“300 milhões de pessoas investem em criptomoedas”, diz CEO da Binance

De acordo com CZ, os investidores institucionais estão aumentando mais rápidos do que os investidores varejistas.

Siga no

Changpeng “CZ” Zhao, o fundador e CEO da Binance, maior exchange do mundo, participou de uma entrevista na Bloomberg onde comentou sobre a situação atual do mercado de criptomoedas.

Ao ser perguntando sobre como e por que as pessoas estão entrando no criptomercado, CZ disse acreditar que elas entram por diferentes motivos, sendo os principais a especulação e a oportunidade de “ganhos rápidos”.

No entanto, para ele, esses novos investidores acabam aprendendo cada vez mais sobre as criptomoedas e acabam diversificando para várias altcoins. Durante a resposta, CZ afirmou que o mercado tem quase 300 milhões de pessoas.

“As pessoas entra pelom Bitcoin, mas aí aprendem sobre casos de uso e vão para as altcoins”

Enquanto o Bitcoin tem um caso forte de alta nos últimos meses, as altcoins também estão indo bem, principalmente moedas como o Ethereum.

CZ acredita que o interesse nessas moedas alternativas está justamente no fato de que as pessoas descobrem mais sobre as muitas coisas que existem no criptomercado e se aventuram em novas possibilidades.

“Tem pessoas que vêm o que está valorizando e tentam entrar na onda do mercado para ganhar mais. Mas as pessoas que eu interagi mais, elas aprenderam sobre o criptomercado pelo Bitcoin, mas depois disso elas aprendem que a Blockchain não é apenas o Bitcoin e que é possível fazer mais do que apenas transferir dinheiro”

Ele concluiu que com mercados que estão em alta, como o DeFi e as NFTs, as pessoas acabam precisando entrar no mercado de outras formas, descobrir mais sobre o setor e aprender os fundamentais de diferentes projetos.

Investidores que seguem a manada são iguais no criptomercado e no mercado tradicional

O entrevistador questionou a situação dos investidores do criptomercado, que “entram sem entender nada”.

O apresentador da Bloomberg TV afirmou que há um grande número de pessoas que investem em Bitcoin sem nem saber o que são chaves privadas e que “quando você tem muita gente assim, é irracionalidade exuberante, é espuma que não forma uma base sólida para o mercado.” 

CZ respondeu que o mercado de criptomoedas está similar ao “resto do mundo”, e que isso não é uma falha inerente das criptomoedas.

“Essa é uma proporção igual a pessoas no mercado tradicional. Sempre tem gente que faz a pesquisa fundamental e entendem os ativos, e há pessoas que apenas seguem outras pessoas, que seguem a manada (…) Não é algo exclusivo ao criptomercado”

“30% dos investidores são institucionais na Binance”

De acordo com CZ, os investidores institucionais estão aumentando mais rápidos do que os investidores varejistas, mesmo com os varejistas ainda dominando o mercado.

“Nosso ecossistema ainda é majoritariamente varejista, mas os investidores institucionais estão crescendo mais rápido. Atualmente é algo em torno de 70% varejistas 30% institucionais.”

Com isso, CZ se demonstra confiante no criptomercado, apostando em uma adoção maior não só no Bitcoin, mas também nas outras criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Elon Musk. Imagem: Flickr

Elon Musk trabalha com desenvolvedores da Dogecoin desde 2019

Elon Musk revelou na noite desta quinta-feira (14) que começou trabalhar com desenvolvedores da criptomoeda Dogecoin para melhorar a eficiência das transações. O mundo...
Mindexcoin golpe

Criptomoeda Mindexcoin dá calote de R$ 20 milhões no mercado brasileiro

A criptomoeda Mindexcoin, que teve alguns líderes no Brasil, é um possível golpe internacional de pirâmide financeira, de acordo com uma ação coletiva. Segundo...

BC indiano manda bancos cortarem relações com corretoras de criptomoedas

O governo da Índia continua em uma campanha para tentar frear o uso de criptomoedas no país, seja através de regulamentações ou de "sugestões"...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias