Bitcoin segue em alta e se torna um dos melhores investimentos de 2022

Os investidores estão mostrando um interesse crescente no Bitcoin por causa de movimentações comuns do mercado e por vários motivos, como a decisão do Goldman Sachs de negociar a criptomoeda em balcão gerou otimismo em muitos.

Siga no
Gráfico do Bitcoin em alta de preço e cotação
Gráfico do Bitcoin em alta de preço

A recente alta do Bitcoin tem chamado a atenção de muitos, incluindo da Fortune, que destacou um importante sinal para o Bitcoin no curto prazo, oferecendo um momento em que a moeda entrou no “saldo positivo” pela primeira vez no ano.

O site destacou que o bitcoin atingiu o valor de US$ 47,648, um ganho de 6% em relação as 24 horas anteriores no período que ele alcançou esse valor.

A moeda não parou por aí, ela chegou a encostar duas vezes nos US$ 48 mil, que está sendo a resistência mais imediata no gráfico diário até o momento. Mesmo falhando nessa resistência, ele não perdeu muito do valor.

Gráfico do prelo do Bitcoin no dia com os dois picos onde ele encostou na resistência de US$ 48 mil mas acabou retraindo.

A principal criptomoeda do mundo estava sendo negociado a US$ 47,466, um preço bem acima do que quando a moeda começou a sua movimentação de alta, que estava por volta dos US$ 45 mil no final de semana.

Esse salto de preço foi o suficiente para reverter as perdas de 2022 e até o momento, a criptomoeda atualmente está registrando um ganho de cerca de 1,9% em relação às últimas 24 horas, no entanto, nos últimos 7 dias a moeda teve um aumento de 15% do seu valor.

Isso coloca a maior criptomoeda do mundo bem à frente dos investimentos tradicionais. Até agora, em 2022, o Dow Jones e o S&P 500 caíram mais de 5% e o índice Nasdaq está em uma correção de cerca de 10%.

Os investidores estão mostrando um interesse crescente no Bitcoin por causa de movimentações comuns do mercado e por vários motivos, como a decisão do Goldman Sachs de negociar a criptomoeda em balcão gerou otimismo em muitos.

Para os positivistas do Bitcoin a conquista traz um suspiro de alívio após uma “surra” que o mercado tomou desde o final do ano passado.

O Bitcoin está em grande declínio desde novembro passado, quando atingiu máximas de mais de US$ 67.500, colocando um novo recorde para o valor máximo do bitcoin.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias