Após o preço do Bitcoin cair R$ 6 mil, surgem novos motivos por trás da queda

Desvalorização acentuada da criptomoeda pode estar relacionada a Fake News e suposta baleia.

-

Siga no
Bitcoin caindo
Bitcoin caindo
Anúncio

O preço do Bitcoin caiu mais de R$ 6 mil nas últimas 48 horas no mercado. Essa queda revelou um momento de completa desvalorização para a criptomoeda, que parece não ter chegado ao fim. Com uma desvalorização de cerca de 20% nos últimos sete dias, alguns motivos aparecem como causadores de tamanha desvalorização.

Para espanto dos investidores, por dois dias consecutivos a desvalorização do Bitcoin atinge duas casas decimais. Em apenas um dia, a criptomoeda chegou a registrar quase 17% de desvalorização. Fake news e uma transferência de uma suposta baleia podem ser os novos ‘vilões’ por trás dessa queda que ainda está sendo investigada.

Taxa hash caiu pela metade enquanto bitcoin se desvalorizava

Um movimento atípico fez o preço do Bitcoin atingir uma grande desvalorização. Completamente inesperada, a queda fez a criptomoeda perder R$ 4 mil em questão de minutos. Rapidamente foram apontados os motivos por trás de tamanha desvalorização. Um dos primeiros motivos está ligada a taxa de hash do Bitcoin.

Anúncio

A taxa de hash do bitcoin está relacionada ao poder de mineração da rede da criptomoeda. Supostamente, uma abrupta queda foi apontada no mercado no mesmo dia em que o Bitcoin se desvalorizou. Para muitos analistas, essa queda na taxa de hash refletiu diretamente no preço da criptomoeda no mercado.

Embora os gráficos revelam uma queda inesperada da taxa hash do Bitcoin, alguns especialistas discordam. Apontamentos sugerem que os dados representam notícias falsas. Um usuário no Twitter apontou inconsistência na forma como a taxa hash do Bitcoin é auferida.

Suposta baleia fez preço da criptomoeda cair

Um dia após o preço do Bitcoin começar a cair, surgem supostos motivos por trás desta desvalorização. Além da taxa de hash, uma suposta baleia pode ter levado o preço do Bitcoin a uma queda sem precedentes.

Uma análise do Byte Tree apontam para uma movimentação de R$ 5 bilhões em Bitcoin. A transação aconteceu através de uma cold wallet de uma corretora de criptomoedas. Ou seja, não foi necessariamente uma baleia a responsável pela transação.

A exchange teria transferido a quantia bilionária de uma cold wallet para ordens de venda da criptomoeda na plataforma. Essa transferência é apontada como a responsável por ter causado grande pânico no mercado, induzindo a desvalorização do preço do Bitcoin.

Nesta quarta-feira (25) o preço do Bitcoin caiu mais de 10% novamente. Com essa desvalorização, a criptomoeda está sendo cotada por volta de R$ 35 mil. Esse valor representa para o Bitcoin uma desvalorização acentuada, que parece persistir para a criptomoeda.

Gráfico mostra queda do Bitcoin

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

Finanças Descentralizadas (DeFi) caem 40%, será o fim?

Nos últimos dias assistimos um massacre das moedas de finanças descentralizadas (DeFi), com quedas entre 30% e 58%. Talvez você não tenha acompanhado a...
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

Trader veterano que viu queda no Brasil gosta do Bitcoin

Com o preço do Bitcoin operando abaixo de U$ 12 mil em setembro, a contrapartida foi o aumento da volatilidade no início do mês....
Itau demissão criptomoedas

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...

Últimas notícias

Pioneira, gestora carioca lança primeiro ETF de criptomoedas do mundo

A gestora Hashdex, sediada no Rio de Janeiro (RJ), informou nesta semana que recebeu aprovação para lançar o primeiro ETF (sigla para fundo negociado...

Trader veterano que viu queda no Brasil gosta do Bitcoin

Com o preço do Bitcoin operando abaixo de U$ 12 mil em setembro, a contrapartida foi o aumento da volatilidade no início do mês....

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...