Depois de chamar Bitcoin de “veneno de rato”, banco de Warren Buffet pode ser ultrapassado pela criptomoeda

Com a sua mais recente alta, o Bitcoin atingiu a capitalização de mercado de US$ 522 bilhões. Isso coloca a moeda digital como o 11° ativo mais valioso por capitalização de mercado, superando a Visa e até mesmo o famoso banco JPMorgan Chase.

Siga no

Com o Bitcoin ainda valorizando e buscando novos níveis de suporte, sem ter nenhuma resistência aparente, o preço da moeda vem chamando muito a atenção dos investidores. Além disso, a moeda digital está dando um “gostinho de vingança” para muitos apoiadores da criptomoeda, principalmente “contra” quem duvidou do ativo digital. Um dos detratores do Bitcoin que agora tem que engolir seu ceticismo é o lendário investidor Warren Buffet.

Buffet é um dos investidores mais respeitados do mundo, tendo legião de seguidores e de aprendizes de sucesso. Mas ele sempre foi contra o Bitcoin e outras criptomoedas. Em 2018, pouco depois da queda trágica de 80% após um recorde de preço, Buffet disse que o Bitcoin era Veneno de Rato.

Em 2018 Buffet disse em entrevista à CNBC:

“É provavelmente veneno de rato (…) Em termos de criptomoedas, de forma geral, eu posso dizer com quase 100% de certeza de que elas vão ter um final ruim. Se eu pudesse comprar 5 anos de investimentos em todas as criptomoedas eu faria, mas não valeriam nem um centavo.”

Mas então, o que mudou desde 2018? Bom, a respostas é bem simples: O Bitcoin se recuperou de uma das suas maiores quedas, ultrapassou recordes de valores alcançados em 2017 e continua valorizando. Agora, a moeda pode ultrapassar a capitalização de mercado do Berkshire Hathaway, o banco liderado por Warren Buffet.

Bitcoin prestes a valer mais do que o banco de Warren Buffet

Com a sua mais recente alta, o Bitcoin atingiu a capitalização de mercado de US$ 522 bilhões. Isso coloca o Bitcoin como o 11° ativo mais valioso por capitalização de mercado, superando a Visa e até mesmo o famoso banco JPMorgan Chase.

Logo acima do Bitcoin e na 10ª posição temos o Berkshire Hathaway, o banco comandado por Warren Buffet, com capitalização de US$ 538 bilhões. Se o Bitcoin alcançar a marca de US$ 30 mil, ele terá mais de US$ 550 bilhões em capitalização e terá ultrapassado o valor de uma das companhias mais tradicionais do mercado financeiro.

Consequentemente, isso também faria com que o banco de Warren Buffet valesse menos que “veneno de rato”, como ele mesmo colocou no passado.

Apesar de estarmos vivendo um novo recorde a cada dia, o Bitcoin não demonstra sinais de que vai cair. Como mostrado pelo mais famoso modelo de Stock-To-Flow (S2F), que colocou o preço atual acima do preço previsto.

“Preço do Bitcoin em US$ 25.3k acima do valor de US$ 24.9k do modelo de S2F.”

Vale mencionar que, de acordo com PlanB, criador do modelo de S2F, o Bitcoin vai alcançar os US$ 100 mil até o final de 2021.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Bitcoin ganha novo impulso de alta e supera US$ 34 mil, entenda

O Bitcoin continua a se recuperar de sua queda no início da semana após várias empresas darem sinais que estão correndo para apostar no...
dolar rasgado e Bitcoin. Imagem: ShutterStock

Valor total de transações com bitcoin em 2021 deve superar PIB dos EUA

Pela primeira vez em menos de sete meses, o volume total de transferências com bitcoin ultrapassou US $ 15,8 trilhões. Como resultado, o volume...
CEFI vs DEFI

DeFi vs CeFi: Finanças Centralizadas vs Finanças Descentralizadas

Finanças descentralizadas (DeFi) são uma das fatias mais cobiçadas da indústria de blockchain hoje, mas a ideia em si tem origens muito mais humildes. Na verdade,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias