Banco Capitual lança novidade para empresas que buscam operar com criptomoedas

Novidade chega aos brasileiros em meio a alta do Bitcoin no mundo.

-

Sede Capitual
Foto Marcos de Oliveira/Divulgação

O Banco Capitual lançou uma novidade para empresas que buscam operar com criptomoedas. Com atuação também no Brasil, o banco espera ajudar negócios que querem ingressar nesse novo nicho de mercado.

Desde 2020, de fato, o mundo tem visto uma grande adoção de empresas às criptomoedas. Principalmente com a compra de Bitcoin, muitos empresários acreditam que a moeda digital é uma boa reserva de valor.

Entre os principais receios, a ameaça de uma alta inflação nos mercados impulsionou o Bitcoin. Nos Estados Unidos, por exemplo, até o PayPal, uma grande empresa de tecnologia de pagamentos digitais, passou a negociar criptomoedas.

A tendência é que países como o Brasil também passem por um momento de adoção institucional.

Se preparando para novo nicho de mercado, banco Capitual lança novidade para empresas que querem operar com criptomoedas

No início de dezembro de 2020, o Banco Capitual fez uma parceria com a TecBan, dona da rede Banco24Horas. Dessa forma, clientes do banco que gostariam de sacar suas criptomoedas pela rede passaram a encontrar facilidades no processo.

Autointitulado o primeiro banco híbrido do Brasil, o Capitual agora inova também para clientes que são pessoa jurídica. Isso porque, foi inaugurado o cadastro para empresas que buscam operar com criptomoedas no Banco Capitual.

Para a iniciativa, foi criado um site próprio do banco, que pretende atender as empresas com uma conta digital. De acordo com nota do Capitual compartilhada com o Livecoins, a novidade visa atender a uma demanda interna de clientes pela modalidade empresarial.

Uma das principais necessidades dos clientes era obter o suporte de um banco amigo das criptomoedas. Isso porque, com a necessidade de operar volumes de Bitcoin cada vez maiores, muitos clientes enfrentavam problemas com os bancos tradicionais.

O Capitual disponibiliza hoje a negociação com várias criptomoedas, ouro e moedas fiduciárias. Por isso, se posiciona como o primeiro banco de conta digital híbrido do país, com atuação em 45 países.

Banco oferece contas para empresas sem taxas para abertura e manutenção

A novidade, batizada de CapBusiness, estaria alinhada com a estratégia do Capitual, de popularizar o uso das criptomoedas no Brasil. Segundo o COO do banco, Gustavo Rezende, a intenção é expandir a base de usuários.

“Queremos, em um primeiro momento, atender nossos usuários que também atuam como empresa e querem incrementar suas operações no mercado multimoedas em uma plataforma robusta, que seja ágil e segura. Muitos deles operam no mercado de P2P e são empresas de negociação no mercado OTC. Certamente também pretendemos ampliar nossa base de usuários de uma forma orgânica”, afirmou Gustavo.

De acordo com o Capitual, a abertura e manutenção da conta PJ são isentas de taxas. Além disso, não há custos para envio de fundos entre contas do Capitual. Os depósitos de criptomoedas, Euro e Real, na modalidade TED, também não possuem taxas.

Segundo a empresa, o tempo para abertura da conta demora cerca de uma semana hoje. Isso é necessário devido ao compliance do Capitual, que exige o envio de documentos pela empresa solicitante.

Com a novidade, o mercado de criptomoedas brasileiro começa a melhorar a infraestrutura para uma eventual adoção institucional no país.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Saiba tudo sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Escreva seu comentário:

Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Golpistas ameaçam matar animais de estimação caso resgate em Bitcoin não seja pago

Um condado da Inglaterra está passando por uma onda de crimes que, enquanto não violentos, provavelmente estão deixando muitos preocupados. Um grupo de golpistas...
Dogecoin criptomoeda

Trader brasileiro aposta na queda da Dogecoin

Erramos: Inicialmente o texto informação que o trader perdeu R$ 59 mil, no entanto, se trata de uma operação marcada. O texto foi atualizado...