“300 milhões de pessoas investem em criptomoedas”, diz CEO da Binance

De acordo com CZ, os investidores institucionais estão aumentando mais rápidos do que os investidores varejistas.

Changpeng “CZ” Zhao, o fundador e CEO da Binance, maior exchange do mundo, participou de uma entrevista na Bloomberg onde comentou sobre a situação atual do mercado de criptomoedas.

Ao ser perguntando sobre como e por que as pessoas estão entrando no criptomercado, CZ disse acreditar que elas entram por diferentes motivos, sendo os principais a especulação e a oportunidade de “ganhos rápidos”.

No entanto, para ele, esses novos investidores acabam aprendendo cada vez mais sobre as criptomoedas e acabam diversificando para várias altcoins. Durante a resposta, CZ afirmou que o mercado tem quase 300 milhões de pessoas.

“As pessoas entra pelom Bitcoin, mas aí aprendem sobre casos de uso e vão para as altcoins”

Enquanto o Bitcoin tem um caso forte de alta nos últimos meses, as altcoins também estão indo bem, principalmente moedas como o Ethereum.

CZ acredita que o interesse nessas moedas alternativas está justamente no fato de que as pessoas descobrem mais sobre as muitas coisas que existem no criptomercado e se aventuram em novas possibilidades.

“Tem pessoas que vêm o que está valorizando e tentam entrar na onda do mercado para ganhar mais. Mas as pessoas que eu interagi mais, elas aprenderam sobre o criptomercado pelo Bitcoin, mas depois disso elas aprendem que a Blockchain não é apenas o Bitcoin e que é possível fazer mais do que apenas transferir dinheiro”

Ele concluiu que com mercados que estão em alta, como o DeFi e as NFTs, as pessoas acabam precisando entrar no mercado de outras formas, descobrir mais sobre o setor e aprender os fundamentais de diferentes projetos.

Investidores que seguem a manada são iguais no criptomercado e no mercado tradicional

O entrevistador questionou a situação dos investidores do criptomercado, que “entram sem entender nada”.

O apresentador da Bloomberg TV afirmou que há um grande número de pessoas que investem em Bitcoin sem nem saber o que são chaves privadas e que “quando você tem muita gente assim, é irracionalidade exuberante, é espuma que não forma uma base sólida para o mercado.” 

CZ respondeu que o mercado de criptomoedas está similar ao “resto do mundo”, e que isso não é uma falha inerente das criptomoedas.

“Essa é uma proporção igual a pessoas no mercado tradicional. Sempre tem gente que faz a pesquisa fundamental e entendem os ativos, e há pessoas que apenas seguem outras pessoas, que seguem a manada (…) Não é algo exclusivo ao criptomercado”

“30% dos investidores são institucionais na Binance”

De acordo com CZ, os investidores institucionais estão aumentando mais rápidos do que os investidores varejistas, mesmo com os varejistas ainda dominando o mercado.

“Nosso ecossistema ainda é majoritariamente varejista, mas os investidores institucionais estão crescendo mais rápido. Atualmente é algo em torno de 70% varejistas 30% institucionais.”

Com isso, CZ se demonstra confiante no criptomercado, apostando em uma adoção maior não só no Bitcoin, mas também nas outras criptomoedas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias