Aplicativo de celular permite criar NFTs com fotos da galeria

Usuários ganham uma forma de eternizar momentos na blockchain, enquanto ingressam no mercado que já movimentou 19,4 milhões em vendas no primeiro trimestre de 2023.

A tecnologia mobile tem mudado hábitos, expandindo acessibilidade e criando experiências múltiplas. A partir dela, a Nodle, que se considera a primeira startup de tecnologia a construir uma rede descentralizada utilizando o poder dos smartphones, está democratizando o acesso de seus usuários ao mercado de NFTs (Token Não-fungíveis) por meio do lançamento de um recurso que transforma qualquer imagem da galeria do celular em uma NFT geolocalizada.

Além disso, os usuários também podem usar o aplicativo de celular para receber recompensas gratuitamente por contribuir com a construção da internet do futuro, enquanto conectam o mundo físico ao digital.

O novo recurso possibilita que artistas, criadores de conteúdo, colecionadores, investidores, fotógrafos, jornalistas e usuários comuns mintem suas imagens ou fotografias diretamente da galeria do celular.

Diversos profissionais podem explorar a criação de NFTs, diz diretora da Nodle

Permitindo criações com e sem as coordenadas de GPS, o aplicativo pode ser usado como marketplace para criadores de conteúdo, assim como para armazenamento ou gerenciamento de ativos digitais em NFTs.

O recurso permite ainda a criação de coleções com certificados únicos via criptografia e a entrada no mercado que movimentou no primeiro trimestre de 2023 19,4 milhões em vendas, representando um aumento de 8,56% em relação ao último trimestre de 2022, de acordo com o relatório da DappRadar, e promete um crescimento de 48,4% anualmente até 2028, de acordo com o Relatório de Dados de Inteligência de Mercado de NFT do Brasil e Dinâmica de Crescimento Futuro.

Em nota ao Livecoins, Carolina Mello, Diretora de Marketing da Nodle, destaca que a ferramenta criada pela empresa está disponível para profissionais diversos.

“Essa nova ferramenta pode ser explorada por diversos profissionais, inclusive por fotógrafos, jornalistas correspondentes, marketeiros e artistas. A ideia surgiu por um apelo da nossa comunidade, desejando explorar todo o potencial da nossa rede a partir do compartilhamento de experiências únicas. Por isso, decidimos transformar fotos tiradas com o celular em um NFT geolocalizado, que se torna um node dentro da rede da Nodle. Estamos usando a tecnologia blockchain para criar experiências e conexões entre o físico e o digital.”

Estão disponíveis as versões beta para dispositivos Android e IOS e o pacote de mintagem pode ser adquirido com o token nativo da rede descentralizada, que é distribuído gratuitamente para os usuários que deixam seu bluetooth ativo.

Também é possível comprá-lo em uma Exchanges de sua preferência, além de comprá-lo com cartão de crédito. Para Carolina, a solução trabalha para oferecer mais opções de personalização aos usuários.

“A Nodle está trabalhando arduamente para adicionar mais opções de personalização para os usuários, bem como para que no futuro os usuários possam transformar vídeos curtos em NFTs. Estamos em fase de análise dos feedbacks, sempre buscando melhorar a experiência dos usuários e integrar a novidade a outras plataformas.”

Como transformar suas imagens na galeria em NFTs?

O processo de criar uma NFT com a Nodle, segundo a empresa, é simples. Para isso, basta realizar o download do aplicativo oficial na loja de aplicativos.

Depois, ao criar uma carteira, basta clicar no menu NFT. Em seguida, o aplicativo fornece aos usuários uma opção de pagamento e, na sequência, uma opção de “Mintar sua NFT”.

Com isso, o usuário pode tirar uma foto nova, ou escolher uma imagem da galeria, adicionar descrição opcional e o processo está pronto. Nenhuma informação pessoal é pedida aos usuários, que em instantes podem criar um NFT e negociar o ativo no mercado.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias