Alemanha fecha maior mercado darknet, Hydra Market, e apreende 543 bitcoins

Pessoa usando notebook com logotipo do Bitcoin em forma holográfica.
Pessoa usando notebook com logotipo do Bitcoin em forma holográfica.

O Departamento Federal de Investigações da Alemanha, também conhecido como Bundeskriminalamt (DKA), fechou o maior mercado darknet do mundo, o Hydra Market, e apreendeu 543 bitcoins (R$ 117 milhões) durante a operação. Agência é conhecida por prestar um trabalho semelhante ao do FBI dos EUA.

O anúncio, realizado nesta terça-feira (5), aponta existirem cerca de 17 milhões de contas de clientes e outras 19 mil de vendedores. Indo além, é informado que o Hydra Market em operação desde 2015, tendo movimentado o equivalente a 6,2 bilhões de reais apenas em 2020.

Como destaque, o texto aponta que o site continha seu próprio mixer de Bitcoin, chamado Bitcoin Bank Mixer, e isso teria dificultado as investigações. Tal ferramenta é usada para embaralhar transações, dificultando o rastreamento das mesmas.

O que era o Hydra Market?

Fundado em 2015 e disponível no idioma russo, não é surpresa que não existam muitas informações públicas sobre o Hydra Market. Contudo, autoridades alemãs responsáveis pelo caso afirmam que este era o maior mercado darknet do mundo. Afinal seu volume de transações chegou ao equivalente de 6,2 bilhões de reais, apenas em 2020, e tinha 17 milhões de contas de clientes e outras 19 mil de vendedores.

Usado para comércio ilegal de entorpecentes, o Hydra também abrigava negociações de documentos falsos, dados roubados e serviços digitais. Segundo a Forbes, tal mercado também foi usado pelo excêntrico casal indiciado no mês passado pelo hack da Bitfinex e outros crimes, como lavagem de dinheiro.

Além disso, uma reportagem do CoinDesk aponta que o Hydra estava tentando realizar uma ICO — Oferta Inicial de Moedas — no fim do ano passado. Seu objetivo era arrecadar o equivalente a R$ 675 milhões para expandir seu alcance. Contudo, não há informações sobre o exito desta venda.

FBI da Alemanha fecha o Hydra Market

Segundo anúncio do Bundeskriminalamt (DKA), conhecido por ser o FBI da Alemanha, as investigações sobre o Hydra Market começaram em agosto de 2021 e contaram com o apoio da ZIT (Central de Combate ao Cibercrime da Alemanha), bem como de diversas autoridades dos EUA.

No total, a operação apreendeu 543 bitcoins, equivalentes a R$ 117 milhões, além de ter fechado o site. Além da acusação de facilitação de comércio de entorpecentes, a nota também cita lavagem de dinheiro e outros crimes.

Indo além, é destacado que o site possuía seu próprio mixer de Bitcoin, chamado Bitcoin Bank Mixer. Tal ferramenta seria usada para embaralhar transações e dificultar o rastreamento das mesmas, o que dificultou as investigações.

Por fim, até o momento o BKA não disponibilizou informações sobre os suspeitos de comandarem o Hydra Market, embora o texto deixe transparecer que tanto operadores quanto administradores do site já não são desconhecidos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias