Cartunista acusa plataformas NFT de censura política

O artista é um nome conhecido entre cartunistas políticos e realmente há muitos que não concordam com suas tirinhas.

Opensea
Opensea

O mercado de NFTs tem ficado cada vez mais popular, com a possibilidade de artistas criarem obras digitais, venderem com suas próprias regras e encontrar um mercado para qualquer arte. No entanto, um criador está alegando que algumas plataformas estão censurando seus NFTs, impedindo que ele consiga alcançar o seu público.

Com um dos principais pilares do Bitcoin (e de todo o criptomercado) sendo a resistência à censura, a acusação das plataformas de NFT de estarem censurando seu conteúdo considerado bem grave pela comunidade de forma geral.

O artista conhecido como Stonetoss, famoso por tirinhas na internet, acusou a OpenSea, a maior plataforma de venda de NFTs na rede Ethereum, de censura política.

Opensea

Em um comunicado publicado no Twitter, Stonetoss escreveu à OpenSea pedindo esclarecimentos sobre a suposta censura política.

“Olá OpenSea, eu estou entrando em contato porque estou com medo que a plataforma está sendo usada como uma ferramenta para censura política. Também enviei essa mensagem para a sua página de suporte. Minha comunidade de colecionadores gostaria de uma resposta.”

Além da OpenSea, Stoness enviou uma cópia exata da sua mensagem para a Rarible, que ele também acusou de ter banido seus NFTs. Segundo o que ele informou para o Bitcoin News, as plataformas listaram a sua coleção de NFTs, chamada de Flurks, mas elas foram removidas várias vezes.

A coleção contava com 5 mil artes digitais, compostas por várias imagens iguais com diferentes variações de detalhes, como o Cryptopunks, por exemplo. De acordo com o cartunista, as 5 mil peças foram vendidas e foi levantado um total de 420 ETH nas vendas.

“Como é popular com mercados de NFTs, as pessoas estava especulando o preço de revenda das peças de arte em mercados secundários como o Opensea.io e Rarible.com. Claro, as peças se esgotaram tão rápido era um grande sinal de demanda.”, disse Stonetoss.

Censura

Para Stonetoss o motivo de suas artes não serem vendidas nessas plataformas é censura política.

“Nós acreditamos que a remoção das plataformas OpenSea e Rarible são tentativas de censura política. Porque o meu trabalho como cartunista é geralmente político, eu tenho sido alvo de campanhas para ser removido de plataformas por aqueles que discordam.”, concluiu Stonetoss.

O artista é um nome conhecido entre cartunistas políticos e realmente há muitos que não concordam com suas tirinhas.

Com diferentes visões políticas, há um certo número de pessoas que discorda veementemente de suas posições. As plataformas de vendas de NFTs ainda não se pronunciaram sobre a remoção da coleção de Flurks.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias