Blockchain substitui talões de rotativos em Belo Horizonte

Tecnologia será utilizada no gerenciamento do estacionamento na capital mineira.

-

Siga no
Anúncio

A blockchain aprimorou os serviços de estacionamento rotativo em Belo Horizonte. Com a tecnologia, a capital mineira contará com um gerenciamento de dados para o sistema de estacionamento na cidade. Com a mudança, a tecnologia blockchain substituirá os talões de papel que até então eram utilizados na cobrança dos estacionamentos em Belo Horizonte.

Vários serviços podem ser reformulados através da tecnologia blockchain. O gerenciamento inteligente de dados permite que produtos e serviços sejam organizados através de uma nova e promissora tecnologia. A versatilidade da blockchain permite que qualquer negócio desfrute de melhorias a partir de sua utilização. Isso pode acontecer até mesmo o sistema de estacionamento da capital mineira.

Talões de papel serão substituídos por aplicativo

Os talões de papel serão aposentados para gerenciamento de estacionamento em Belo Horizonte – SP. A tecnologia blockchain permitirá que a empresa crie um sistema descentralizado de operação do estacionamento da cidade. Dessa forma, o papel será substituído pela tecnologia que dá vida às criptomoedas.

Anúncio

A tecnologia blockchain será utilizada através de um aplicativo. Será nesta plataforma que os usuários poderão comprar tickets para várias opções de estacionamento em Belo Horizonte – MG. Até então o serviço era feito manualmente, com talões impressos que dificultavam o controle e fiscalização.

Mais de 20 empresas vão trabalhar com o estacionamento blockchain

Com um aplicativo descentralizado e transparente, a prefeitura espera oferecer dados completos para os cidadãos. Essas informações devem incluir onde serão gastos a arrecadação com o estacionamento rotativo. Outra medida adotada pela cidade foi em relação ao gerenciamento de todo o sistema.

Em uma parceria com a Microsoft, a prefeitura decidiu apostar no gerenciamento e criação da plataforma. O aplicativo está sendo desenvolvido através da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel).

Ao invés de oferecer a gestão da tecnologia para apenas uma empresa, a prefeitura ficará responsável pelo desenvolvimento do aplicativo. Isso permitirá uma descentralização no processo de prestação de serviços relacionados ao estacionamento na capital. Com a tecnologia blockchain, a autarquia poderá ter 20 empresas operando no mesmo sistema. Com a descentralização dos dados através da blockchain, a prefeitura conseguirá gerenciar várias empresas ao mesmo tempo.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

Trader veterano que viu queda no Brasil gosta do Bitcoin

Com o preço do Bitcoin operando abaixo de U$ 12 mil em setembro, a contrapartida foi o aumento da volatilidade no início do mês....
Itau demissão criptomoedas

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...
Bitcoin e gráfico em queda de preços

Bitcoin cai 5% e pode não romper marca de 2017

O Bitcoin se aproxima do fechamento do mês de setembro e cai pelo menos 5% nesta segunda. Com a queda no preço do Bitcoin,...

Últimas notícias

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...

Bitcoin cai 5% e pode não romper marca de 2017

O Bitcoin se aproxima do fechamento do mês de setembro e cai pelo menos 5% nesta segunda. Com a queda no preço do Bitcoin,...

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...