Atlas Quantum recebe reclamações sobre atrasos em saques de bitcoin

Reclamações sobre a empresa foram publicadas no site Reclame Aqui após notificação da CVM.

Siga no
Sede da Atlas Quantum
Sede da Atlas Quantum

O Atlas Quantum recebeu 20 reclamações sobre atraso em saques de bitcoins recentemente. Essas reclamações foram publicadas no site Reclame Aqui, nos últimos quatro dias. Na última terça-feira (11), a empresa foi notificada pela (CVM) sobre suas operações com arbitragem em bitcoins. Desde então, alguns clientes relataram problemas em transferir quantias da criptomoeda na plataforma.

A maioria das reclamações publicadas no site Reclame Aqui já foram atendidas pelo Atlas Quantum. Em grande parte dos casos, a empresa respondeu que os bitcoins foram enviados para os usuários, após a reclamação ser aberta no site.

Usuária reclama de suposto atraso ao transferir bitcoins do Atlas Quantum

As reclamações contra o Atlas Quantum no Reclame Aqui são relacionadas ao atraso em transferências de bitcoins. Uma das reclamações, por exemplo, fala sobre a transferência da criptomoeda para uma carteira de outra corretora.

Uma demora no envio de bitcoins foi relata na reclamação da usuária Aline de Itapira – SP. Segundo a investidora, o pedido de saque foi realizado na última terça-feira (13). A usuária solicitou o envio de 0.6 bitcoins para uma carteira da Anubistrade. Aline diz na reclamação que tentou contato com o suporte da empresa em busca de soluções:

“Hoje, dia 13/08/2019 na parte da manhã pedi o saque de + ou – 0.6 btc na plataforma da Atlas, a carteira de destino é uma carteira de outra corretora no caso a Anubistrade”.

Usuária reclama da Atlas Quantum

Aline chega a declarar que uma transação de bitcoin não pode demorar mais que dez minutos. Em resposta, o Atlas Quantum disse que o prazo para retirada de bitcoin é de cerca de dois dias úteis após a confirmação da transação. Além disso, a empresa alegou que o saque foi concluído, logo após a reclamação ser aberta no site Reclame Aqui.

Atlas Quantum responde a reclamação

Reclamações contra o Atlas Quantum no Reclame Aqui

O Atlas Quantum recebeu 20 reclamações no site do Reclame Aqui nos últimos dias. Essas reclamações foram registradas logo após a empresa receber a notificação da CVM. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou que a empresa não pode oferecer investimentos em bitcoin através do seu algoritmo Quantum.

Para a CVM, a arbitragem de bitcoins do Atlas Quantum configura como Contrato de Investimento Coletivo (CIC). Esse entendimento obriga a empresa a ter uma autorização prévia para operar soluções financeiras no Brasil. Enquanto isso, o Atlas Quantum busca reverter a decisão da CVM judicialmente.

Nos últimos seis meses o Atlas Quantum recebeu 339 reclamações no site Reclame Aqui. Dessas reclamações, a empresa respondeu 338, em um tempo médio de resposta de dois dias e oito horas. Sobre as reclamações, o Atlas Quantum respondeu sobre os índices positivos em relação às suas respostas aos clientes. Confira a nota na íntegra enviada pela empresa:

O Atlas informa que vem constantemente aprimorando seus sistemas e processos, com o que há de mais moderno em tecnologia digital, para atender seus clientes cada vez melhor. A transparência de suas operações e da relação com seus clientes pode ser notada nos índices positivos de reclamações respondidas (99,7%), de reputação da empresa (9,1) e de clientes que voltariam a fazer negócio com o Atlas (86,2%). 

O Atlas Quantum reforça seu compromisso de oferecer um serviço que atenda integralmente as demandas de seus clientes e possa contribuir para democratizar a geração de patrimônio por meio do fortalecimento do mercado de criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Bitcoin em celular e Tesla ao fundo

Tesla revela que mantém US$ 1,3 bilhão em bitcoin

Empresas listadas em bolsas de valores devem divulgar trimestralmente seus resultados para os acionistas e mercado financeiro em geral. Essa política mantém transparente as...
Empresário observando a rede Bitcoin na cidade

Maior companhia de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin

Uma das maiores empresas de telecomunicações da Tailândia vai minerar Bitcoin e pretende ser uma referência na Ásia neste setor. A Jasmine Telecom Systems (JTS)...
Michael Saylor Kitcon News

Michael Saylor: “Bitcoin vai durar 3950 anos, invista no que foi feito para durar...

Michael Saylor é um dos grandes apoiadores do Bitcoin e um dos mais conhecidos defensores da criptomoeda, sempre falando bem dela e de seus...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias