Bitcoin é uma reserva parcial de valor, diz economista que previu crise de 2008

Apesar disso, na opinião do especialista, o Bitcoin não é moeda!

Nouriel Roubini
Nouriel Roubini/Reprodução

O Bitcoin não é uma moeda, mas pode ser uma reserva parcial de valor na visão de um famoso economista que previu a crise de 2008. Conhecido como Dr. Doom (ou Doutor Catástrofe), Nouriel Roubini é famoso pelas críticas contra a moeda digital.

Apesar de crer em crises, quando o assunto são as moedas digitais, Nouriel é conservador. Nos últimos dias, chamou atenção para uma entrevista que ele concedeu ao Yahoo Finance. Na ocasião, o famoso economista conversou sobre as criptomoedas.

Recentemente, Nouriel Roubini atacou a tecnologia DeFi afirmando que “é um vaporware”. Chamada também de finanças descentralizadas, para Nouriel a inovação não é nada duradoura.

No entanto, em 2018 Nouriel havia dito que o “Bitcoin era a mãe de todos os golpes“. Ao que parece, o economista fez uma revisão de sua antiga posição desfavorável.

“Bitcoin não é uma moeda, mas pode ser uma reserva parcial de valor”, afirmou Nouriel

O Doutor Catástrofe voltou a atacar o Bitcoin, contudo, dessa vez pelo menos apontando uma vantagem. Em 2018, por exemplo, Nouriel chamou o Bitcoin de uma bolha. Na época o preço do Bitcoin havia saído de U$ 20 mil e chegou a ser cotado em U$ 3 mil.

Além disso, Nouriel chamou a tecnologia blockchain de hypada, de acordo com a CNBC. No entanto, agora em 2020, em meio a uma nova crise econômica, Nouriel Roubini voltou a falar sobre o Bitcoin.

Questionado por Adam Shapiro, no Yahoo Finance, Nouriel afirmou que o Bitcoin não é uma moeda. Como moeda, o Bitcoin deveria no mínimo ter uma função de unidade contábil. Ou seja, na visão do economista, faltam itens a venda cotados em Bitcoin. Neste ponto, ele acredita que “criptomoeda” é um nome impróprio ao Bitcoin.

Ao citar os pontos, Roubini afirmou que o Bitcoin assim não seria uma moeda. No entanto, o Bitcoin pode ser uma reserva parcial de valor. Isso porque, como o Bitcoin tem um limite fixo de emissão, que é inclusive diminuída com o tempo, o algoritmo da moeda garante que ela não seja tão facilmente degradada.

Já as altcoins, por outro lado, Nouriel acreditam serem todas shitcoins e não devem ser consideradas. Por fim, Roubini afirmou que as criptomoedas não são descentralizadas, nem seguras, como afirmam. Desse modo, as criptomoedas públicas não seriam o futuro do mundo, segundo o Doutor Doom.

Se as criptomoedas não são futuro, quem assume o papel?

Ao afirmar que o algoritmo do Bitcoin é melhor que o Banco Central Americano (FED), pois a emissão de moedas é controlada, Nouriel elogiou a criptomoeda. Contudo, para Nouriel as moedas digitais do futuro deverão ser aquelas emitidas por Bancos Centrais.

De acordo com ele, nos próximos três anos os principais países deverão emitir suas próprias CBDCs. O Brasil, por exemplo, emitirá o Real digital até 2022, segundo as previsões do Bacen.

Nouriel lembrou ainda que a China corre para lanças sua moeda, assim como a Europa. Desse modo, Roubini afirmou que a grande revolução será as moedas de bancos centrais.

Por fim, Nouriel defendeu no Yahoo Finance que o “FED está ficando sem balas”. Ou seja, o controle da atual crise deverá focar no lado fiscal, e não mais no monetário. Ele é famoso por prever a crise de 2008 e segue a nova escola de economia keynesiana.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias