Altcoins têm boa valorização com Bitcoin em recuperação

Mercado de criptomoedas ainda segue com cautela com alternativas!

Siga no
Altcoins valorização nos últimos sete dias
Altcoins valorização nos últimos sete dias

O Bitcoin esteve em queda de preços nos últimos dias, amedrontando os traders. Contudo, algumas altcoins surpreenderam e tiveram ganhos expressivos. De qualquer forma, o Bitcoin segue em recuperação do seu valor em 7% no dia 28 de novembro, mesmo com algumas altcoins tendo boa valorização.

Bitcoin segue em queda de médio prazo, mesmo com recuperação no curto prazo

O preço do Bitcoin (BTC) tem estado em uma queda desde a atuação da China contra criptomoedas. No fim de outubro, o presidente chinês Xi Jinping havia declarado apoio à tecnologia blockchain, o que se converteu em alta. Com a virada contra criptomoedas, o preço da principal moeda veio abaixo, levando as altcoins junto.

Nas últimas 24 horas do dia 28 de novembro, o Bitcoin voltou a subir 7%. Entretanto, ao se analisar as últimas duas semanas ainda há uma queda de 14%.

Como existem mais que duas mil altcoins, algumas fugiram ao padrão de baixa de preços. A altcoin que mais chamou atenção do criptomercado foi a Matic Network (MATIC). Nas últimas duas semanas a moeda se valorizou cerca de 70%.

Com a recuperação do preço do Bitcoin nesta quinta (28), com a valorização de 7% nas últimas 24 horas, a MATIC ainda valorizou mais que 20%. Ou seja, há altcoins com boas valorizações nos últimos dias.

Um levantamento feito pela LongHash, com dados da Messari, destacou os melhores desempenhos até o dia 27. A campeã foi a MATIC, seguida pela Streamr, ambas com mais que 40% de valorização nos últimos sete dias. Além disso, a NavCoin, Enigma e Fetch AI ultrapassaram os 20% de valorização no período.

Cabe o destaque que o desempenho passado das altcoins pode não se refletir no futuro. Um dos motivos é que o Bitcoin mostrou forte valorização, e projetos com baixa correlação podem sofrer nesse cenário.

Em qual altcoin você deve investir? Maioria das Altcoins estão correlacionadas com Bitcoin

Os investidores de criptomoedas sofrem ao ter que escolher em qual projeto investir. São muitas moedas digitais, muito mais que duas mil, ou seja, a tarefa de alocar capital em altcoins é difícil. Além disso, o risco é altíssimo, pois comprar uma shitcoin (altcoins ruins) que teve uma valorização momentânea certamente é catastrófico para novos traders.

Com isso, o CoinMetrics realizou um estudo que foi ao ar no dia 26, abordando um tema sensível: correlação das altcoins com o Bitcoin. De acordo com os analistas, a maioria das altcoins possuem correlação com o Bitcoin.

Na prática, isso significa que ao comprar altcoins, os traders estão expostos aos mesmos riscos de variação que o Bitcoin. Se o Bitcoin tem uma valorização, por exemplo, a maior parte das altcoins também valoriza. O contrário também seria verdadeiro, de acordo com a CoinMetrics.

Outro fato que deve ser observado é o volume de negociações do Bitcoin e a dominância do mercado. O Bitcoin possui bastante liquidez em corretoras, ou seja, um bom volume de negociação. Além disso, mais que 66% do valor de todo o criptomercado pertence ao Bitcoin, de acordo com o CoinMarketCap. Isso expõe ainda mais os traders de altcoins ao risco, visto que os investimentos em projetos alternativos se apresentam como oportunidades rápidas de ganhos, além do fato do volume acabar e os negociantes ficarem presos em operações ruins.

Algumas altcoins conseguiram nos últimos dias ganhos expressivos, mesmo com a queda do Bitcoin. O detalhe é, o padrão de correlação, volume e dominância podem mitigar essa situação no médio-longo prazo.

Por fim, a CoinMetrics destacou que ter um portfólio de criptomoedas muito diversificado oferece poucos benefícios. O cenário de alta correlação do Bitcoin com altcoins não seria antigo, tendo iniciado em 2018 com a queda generalizada das criptomoedas. Uma estratégia a ser considerada no momento seria não investir em altcoins sem uma análise profunda, dando preferência apenas ao Bitcoin.

**este não é um conselho de investimento, o mercado de criptomoedas é de alto risco e só foi apresentado as ideias de estudos públicos de analistas do criptomercado.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

З0 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...
Kim Jong-un - Coreia do Norte

Irritado com pandemia, Kim Jong Un executa doleiro

O ditador da Coreia do Norte está bastante irritado com a pandemia do corona vírus e seus impactos na economia, de acordo com a...
Interpol e Lavagem de dinheiro Europol Bitcoin Febraban

Interpol mira Bitcoin contra lavagem de dinheiro

A Interpol e a Europol investigam crimes que acontecem pelo mundo, mirando até o Bitcoin contra lavagem de dinheiro. Uma reunião recente definiu novas...

Últimas notícias

Irritado com pandemia, Kim Jong Un executa doleiro

O ditador da Coreia do Norte está bastante irritado com a pandemia do corona vírus e seus impactos na economia, de acordo com a...

Interpol mira Bitcoin contra lavagem de dinheiro

A Interpol e a Europol investigam crimes que acontecem pelo mundo, mirando até o Bitcoin contra lavagem de dinheiro. Uma reunião recente definiu novas...

“Bitcoin será maior que a Apple, Amazon e Facebook”, diz CEO da MicroStrategy

Em entrevista para a CNBC, Michael Saylor, o CEO da MicroStrategy explicou porque acredita que o Bitcoin é muito superior ao ouro e é...