Bitcoin sobe 50% e quase chega em R$ 55 mil em alta histórica no mercado

Desempenho acumulado da criptomoeda nos últimos dias fez preço do bitcoin explodir no mercado brasileiro.

-

Siga no

O bitcoin vive um de seus melhores momentos no mercado. A criptomoeda subiu 50% nos últimos sete dias. O movimento impulsionou o bitcoin a renovar sua máxima em 2019. Nos últimos dias o bitcoin praticamente acumulou uma valorização de dois dígitos contínua.

No acumulado dos últimos sete dias, o preço do bitcoin subiu cerca de 50%. Em uma onda de valorização inesperada, a criptomoeda número 1 do mercado teve um dos melhores desempenhos na semana. Somente nas últimas 24 horas o preço do bitcoin subiu cerca de 20%.

Preço do bitcoin subiu 20% nas últimas 24 horas

O preço do bitcoin continua a bater recordes em 2019. Nas últimas horas a criptomoeda viu sua cotação explodir ao se aproximar de R$ 55 mil no mercado. Este valor corresponde a uma valorização de cerca de 20% nas últimas 24 horas. Essa valorização acumulada com dos dias anteriores dá ao bitcoin um aumento de 49% na semana.

O desempenho semanal demonstrou que o bitcoin possui forças suficientes para alcançar novamente sua máxima histórica. Considerando o aumento da criptomoeda nos últimos dias, não faltaria muito para o preço do bitcoin chegar em US$ 20 mil.

O bitcoin viu seu preço explodir em 2019 de forma completamente surpreendente. Nem mesmo o mercado esperava por uma reação tão consistente nos últimos meses. Uma valorização acumulada ao longo do ano fez o preço do bitcoin subir mais de 200% tranquilamente.

Níveis de resistência não são problemas para o bitcoin

O mercado acompanha o impressionante crescimento do bitcoin de perto. Previsões apontam para preços exorbitantes, que podem chegar em R$ 385 mil. Além disso, movimentos de procura pela criptomoeda contribuem para a alta do bitcoin.

Seria difícil de imaginar que antes de 2019 o preço do bitcoin chegou a valer cerca de R$ 12.500,00 no mercado. Atualmente, quase chegando em R$ 55 mil, o desempenho do bitcoin não enfrentou muita resistência pelo caminho.

Vários foram os níveis de resistência quebrados pela criptomoeda nos últimos meses. A cotação de US$ 10 mil, ou ainda, cerca de R$ 40 mil, seria um dos grandes desafios para o bitcoin. Porém, essa barreira psicológica foi facilmente quebrada pela criptomoeda há poucos dias atrás.

Após os R$ 40 mil rompidos, parece que nenhuma barreira impedirá a subida do preço do bitcoin. Na última semana a criptomoeda cresceu quase 50%, em uma dos melhores desempenhos em todo o mercado no período analisado.

Para alguns analistas, a criptomoeda já encontra-se em movimento similar ao que aconteceu em 2017. No final daquele ano o bitcoin chegou em quase US$ 20 mil. Desde então, esse é o preço máximo já alcançado pela criptomoeda no mercado.

Bitcoin mira suporte em R$ 385 mil

O preço do bitcoin vive uma onda de valorização que se estende por vários meses. Por mais que algumas pequenas correções ocorreram, o acumulado em 2019 já supera 200% de valorização. Com esse inquestionável desempenho, o bitcoin deverá mirar suportes maiores.

Analistas do mercado esperam por um crescimento ainda maior para o bitcoin. Em algumas previsões um novo suporte é apontado para a criptomoeda. A valorização consecutiva pode fazer o bitcoin buscar suporte em um valor bem maior do que a cotação atual da criptomoeda no mercado. E indicadores apontam que este valor seja de R$ 385 mil. Um valor sete vezes maior do que a atual cotação do bitcoin no mercado. 

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Atlético Mineiro

Criptomoeda do Atlético Mineiro foi pausada

Após dois anos do anúncio de sua criptomoeda, o Clube Atlético Mineiro afirma que o projeto foi pausado. Chamada de GaloCoin, a criptomoeda ainda...
Mapa da América do Sul no Globo

Bitcoin explode na América do Sul, na contramão do mundo

O Bitcoin é uma moeda digital que não tem nenhuma relação com nenhum governo, sendo totalmente descentralizada. Em meio à pandemia, o interesse no...

Justiça aceita pedido de recuperação judicial da BWA Brasil, suspeita de golpe com bitcoin

A 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central Cível de São Paulo aceitou o pedido de recuperação judicial da BWA Brasil....