Banco alemão diz que Bitcoin voltará a 28 mil dólares até o final do ano

Ainda que a cotação feche em queda anual, movimento seria de alta em relação à fase atual.

Deutsche Bank, o maior banco alemão
Deutsche Bank, o maior banco da Alemanha

Um banco alemão prevê que o preço do bitcoin deve buscar US$ 28 mil ainda em 2022, com um movimento de alta para os próximos meses. Nesta quinta-feira (30), a cotação das criptomoedas operam com forte queda, o que preocupa investidores.

Cada Bitcoin hoje custa US$ 19,1 mil, com um recuou de 4,7% nas últimas 24 horas e mostrando que há uma relação com as ações de tecnologia ainda presentes. Na última quarta-feira (29), o principal índice da Nasdaq recuou 3%, com um pessimismo de investidores em empresas de inovação.

Dessa forma, fica claro que o bitcoin ainda caminha com relação a este índice de preços, mas isso tende a mudar com o tempo, segundo estrategistas do grande banco alemão.

Estratégia de gigante banco alemão prevê preço do bitcoin em 28 mil dólares em 2022

Prever o futuro do bitcoin de fato é um cenário utópico, embora muitos tentem realizar essa façanha com uso de algumas ferramentas.

E de acordo com a Bloomberg, dois estrategistas do Deutsche Bank, o maior banco da Alemanha, o final do ano de 2022 será de alta para o bitcoin.

Segundo eles, é possível que o Bitcoin alcance 28 mil dólares até o final do ano, o que seria uma reversão na tendência de baixa atual deste mercado. E a explicação para essa alta seria justamente a relação da moeda digital com ações da Nasdaq 100 e S&P 500 principalmente.

Assim, como há previsões que indicam uma melhora do S&P até dezembro, o bitcoin poderia subir junto e voltar a crescer pelo menos 30% do preço atual.

“Bitcoin se parece mais com diamantes que com ouro”

Além do otimismo da dupla de estrategistas do banco alemão com uma nova alta do bitcoin nos próximos meses, eles ainda destacam que a moeda digital não se parece tanto com o ouro.

Isso porque, o ouro é um ativo de valor estável e seguro. No entanto, com a queda do bitcoin de mais de 50% frente ao Dólar, é possível que a moeda digital tenha falhado em cumprir com seu requisito de reserva de valor para investidores.

Os analistas do Deutsche Bank acreditam até que o desempenho das criptomoedas tenha sido pior que das ações após os bancos centrais removerem a liquidez e pararem de imprimir dinheiro, embora nesse cenário o ouro ainda tenha se segurado bem.

Dessa forma, eles acreditam que o bitcoin é mais parecido com diamantes, um mercado relativamente novo e que teria similaridades com a moeda digital.

No entanto, os estrategistas não descartam a hipótese de que a queda no mercado de criptomoedas continue no curto prazo, principalmente pelo fato de que fundos de investimentos e empresas do setor estão falindo e liquidando suas posições. Segundo eles, como é difícil avaliar o cenário pela falta de métricas e fundamentos, o medo ainda pressiona investidores.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias