Bitcoin ultrapassa US$ 50 mil e bilionário prevê US$ 88 mil em dois meses

Ele acredita que a nota alta histórica do Bitcoin pode nem demorar esse tempo para ser renovada.

Siga no
Gráfico de preço do Bitcoin para cima alta valorização
Gráfico de preço do Bitcoin para alta

O bilionário do Bitcoin, Zhu Su, CEO na Three Arrows Capital (3ac), analisa o novo movimento de alta do Bitcoin no mercado, que fez o preço romper os US$ 50 mil novamente.

Na análise de Zhu, um “superciclo” pode estar chegando no mercado. Caso isso aconteça, o preço da criptomoeda deverá romper a alta histórica, que atualmente está em US$ 64 mil.

No Brasil, os traders já negociam o Bitcoin acima de R$ 270 mil, com alta impulsionada também pelo dólar, que valoriza perante o Real. Só nos últimos sete dias, os brasileiros já viram uma valorização de 8% no BTC.

Bilionário do Bitcoin acredita em novo “superciclo” ao analisar alta da moeda

No setor de commodities, quando se fala em superciclo, é comum entender que algum ativo terá uma demanda maior que a oferta por um período superior ao esperado pelo mercado, levando este a valorizar por um período maior que os ciclos normais.

E esse conceito poderá até se aplicar ao Bitcoin na visão do trader Zhu Su, um bilionário que analisa os movimentos de alta da principal criptomoeda.

Em sua visão, o Bitcoin deverá alcançar no mercado a cotação de US$ 88 mil, em menos de dois meses.

Parceiro de Zhu na 3ac, Kyle Davies, acabou concordando com a análise de um superciclo no mercado, que pode levar o preço do Bitcoin a romper a alta histórica de abril de 2021.

“Bitcoin parece que quer dar um superciclo direto no ATH’s”

Preço do Bitcoin rompendo US$ 50 mil pode ter animado traders

Nesta segunda-feira (23), o preço do Bitcoin acabou rompendo a cotação de US$ 50 mil no mercado, após vários meses de queda. Assim, o mês de agosto segue registrando uma alta forte que pode justificar o ânimo com um superciclo.

A cotação máxima do dia chegou em US$ 50.500,00 em algumas corretoras, valor que foi visto pela última vez em 11 de maio de 2021. Vale notar que nessa data foi a última vez que o preço do Bitcoin fechou um dia cotado acima de US$ 50 mil, situação que não voltou a ocorrer ainda.

Os traders acabaram se animando com a nova alta do mercado, que registra um nível alto de otimismo no mercado, segundo o Bitcoin Fear and Greed Index.

Vale notar que o preço do Bitcoin pode estar sendo impactado por uma baixa oferta de moedas na rede, que segundo uma análise recente, 35% das moedas criadas estão perdidas ou paradas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Queda da Dogecoin DOGE despenca desvalorização brasileiro

Brasileiro perde R$ 2,6 milhões com queda da Dogecoin, mas ainda acredita na moeda

O brasileiro que mora nos Estados Unidos, Glauber Contessoto, perdeu R$ 2,6 milhões em Dogecoin com a recente queda da moeda no mercado. O fenômeno...
LNBTC

Usuário avisa empresas sobre falha em serviços de custódia da Lightning Network

Reckless Satoshi, um usuário do Reddit, fez uma postagem relatando que serviços de custódia que trabalham com a Lightning Network tinha um ponto de...
Ethereum. (Imagem: Adobe Stock)

Pânico? R$6,6 bilhões em Ethereum saíram das exchanges na semana passada, R$4,2 bi voltaram...

Na quarta-feira passada, dia 15 de setembro, cerca de 363.240 ETH foram sacados de exchanges centralizadas, ontem, no entanto, 258.050 ether voltaram para endereços...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias