Oferta de bitcoin em corretoras alcança mínima de 3 anos

Sinal é de que moedas em carteiras não estão disponíveis para venda no preço atual.

Bitcoin em uma mão com sinal de positivo na outra
Bitcoin em uma mão com sinal de positivo na outra

Um importante indicador mostra que a oferta de Bitcoin está em falta nas corretoras nos últimos dias, alcançando a mínima de 3 anos. Esse sinal é positivo aos investidores de longo prazo, indicando que parte dos investidores não querem vender suas moedas no preço atual de mercado.

Quando esse movimento ocorre com a magnitude atual, é possível que os preços cotados em corretoras não reflitam o real movimento do mercado.

Vale lembrar ainda que o preço do Bitcoin está na cotação de US$ 21.200,00 nesta segunda-feira (27), com uma queda de 2% nas últimas 24 horas. Em Real brasileiro, cada BTC custa R$ 111.900,00, com o Dólar em R$ 5,24.

Pelo segundo dia consecutivo, Bitcoin “some” de corretoras e mostra sinal de alta

No último domingo (26), o número de Bitcoin presente em corretoras havia atingido a mínima de 3 anos. O indicador é um sinal de alta, visto que na cotação atual parte dos investidores não estão dispostos a vender, preferindo aguardar um momento melhor no futuro.

Nesta segunda-feira (27), a mínima de três anos foi renovada e indica que o Bitcoin está em falta nas corretoras, com pouco mais de 2 milhões de bitcoins depositados nas plataformas.

“Bitcoin $BTC: O saldo nas exchanges atingiu um mínimo de 3 anos de 2.384.477.040 BTC. A mínima de 3 anos anterior de 2.384.519,595 BTC foi observada em 26 de junho de 2022.”

Como existem 19 milhões de moedas já criadas, isso significaria na teoria que apenas 12% dos bitcoins estão em corretoras.

Dessa forma, os outros traders que estão colocando seus valores em carteiras seguras indicam que preferem aguardar para realizar seus lucros. Vale lembrar que desde a máxima o Bitcoin já perdeu 69% em Dólar, o que pressionou muitos a venderem suas moedas mesmo com prejuízo.

Carteiras seguem acumulando

Enquanto muitos usuários seguem drenando a liquidez das corretoras de Bitcoin, removendo suas moedas de vendas em cotações baixas, outro fenômeno igualmente interessante ocorre do outro lado.

Isso porque, ao sair das corretoras, essas moedas estão indo parar em carteiras frias. De acordo com a Glassnode, o número de endereços com mais de 0,01 BTC atingiu um novo recorde, com mais de 10.321.013 carteiras adquirindo essa soma.

“Bitcoin $BTC: Número de endereços com mais de 0,01 moedas atingiu um ATH de 10.321.013.”

Ou seja, é possível que pequenos usuários estão aproveitando as baixas cotações de corretoras para acumularem valores para suas carteiras e aumentando sua exposição ao bitcoin. No longo prazo, o movimento é promissor caso a moeda volta a crescer.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias