Bitcoin sobe acima de R$ 50 mil pela segunda vez no ano

-

Siga no
Anúncio

Depois de um leve recuo na semana passada, o Bitcoin conseguiu superar a barreira de US $ 13.000 (R$ 50 mil no Brasil). A duvida que fica é se o ímpeto é forte o suficiente para empurrar o preço da moeda digital acima da marca de US $ 13.888, o valor mais alto de 2019.

A última vez que o Bitcoin atingiu o valor de 13 mil dólares seu preço acabou sofrendo correção. Conforme relatado pelo Livecoins o Bitcoin despencou abaixo de US $ 10.000 após vendas em massa, trazendo de volta memórias da bolha de 2017. No entanto, o Bitcoin conseguiu se recuperar rapidamente após uma correção de 30%.

O especialista em criptomoedas Josh Rager, compartilhou recentemente uma tabela de preços, que mostra que o Bitcoin provavelmente permanecerá na faixa de US $ 12.000 a US $ 13.000 até o final de julho.

Anúncio

Claro, esta análise não deve ser tratada como uma lei da física, dado que o preço do Bitcoin é muito imprevisível.

Enquanto o Bitcoin continua a subir, as altcoins estão em queda. O Bitcoin atualmente é a única moeda top 10 em alta, de acordo com dados fornecidos pela CoinMarketCap.

Como resultado, a dominância do Bitcoin subiu para 65%, seu maior nível desde abril de 2017.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

Verifique o Saldo de Endereços Bitcoin

O Verificador de Saldo de Endereços Bitcoin já está disponível. Desenvolvido no Brasil, o aplicativo permite verificar facilmente o saldo de diversos endereços bitcoin...

USP participou na ONU de Blockchain Central UNGA

O estado de São Paulo foi representado na 75.ª Assembleia Geral da ONU na última semana, e com a participação da USP em um...

Corretora de criptomoedas perde R$ 1 bilhão após ser hackeada

A KuCoin, uma das maiores corretoras de criptomoedas do mundo perdeu US $ 200 milhões (R$ 1.1 bi) após ser hackeada. O ataque aconteceu...