Bloomberg diz que banir Bitcoin prejudicará economia da China

Siga no
Bitcoin Vs China. Imagem: Adobe Stock
Bitcoin Vs China. Imagem: Adobe Stock

A China ter banido o Bitcoin foi uma das mais importantes notícias dos últimos meses e um dos mais importantes momentos para o criptomercado. Para muitos essa proibição foi justamente o que causou a mais recente queda do Bitcoin e a dificuldade em recuperar o preço nos últimos meses. Mas para Mike McGlone, estrategista do Bloomberg, a proibição do Bitcoin na China pode trazer problemas para a economia local do país asiático.

McClone é um grande apoiador do Bitcoin e acredita no crescimento do preço do ativo digital durante este ano, afirmando anteriormente que a moeda ainda alcançaria os US$ 100 mil. Em um recente tweet ele falou sobre a atual situação e acredita que a rejeição da China às criptomoedas pode suspender o crescimento econômico 

Na sua conta oficial no Twitter, o estrategista do Bloomberg afirmou que ao rejeitar os ativos de criptomoedas de software livre o crescimento econômico do país pode chegar em um platô e estagnar pelos próximos anos.

“Hey China, boa sorte com isso – Dominância do Bitcoin e Dólar.

Nós acreditamos, a rejeição da China de criptoativos de código aberto pode trazer um platô na ascensão econômica do país, enquanto exalta o valor do dólar e do Bitcoin.”

Na sua análise, McClone destacou não apenas o do Bitcoin, mas também o USDT (Tether) e outras criptomoedas de digitalização do dólar. Mesmo com o dólar não tendo um projeto de “dólar digital”, o USDT sai muito na frente do Yuan Digital em relação a digitalização

Taxa de digitalização do dinheiro, dólar sai na frente graças ao Tether (USDT). Fonte: Bloomberg

Sendo assim, ao proibir e rejeitar as criptomoedas, a China perde uma poderosa forma de digitalização digital e o Yuan continua bem atrás do dólar nesse quesito. Isso pode impedir o crescimento da moeda no futuro e até diminuir os planos de que o Yuan Digital ameace a dominância do dólar.

Além disso, a mineração era uma forte fonte de renda em diferentes regiões da China, movimentando a economia local em diferentes providências. Diminuir esse fluxo econômico com certeza trará ainda mais dificuldades no futuro do país asiático.

Não é a primeira vez que McGlone fala sobre a relação do Bitcoin com o banimento da China, sempre dizendo que o país é quem perde mais nessa situação.

“O Bitcoin e a digitalização do dinheiro e finanças pode marcar uma queda da China. Oposição antagonista da China pode elevar os fundamentais do Bitcoin no longo prazo.”

Com isso, é preciso esperar quem vai realmente vencer a guerra da digitalização do dinheiro, os EUA, a China ou o Bitcoin e sua natureza descentralizada e livre.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Praia do Forte em Cabo Frio pirâmide com Bitcoin

Eagle Eyes, empresa do “Pastor do Bitcoin” em Cabo Frio suspende saques

A empresa Eagle Eyes, que operava com sede na cidade de Cabo Frio (RJ), é mais uma possível pirâmide usando a imagem das criptomoedas...

Segunda maior pool de Ethereum encerra atividades devido a restrições na China

A SparkPool, segunda maior pool de mineração de Ethereum, anunciou que encerrará suas atividades no dia 30 deste mês. Hoje a pool é responsável...

Empreendedores vs investidores, quem ganhou mais dinheiro com criptomoedas?

Qual será a melhor estratégia para ganhar dinheiro, investir direto em criptomoedas ou empreender em setores essenciais relacionados a elas? Neste artigo faremos um comparativo...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias