Bitcoin pode ser usado para comprar passagens aéreas no Brasil

Siga no

Uma empresa aérea de voos compartilhados está aceitando o Bitcoin como forma de pagamento. Desse modo, os usuários poderão utilizar a moeda digital para pagar por passagens aéreas através da Flapper.

Produtos e serviços são cada vez mais oferecidos através de criptomoedas. Os ativos digitais estão conquistando várias empresas que estão adotando-os como uma nova forma de pagamento. Sendo assim, usuários de criptomoedas podem usar seus fundos como pagamento até para viagens de avião.

Flapper passa a aceitar Bitcoin como forma de pagamento

A Flapper é a primeira empresa do setor a aceitar criptomoedas como forma de pagamento no Brasil. Em todo o mundo, a companhia é a terceira a utilizar essa nova modalidade de pagamento que aos poucos conquistam empresas do setor aviação.

Dentre as inúmeras vantagens na utilização de criptomoedas como forma de pagamento, a velocidade na confirmação dos dados é uma das grandes vantagens. Esse é um dos grandes diferenciais da tecnologia blockchain e dos pagamentos em criptomoedas como o Bitcoin, por exemplo.

Em uma recente entrevista para o Airway, o diretor-chefe de tecnologia da empresa comentou sobre as novidades dos pagamentos em criptomoedas. Arthur Virzin é (CTO) da Flapper e fez um comparativo entre outras formas de compensações no mercado.

“Ao efetuar um DOC ou até TED, a demora de confirmar a transação pode ser grande. Ao transferir fundos em criptomoeda essa confirmação para nós é praticamente imediata”.

Empresa pode ajudar a popularizar criptomoedas no país

Embora pagamentos com criptomoedas ainda seja pouco usual no Brasil, esse conceito está mudando nos últimos dois anos. Com mais estabelecimentos e negócios aderindo a este tipo de pagamento, as criptomoedas tendem a se popularizar no país.

E tudo indica que a Flapper poderá contribuir com essa expansão do mercado criptográfico. A empresa passou a aceitar o Bitcoin como forma de pagamento durante o carnaval de 2019. Isso aconteceu no mesmo momento que a empresa inaugurou seus serviços de voos privados para o nordeste e o sudeste.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

“Taxista ouviu conversa e ficou rico”. Novos golpes com Bitcoin são bizarros

A alta recente do Bitcoin trouxe uma nova onda de golpes que se espalha em diversos sites no Brasil. Com o fim das pirâmides...
Procura-se-Bitcoin

“Vai ficar quase impossível comprar Bitcoin”: Demanda aumentou exponencialmente e oferta diminuiu

“A demanda por Bitcoin está crescendo quase que exponencialmente enquanto a oferta está matematicamente limitada em 900 BTCs por dia”, disse Max Keizer em...

Biden pode nomear Bitcoiner para departamento de desenvolvimento econômico dos EUA

A transição oficial da presidência dos EUA finalmente começou depois que Trump reconheceu sua derrota nas eleições e deu aval para o órgão iniciar...

Últimas notícias

“Vai ficar quase impossível comprar Bitcoin”: Demanda aumentou exponencialmente e oferta diminuiu

“A demanda por Bitcoin está crescendo quase que exponencialmente enquanto a oferta está matematicamente limitada em 900 BTCs por dia”, disse Max Keizer em...

Biden pode nomear Bitcoiner para departamento de desenvolvimento econômico dos EUA

A transição oficial da presidência dos EUA finalmente começou depois que Trump reconheceu sua derrota nas eleições e deu aval para o órgão iniciar...

Banco fecha em Cuba e Bitcoin se torna solução

Malas prontas e finalmente a Western Union, grande banco de remessas internacionais fecha as portas em Cuba, tornando o Bitcoin uma solução. O encerramento...