Blockchain e GIG Economy

Conheça mais sobre um assunto de imenso potencial para a blockchain!

Siga no

Ao pensar em serviços de freelancers sempre lembramos de um profissional que está prestando um serviço para alguma empresa por uma quantidade de horas ou dias, e essa indústria têm estado em crescimento nos últimos anos.

As vantagens para os empregadores são muitas, o freelancer não possui vínculo empregatício e por vezes seus salários são insatisfatórios, sem benefícios e sem previdência da qual deve ser arcada pelos próprios trabalhadores. Uma pesquisa da Ridester nos EUA, apontou que motoristas de Uber ganham no máximo U$ 14.73 por hora, incluindo gorjetas.

Ainda nos EUA, o ex-secretário do Trabalho Robert Reich, acredita que em alguns anos até 40% dos trabalhadores serão freelancers. Outro estudo conduzido pela Freelancers Union e também pela Upwork, em um relatório similar acreditam que até 2027 a maioria dos trabalhadores serão freelancers.

Essa indústria, que por vezes é também chamada de Economia GIG (economia sob demanda), mesmo com todos os poréns, é uma realidade que está em crescimento ao ponto de chegar a ser relacionada com a tecnologia blockchain.

No setor freela, já há algumas plataformas de marketplace funcionando para realizar os encontros de freelancers com os empregadores, porém o custo operacional das mesmas pode ser alto, além do fato de ter o seu foco ser mais centralizado do lado do contratante em detrimento do contratado.

Para tanto foi criada uma solução baseada na blockchain, chamada de Fundação Baleia Azul (Blue Whale Foundation). O seu presidente executivo, Will Lee, acredita que o poder centralizado das plataformas atuais são injustos no mercado.

De acordo com o ideal da plataforma, o sistema blockchain pode trazer justiça para a Economia GIG ajudando principalmente na redução das taxas que os funcionários têm que pagar. Além disso, as pessoas podem receber instantaneamente, ao invés de esperar dias pela compensação bancária.

A blockchain pode ajudar muito na indústria em crescimento, e a Baleia Azul já se preocupa com detalhes do tipo folga paga e auxílio doença, além de várias recompensas que visam incentivar os trabalhadores. Outra empresa do ramo, a CryptoTask, também oferece um sistema blockchain freelancer para ajudar o setor.

A blockchain não é ainda uma solução em amplo destaque no setor, assim como em demais setores também é uma tecnologia nova, mas já está abrindo seu espaço como uma solução inovadora para a melhor qualidade de vida e justiça no mundo.

Deixe sua opinião sobre o assunto nos comentários.

Fonte: blokt

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Leão. Imagem: Shutter Stock

Banco Central Europeu: “Bitcoin é um animal muito perigoso!”

O Bitcoin já foi chamado de várias coisas diferentes por autoridades do mundo todo, mas agora ele acaba de ganhar uma definição um tanto...
China bane Bitcoin. Imagem: Adobe Stock

Vídeo mostra mineradores chineses de Bitcoin desligando equipamentos

A China continua reprimindo a mineração de criptomoedas e não dá sinal que vai recuar. A última ofensiva tem como alvo a província de...
Gates e Buffet. (Imagem: Flickr)

Por que é inútil seguir os bilionários quando o assunto é criptomoedas?

Sem dúvidas, Warren Buffett, Ray Dalio, e Carl Icahn são grandes investidores, e sabem como ninguém comprar ativos tradicionais. No entanto, quando o assunto é...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias