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

FMI e Banco Mundial criam criptomoeda própria

De acordo com um artigo do Financial Times, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial estão desenvolvendo conjuntamente uma blockchain privada para futuras experimentações...

Corretora de criptomoedas japonesa remove Bitcoin Cash em resposta a remoção do Bitcoin SV da Binance

A SBI Virtual Currencies, uma corretora de criptomoedas japonesa removeu o Bitcoin Cash de sua plataforma em resposta à recente remoção do Bitcoin...

Plataforma de David Chaum busca operadores de nós brasileiros para o teste BetaNet

A solicitação para executar o lançamento de um "node" - nó - BetaNet da plataforma Elixxir, de David Chaum está aberta até sexta-feira à...
 
Compartilhe
close-link