Bitcoin deu prejuízos apenas 52 dias para quem comprou na alta histórica

Se você comprar Bitcoin por hora, poderá estar comprando na baixa!

-

Siga no
Bitcoin deu prejuízos apenas 52 dias para quem comprou na alta histórica
Comprou Bitcoin na alta e vendeu na baixa?

Se você teve prejuízos porque comprou Bitcoin na alta histórica, saiba que os preços têm voltado. Esse detalhe foi observado por um analista que aponta que o Bitcoin passou poucos dias acima do patamar de preços atuais.

De fato, o Bitcoin como uma moeda nova, de apenas 10 anos de idade, oscilou bastante seu preço. No momento da escrita deste, o preço do Bitcoin está cotado em R$ 46,708 (US 11,887). Cabe o destaque que a alta histórica de preços do Bitcoin foi em 2017, ao chegar ao máximo de U$ 20 mil por unidade.

Você teve muitos dias de prejuízos se acaso comprou Bitcoin na alta histórica? Não tanto quanto imagina!

Em 2017, o Bitcoin passou por uma tremenda valorização de preços, que chamou atenção para a moeda digital. Tal fato aconteceu porque o valor do Bitcoin passou de cerca de U$ 960 (janeiro de 2017) para U$ 20 mil (dezembro do mesmo ano). Este foi mais um dos movimentos que são chamados de movimentos parabólicos do Bitcoin.

Entretanto, para chegar a valer muito o Bitcoin teve uma grande quantidade de compradores entrando no mercado. Para isso, alguns ainda pagam o preço por ter entrado mais tarde. Certamente, não foi fácil até aqui para quem comprou o Bitcoin por U$ 20 mil, principalmente. Outro ponto de choque, foi o inverno cripto de 2018, em que os preços chegaram quase a cair abaixo de U$ 3 mil.

Para o analista do criptomercado James Todaro, o Bitcoin passou por uma imensa valorização em 2019. Com essa valorização, considerando a cotação atual do Bitcoin, o preço acima foi de apenas 52 dias. Isso quer dizer que apenas quem comprou Bitcoin na alta, durante os 52 dias em que fechou acima do patamar atual, é que estaria com prejuízos.

Média do Bitcoin é bem menor do que altcoins!

Em um estudo conduzido pela Ceteris Paribus, quem comprou apenas Bitcoin tem uma vantagem em relação às altcoins. Esse cenário é porque o BTC já valorizou, logo a quantidade de dias abaixo do topo histórico está menor.

Entretanto, as altcoins estão longe da alta histórica, indicando que os holders destes projetos estão em grandes prejuízos. Neste quesito, a pior altcoin analisada foi a Stellar (XLM), que possui 606 dias de distância (quase dois anos). A melhor altcoin na análise foi a Binance Coin (BNB).

Dias passados acima do preço atual das criptomoedas
Fonte: Messari / Dias passados acima do preço atual / Dia 06 de agosto de 2019

Para Nic Carter, o Bitcoin deu poucos prejuízos devido ao limite realizado estar em sua alta histórica. Neste ponto, os holders de Bitcoin estariam no lucro desde 2017.

Weiss Ratings aponta que o Bitcoin vai subir

O ouro tem sido destaque na última semana na medida em que aumentaram as tensões entre os EUA e a China. A onça de ouro já passa dos U$ 1,500 por unidade, com investidores buscando porto seguro em meio a crise.

Para a agência Weiss Ratings, entretanto, o Bitcoin poderá ser um dos portos seguros. Tal situação se justificaria porque com o Bitcoin é impossível imprimir mais moedas. A quantidade de Bitcoin é limitada em 21 milhões de unidade, no máximo. Com isso, a WR apontou que com o aumento dos problemas com bancos centrais, o Bitcoin poderá ver seu preço subir.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://livecoins.com.br
Entusiasta e estudante de Bitcoin, graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Corretora de criptomoedas e Bitcoin Binance

Binance venceu disputa no Brasil e consegue sua marca

A corretora de criptomoedas Binance anunciou a chegada ao Brasil há poucos meses e já teve problemas. Ao tentar o registro no INPI, se...
Livro Bitcoin, Blockchain e Muito Dinheiro

Lançamento do livro Bitcoin, Blockchain e Muito Dinheiro

Após o sucesso do halving, sai o primeiro livro brasileiro sobre bitcoin e blockchain. Referência inédita editorial no país, Bitcoin, Blockchain e Muito Dinheiro...
Campus Party Digital

Campus Party Digital terá boas discussões sobre blockchain

Na próxima semana o famoso evento Campus Party inicia os trabalhos, a partir do dia 9 de julho. Com três dias de discussões sobre...