Início Blockchain Blockchain substitui talões de rotativos em Belo Horizonte

Blockchain substitui talões de rotativos em Belo Horizonte

Tecnologia será utilizada no gerenciamento do estacionamento na capital mineira.

-

BH ganha estacionamento gerenciado via blockchain

A blockchain aprimorou os serviços de estacionamento rotativo em Belo Horizonte. Com a tecnologia, a capital mineira contará com um gerenciamento de dados para o sistema de estacionamento na cidade. Com a mudança, a tecnologia blockchain substituirá os talões de papel que até então eram utilizados na cobrança dos estacionamentos em Belo Horizonte.

Vários serviços podem ser reformulados através da tecnologia blockchain. O gerenciamento inteligente de dados permite que produtos e serviços sejam organizados através de uma nova e promissora tecnologia. A versatilidade da blockchain permite que qualquer negócio desfrute de melhorias a partir de sua utilização. Isso pode acontecer até mesmo o sistema de estacionamento da capital mineira.

Talões de papel serão substituídos por aplicativo

Os talões de papel serão aposentados para gerenciamento de estacionamento em Belo Horizonte – SP. A tecnologia blockchain permitirá que a empresa crie um sistema descentralizado de operação do estacionamento da cidade. Dessa forma, o papel será substituído pela tecnologia que dá vida às criptomoedas.

A tecnologia blockchain será utilizada através de um aplicativo. Será nesta plataforma que os usuários poderão comprar tickets para várias opções de estacionamento em Belo Horizonte – MG. Até então o serviço era feito manualmente, com talões impressos que dificultavam o controle e fiscalização.

Mais de 20 empresas vão trabalhar com o estacionamento blockchain

Com um aplicativo descentralizado e transparente, a prefeitura espera oferecer dados completos para os cidadãos. Essas informações devem incluir onde serão gastos a arrecadação com o estacionamento rotativo. Outra medida adotada pela cidade foi em relação ao gerenciamento de todo o sistema.

Em uma parceria com a Microsoft, a prefeitura decidiu apostar no gerenciamento e criação da plataforma. O aplicativo está sendo desenvolvido através da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel).

Ao invés de oferecer a gestão da tecnologia para apenas uma empresa, a prefeitura ficará responsável pelo desenvolvimento do aplicativo. Isso permitirá uma descentralização no processo de prestação de serviços relacionados ao estacionamento na capital. Com a tecnologia blockchain, a autarquia poderá ter 20 empresas operando no mesmo sistema. Com a descentralização dos dados através da blockchain, a prefeitura conseguirá gerenciar várias empresas ao mesmo tempo.

Anúncio

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora
Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

Veja também

Diretor jurídico da Unick se entrega e cumpre prisão em casa com tornozeleira eletrônica

Fernando Marques Lusvarghi, diretor jurídico da Unick e dono da SA Capital se entregou para a polícia no último dia 22 (sexta). Ele era...

Mãe e ex-cunhada do “rei do bitcoin” são sequestradas, amarradas e ameaçadas de morte

A mãe e a ex-cunhada do empresário Claudio Oliveira, dono do Grupo Bitcoin Banco – empresa de criptomoedas que deve R$ 616 milhões a...

Prosegur foi atacada por ransomware que pede Bitcoin como resgate

A empresa de segurança Prosegur foi atacada por um ransomware, que pede resgate em Bitcoin. Os softwares da empresa na área de telecomunicações foram...

Justiça de SP determina bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit

A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit, exchange que promete rendimentos de 5% a 15% mensais,...

Gráfico de regressão linear mostra tendência da Ripple (XRP) indo a Zero

Um analista do criptomercado fez um polêmico estudo nos últimos dias. Nele, o preço da criptomoeda Ripple (XRP) poderia chegar até zero, já em fevereiro...

Ações contra a Genbit na Justiça de SP passam dos R$ 3 milhões

A Gensa Serviços Digitais, grupo que controla a Genbit - antiga Zero10 Club - responde a quase 50 processos na Justiça de São Paulo....

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Diretor jurídico da Unick se entrega e cumpre prisão em casa com tornozeleira eletrônica

Fernando Marques Lusvarghi, diretor jurídico da Unick e dono da SA Capital se entregou para a polícia no último dia 22 (sexta). Ele era...

Mãe e ex-cunhada do “rei do bitcoin” são sequestradas, amarradas e ameaçadas de morte

A mãe e a ex-cunhada do empresário Claudio Oliveira, dono do Grupo Bitcoin Banco – empresa de criptomoedas que deve R$ 616 milhões a...

Prosegur foi atacada por ransomware que pede Bitcoin como resgate

A empresa de segurança Prosegur foi atacada por um ransomware, que pede resgate em Bitcoin. Os softwares da empresa na área de telecomunicações foram...

Justiça de SP determina bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit

A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de mais R$ 532,7 mil da Genbit, exchange que promete rendimentos de 5% a 15% mensais,...