“Cachorro Bitcoin” é adotado por família de Curitiba

Cachorro Bitcoin foi salvo e agora adotado por família.

Cachorro segurando um Bitcoin na mão de dono
Cachorro segurando um Bitcoin na mão de dono

A prefeitura de Curitiba disponibilizou a adoção de animais e um deles foi o cachorro Bitcoin, que após ser atropelado agora encontrou uma família para lhe adotar.

Essa adoção do Bitcoin se mostra um passo importante no Brasil, visto que muitos animais estão em situação de rua e vulneráveis. A equipe de resgate dos animais elaborou vários apelidos inusitados com os animais, sendo Bitcoin apenas um deles.

Vale lembrar que o Bitcoin é o nome da maior moeda digital descentralizada do mundo, que funciona pela internet e consegue realizar transações de qualquer lugar do mundo. Nos últimos anos, cada Bitcoin registrou uma grande valorização de mercado e muitas pessoas se interessaram pela inovação.

“Cachorro Bitcoin” é adotado por família de Curitiba após ser atropelado

Antes de se tornar o Bitcoin, o cachorro SRD (Sem Raça Definida) passou por momentos difíceis. Encontrado atropelado por uma equipe de resgate nas ruas de Curitiba, ele foi socorrido por uma plantonista, que atualmente não trabalha mais na prefeitura, disse a veterinária do serviço Wanessa Kruger.

“Uma plantonista que não está mais conosco fez o atendimento e, provavelmente pelo seu tom dourado, chamou o cachorro de Bitcoin”.

Ele estava no Centro de Referência para Animais em Situação de Risco (Crar), quando recebeu uma visita do vigilante aposentado Paulo Roberto Martins Loyola. Segundo nota da Prefeitura de Curitiba, ao chegar no local, o novo dono viu a riqueza do animal, que tem um dourado brilhante, logo adotando o Bitcoin.

Adoção de animais do canil da prefeitura. - Na imagem, o cachorro Bitcoin com os adotantes Paulo Roberto Martins Loyola e a esposa Samara. Foto: Anderson Loyola
Adoção de animais do canil da prefeitura. – Na imagem, o cachorro Bitcoin com os adotantes Paulo Roberto Martins Loyola e a esposa Samara. Foto: Anderson Loyola

Em conversa com a reportagem da prefeitura, a nova família que levou o Bitcoin para casa se mostra feliz com o animal, que é uma ótima companhia.

“Achei o nome diferente e o porte dele e a beleza me chamaram a atenção. Ele é uma companhia, um cachorro muito bom”.

Cachorro é nomeado Bitcoin após ser adotado
Cachorro é nomeado Bitcoin após ser adotado. Foto: Anderson Loyola

Nomes curiosos tem uma explicação: levar alegria aos cachorros

A veterinária Wanessa ainda completou a explicação sobre a curiosidade dos nomes dos animais, que pode ajudar a levar leveza para quem já sofreu nas ruas.

“Acreditamos que os nomes tenham que trazer leveza para a vida deles, que já sofrem tanto nas ruas”.

Além de Bitcoin, a Prefeitura de Curitiba comentou que há os animais Pamonha, Hashi, Jeremias e Fofoca. Os sobrinhos do Tio Patinhas, Huguinho, Zezinho e Luizinho, foram os nomes de três gatos irmãos, mostrando que a escolha dos nomes se baseia em vários casos.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias