Cartões de Bitcoin da Visa já processaram mais de R$ 5 bi em 2021

Segundo a empresa, há um crescimento deste mercado que já se mostra promissor.

Siga no
Cartões da Visa e Bitcoin
Cartões da Visa e Bitcoin

Os cartões de Bitcoin com bandeira da Visa processaram no primeiro semestre de 2021 mais de R$ 5 bilhões de transações no mundo. A expectativa da empresa é que, com mais parcerias com empresas do setor, mais de 70 milhões de comércios aceitem criptomoedas em breve.

Ao lado da Mastercard, a Visa é uma das principais empresas do segmento financeiro de cartões magnéticos e digitais. Em parcerias com bancos, essas empresas agora passam a atender o mercado de criptomoedas.

Para quem acredita que o Bitcoin deve ser utilizado sem intermediários, essas aproximações passam longe do ideal. Mas para pessoas já acostumadas com uso dos cartões, esse meio pode ser mais interessante.

Cartões de Bitcoin da Visa já processaram mais de R$ 5 bilhões no primeiro semestre de 2021

Nesta quarta-feira (5), a Visa liberou um estudo sobre o uso dos cartões associados ao mercado de criptomoedas pelo mundo. Conforme dito pela empresa, o uso dessa opção de pagamento cresceu no primeiro semestre de 2021.

Segundo a Visa, já são centenas de bilhões de dólares em criptomoedas nestes cartões emitidos pela empresa. São dezenas de milhões de pessoas interessadas em utilizar suas criptomoedas como meio de pagamento.

Pensando em expandir esse uso, a Visa informou que já está fechando uma parceria com as 50 principais corretoras de criptomoedas para facilitar a conversão de moedas fiduciárias para digitais. Assim, a expectativa é que 70 milhões de empresas pelo mundo comecem a aceitar a nova tecnologia descentralizada em seus estabelecimentos, mesmo que indiretamente.

“Estamos fazendo parceria com 50 das principais plataformas de criptomoedas em programas de cartão que facilitam a conversão e o gasto de moeda digital em 70 milhões de comerciantes em todo o mundo.

Com mais de US $ 1 bilhão gasto em cartões Visa vinculados a criptomoeda no primeiro semestre de 2021, está claro que a comunidade de criptomoedas vê valor em vincular moedas digitais à rede global da Visa.”

“Estamos ocupados conectando a criptoeconomia a nossa rede”

Às criptomoedas já criaram até um movimento na chamada economia digital, que já é uma realidade crescente no mundo. Seja através de fintechs, bancos, corretoras de Bitcoin e outras empresas do mercado financeiro, a intenção é levar mais serviços para clientes por meio da internet.

Assim, a Visa afirmou que esteve ocupada levando a criptoeconomia para suas redes.

Estamos ocupados na Visa, conectando a criptoeconomia à nossa ‘rede de redes’, uma estratégia projetada para agregar valor a todas as formas de movimentação de dinheiro, seja na rede Visa ou além dela.”

De acordo com a Visa, alguns dos principais parceiros hoje são as corretoras FTX, Coinbase, Crypto.com e CoinZoom.

Como tendência, o estudo da Visa afirmou que cashback, empréstimos em criptomoedas, adoção de stablecoins, entre outros mais, poderão dar mais relevância ao mercado, que já vê um grande número de pessoas pelo mundo, interessadas em fazer parte da criptoeconomia.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Olho com Bitcoin

130 mil pessoas tiveram os olhos escaneados para ganhar criptomoedas de graça

A Worldcoin é um projeto que pretende distribuir criptomoedas de forma justa. Para evitar falsificações de identidade, o plano da empresa é escanear a...
Bitcoin dentro de cofre como poupança

Fundo de pensão dos bombeiros nos EUA compra US$ 25 milhões em Bitcoins

O Fundo de Pensão serve para garantir a tranquilidade de funcionários de diferentes setores no futuro. Em Houston, no Texas, Estados Unidos, o Fundo...
Bitcoin e criptomoedas em ETF

Segundo ETF de Bitcoin pode ser lançado amanhã na Nasdaq

Muitos pensavam que o ETF de Bitcoin da Valkyrie seria o primeiro a ser aprovado, todavia o mercado foi surpreendido pelo lançamento do ETF...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias