Após subir 10%, o preço do bitcoin poderá chegar em US$ 10 mil?

Preço do bitcoin renova sua máxima e chega em valor que não era visto desde 2018.

Siga no

O preço do bitcoin renovou novamente sua máxima em 2019. O valor registrado pela criptomoeda nas últimas horas não era visto pelo mercado há doze meses. Com esse rompimento, muitos investidores questionam se o valor de US$ 10 mil será o maior desafio do bitcoin nessa onda permanente de valorização no mercado.

Todas as criptomoedas crescem substancialmente enquanto o preço do bitcoin sobe. Considerada número um do mercado, o bitcoin é responsável por mais de 57% de todo o volume de capitalização. Além disso, o bitcoin representa pares de negociação com praticamente todas as outras criptomoedas, sendo amplamente aceito pelas corretoras de todo o mundo.

É através das corretoras de criptomoedas que o preço do bitcoin é registrado. A variação de uma exchange para a outra pode ser grande, principalmente em momentos de grande oscilação no mercado. Neste domingo (26), o bitcoin chegou a subir mais de 10% em menos de uma hora.

Bitcoin não enfrenta dificuldades para romper níveis de resistência

O preço do bitcoin já rompeu os US$ 8.800,00 recentemente no mercado. Com esse desempenho, o próximo nível de resistência da criptomoeda poderá ser a faixa de US$ 9.300,00. Após atingir esse valor, o bitcoin deverá estar prestes a experimentar máximas bem perto de US$ 10.000,00.

Embora esses valores sejam tratados como resistência, até então nenhuma barreira foi vencida com dificuldades pelo bitcoin, pelo contrário. Desde que o ativo digital começou a subir, nenhum nível de resistência ofereceu dificuldades para a valorização do bitcoin. Isso aconteceu desde que a moeda digital atingiu valores acima de US$ 4.300,00, há algumas semanas atrás no mercado.

Desde então, o preço do bitcoin continuou a subir de forma surpreendente no mercado. Até mesmo grandes correções não aconteceram para o bitcoin. A criptomoeda praticamente interligou os momentos de grandes valorizações de forma contínua, em um ótimo desempenho no mercado em 2019.

Sentimento entre traders pode fazer bitcoin chegar em US$ 10 mil

O preço do bitcoin sofre inúmeras influências que são capazes de direcionar o valor da criptomoeda. Além de acordos e notícias sobre o mercado financeiro descentralizado, investidores podem fazer com que o preço do bitcoin aumente.

Dessa forma, o aumento impressionante do bitcoin em 2019 pode ser justificado por um sentimento compartilhado entre muitos investidores. Conhecido como FOMO, traders estão agindo influenciando o preço do bitcoin para chegar em mais de US$ 10 mil.

De acordo com o famoso analista de criptomoedas Peter Brandt, esse sentimento está por trás da onda de valorização do bitcoin. O especialista alega que a FOMO deverá fazer o bitcoin atingir US$ 10.615,00 no mercado.

Brandt destacou que esse valor deverá ser alcançado após o bitcoin subir acima de US$ 9.321,00, próximo nível de resistência para a criptomoeda.

FOMO é quando traders compartilham entre si o sentimento de medo de perda, causando uma euforia na compra e venda do bitcoin. Esse sentimento de perda pode estar por trás dessa onde elucidante de valorização do bitcoin nos últimos meses, e que deverá ser estendida possivelmente até junho.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Autor de Pai Rico, Pai Pobre - Robert Toru Kiyosaki

Governantes estão assustados com o Bitcoin, diz Robert Kiyosaki

Em várias publicações pelo Twitter nos últimos dias, Robert Kiyosaki defendeu o Bitcoin como um ativo seguro. Segundo ele, os novos ataques dirigidos por...

Coluna do TradingView: Criptomoedas começam forte correção, é motivo para se preocupar?

Analistas trazem seu ponto de vista sobre os movimentos corretivos iniciados nessa semana com foco no Bitcoin. Confira as análises do TradingView: Crypto Investidor O Bitcoin deve buscar...
Granja de galinhas

Agora você pode comprar galinha caipira com Dogecoin

Uma granja de galinhas caipiras começou a aceitar criptomoedas como pagamento no Brasil, sendo a Dogecoin uma das opções. De início, a operação até...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Coluna do TradingView: Criptomoedas começam forte correção, é motivo para se preocupar?

Analistas trazem seu ponto de vista sobre os movimentos corretivos iniciados nessa semana com foco no Bitcoin. Confira as análises do TradingView: Crypto Investidor O Bitcoin deve buscar...

Agora você pode comprar galinha caipira com Dogecoin

Uma granja de galinhas caipiras começou a aceitar criptomoedas como pagamento no Brasil, sendo a Dogecoin uma das opções. De início, a operação até...

Square compra R$ 924 milhões em Bitcoin

A empresa Square, mais uma do CEO do Twitter, Jack Dorsey, comprou mais alguns milhões de Bitcoin. O anúncio da última terça-feira (23) mostra...

“Atlas Quantum quer me calar”, desabafa ex-cliente que foi intimado pela empresa

A Atlas Quantum é acusada por ex-investidores de operar um golpe sofisticado com Bitcoin no Brasil. Após reclamações públicas, um dos clientes teria sido...

Possível Twitter de Satoshi Nakamoto é revelado

Um perfil do Twitter tem sido associado a Satoshi Nakamoto, o criador misterioso do Bitcoin. A pista seria mais uma encontrada pela comunidade, que...