Blockchain e a transformação do agronegócio

A inovação que está mudando as regras do jogo

Siga no

Um setor relevante

O Brasil é reconhecido internacionalmente como um dos maiores produtores e exportadores do mundo de soja, açúcar, café, milho, suco de laranja, proteínas e outros alimentos. Com um PIB anual de R$ 1,5 trilhão, o país está entre os três maiores produtores de alimentos do planeta, e o agronegócio contribuiu com 22,8% do PIB Brasileiro em 2017 e com 37% dos empregos (17,7 milhões de trabalhadores).

Uma demanda crescente

O mundo tem cerca de 7,8 bilhões de habitantes, mas com uma expectativa de crescimento para 9 bilhões até o ano de 2050, estima-se que a produção de alimentos precisa dobrar para atender a demanda populacional, o que vai exigir práticas para melhorar a eficiência no uso dos recursos que geram essa produção.

Desafios latentes

O crescimento da demanda por alimentos e a mudança no comportamento do consumidor e da sociedade exigirão dois elementos essenciais: adoção de novas tecnologias para garantir maior eficiência e produtividade, e foco em sustentabilidade para atender a uma demanda por responsabilidade ambiental e social.

Para a Organização Mundial do Comércio (OMC), a adoção de novas tecnologias permitiria um crescimento de 3 pontos percentuais por ano até 2030 nas exportações brasileiras do agrobusiness, bem acima da média mundial, mas para isso o Brasil deve acelerar a adoção de inovações e tecnologias no setor.

Blockchain, uma nova oportunidade

É uma tecnologia que vem despertando o interesse em diversos setores da economia pelo seu potencial em transformar organizações, garantir a transparência e a visibilidade da cadeia de valor, reduzir etapas e intermediários, aumentar a produtividade e capturar novas oportunidades de negócio.

Blockchain é hoje o que a internet foi para as empresas na década de 1990. O que você faria diferente se soubesse naquela época o potencial transformador da internet?

Características da tecnologia

Por que o uso da blockchain pode representar um diferencial competitivo?

  • Transparência para os elos da cadeia de valor (simetria de informações)
  • Segurança e imutabilidade dos registros
  • Arquitetura de rede distribuída
  • Regras de negócio automatizadas (smart contracts)
  • Tokenização de ativos e criação de novos mercados

Por que adotar blockchain no agronegócio?

Transparência e simetria de informações: Compartilhe informações com outros atores da cadeia de valor (clientes, governo, parceiros, fornecedores), garantindo segurança, transparência e simetria de informações.

Tokenização de ativos: Transforme ativos em tokens, e transforme os seus produtos e serviços em ativos globais, simplificando a experiência de compra dos seus clientes e alcançando novos mercados.

Otimização de processos: Simplifique processos, reduza a burocracia, protocolos, documentos e registros distribuídos em diversas etapas da cadeia de valor. Remova intermediários e simplifique as operações para aumentar a produtividade.

Relacionamento com clientes: Melhore o relacionamento com clientes oferece informações sobre o seu produto e processo, e crie uma plataforma de benefícios que reforce o seu compromisso com o mercado.

Adequação à legislação vigente: Adequação à regras e legislações vigentes do governo de forma automatizada, com informações transparentes e seguras. Compartilhe informações sobre o processo e os produtos com quem deve ter acesso a estas informações.

Novos modelos de negócio: Explore novas oportunidades no ecossistema de negócios da sua empresa, crie novos modelos de operação que antes não eram possíveis.

CASOS DE USO DO BLOCKCHAIN NO AGRONEGÓCIO

1) Rastreabilidade de Alimentos

  • Cada produto, individualmente, tem a sua história
    • Da semente ao produto final na casa do consumidor
    • Do aviário ao frango congelado exportado
    • Do gado no campo à carne embalada na gôndola
  • Dê ao cliente a certeza e transparência sobre origem e condições do que está consumindo
  • Acompanhe a qualidade do processo e da produção, disponibilizando informações aos órgãos reguladores e aos potenciais mercados

2) Gerenciamento do Ciclo de Vida da Plantação

  • Registro de todos os eventos em blockchain, da semente ao produto final
  • Criação de contratos futuros tokenizados para commodities (soja, milho, etc)
  • Transparência e simetria de informações entre os elos da cadeia de valor
  • Redução de intermediários e aumento da produtividade
  • Qualidade do processo e do produto influenciando o preço final de venda

Os projetos e o potencial de uso da Blockchain no agronegócio já são amplamente discutidos no mercado, mas há ainda uma lacuna que pode ser preenchida pelas empresas que entenderem mais rapidamente os benefícios de uso dessas soluções.

Os projetos neste post apresentados foram propostos por uma das empresas especializadas em Blockchain no Brasil, a OnePercent (www.onepercent.io), focada no desenvolvimento de soluções em Blockchain para o mercado corporativo.

Leia mais sobre:
Avatar
Fabio Jungeshttp://www.fabiojunges.com.br
Certified Bitcoin Professional (CBP) pelo CryptoCurrency Certification Consortium. Doutor em Administração de Empresas, empreendedor na área de TI, professor em cursos de pós-graduação em transformação digital, blockchain e criptoeconomia, especialista em gestão estratégica, finanças corporativas, transformação digital e tecnologias disruptivas. Entusiasta de blockchain e de cenários em que as novas tecnologias mudam as organizações e as tornam melhores.

Bilhões estão saindo do ouro e indo para o Bitcoin

Toneladas de ouro foram retiradas dos ETFs enquanto o preço do bitcoin estava subindo ao longo de 2020, mostrando uma correlação impressionante entre os...
UniSwap-arte

Defi chega a um milhão de usuários em todo mundo

As Finanças descentralizadas (DeFI) ultrapassaram um milhão de usuários apenas alguns meses depois de ganhar força em meados deste ano. O mercado cresceu 5...
Avelino Morgati

“Perdi amigos porque vendi Bitcoin”, diz cypherpunk brasileiro

De acordo com Avelino Morganti, um cypherpunk brasileiro, a comunidade bitcoin reagiu mal a sua saída do mercado. Ele relatou que até perdeu amigos...

Últimas notícias

Defi chega a um milhão de usuários em todo mundo

As Finanças descentralizadas (DeFI) ultrapassaram um milhão de usuários apenas alguns meses depois de ganhar força em meados deste ano. O mercado cresceu 5...

“Perdi amigos porque vendi Bitcoin”, diz cypherpunk brasileiro

De acordo com Avelino Morganti, um cypherpunk brasileiro, a comunidade bitcoin reagiu mal a sua saída do mercado. Ele relatou que até perdeu amigos...

CEO do Twitter: “Você não precisa comprar 1 bitcoin, compre uma fração, junte satoshis”

Respondendo a um seguidor que disse não poder comprar 1 bitcoin pois era muito caro, o CEO do Twitter, Jack Dorsey, respondeu que ele poderia...