Inicio Altcoins CoinMarketCap dá prazo de 45 dias para exchanges fornecerem mais dados

CoinMarketCap dá prazo de 45 dias para exchanges fornecerem mais dados

Cerca de 95% do volume negociado no Coinmarketcap é falso, disse a empresa de investimentos em criptomoedas Bitwise em março

-

Compartilhe

CoinMarketCap, o indexador de dados do mercado de criptomoedas mais popular do mundo deu um prazo de 45 dias para que todas as exchanges listadas no site forneçam dados adicionais para resolução do problema de volume falso.

As corretoras agora são obrigadas a enviar dados de negociação em tempo real, anunciou a empresa nesta quarta-feira (1).

“Esses dados permitirão que as análises determinem pontos como liquidez, livro de pedidos, spreads e outras medidas significativas. Com esses dados adicionais, os usuários poderão contextualizar melhor o preço e os volumes relatados no site e na API – interface de programação de aplicativos – “, explicou.

“As corretoras que não fornecem os dados continuarão no site e terão seus volumes relatados mostrados, mas seus volumes e preços serão excluídos de nossos cálculos de métrica de volume ajustado e preço médio ponderado por volume (VWAP)” Carylyne Chan, chefe de marketing da CoinMarketCap, disse ao Cryptonews.com. As alterações entrarão em vigor em 45 dias, a partir de 14 de junho.

lista de corretoras ordenada por volume ajustado, inclui quase 150 empresas que já fornecem os dados necessários, mas existem mais de 100 exchanges que correm o risco de serem excluídas da lista.

Cerca de 95% do volume negociado no Coinmarketcap é falso, disse a empresa de investimentos em criptomoedas Bitwise em março. Um dos principais concorrentes do CoinMarketCap, a CoinGecko, também disse que planeja fornecer mais dados nas próximas semanas e meses, o que pode ajudar a avaliar melhor as corretoras.

O CoinMarketCap está planejando adicionar ainda mais dados para análise e permitir a filtragem e a possibilidade de analisar mais profundamente as operações das corretoras. 

Além disso, todos os projetos listados – criptomoedas e corretoras – terão a chance de demonstrar “o esforço que ela tem em promover a responsabilidade e a transparência” fornecendo informações adicionais sobre si mesmos (por exemplo, sobre sua equipe, investidores, localização).

A nova iniciativa foi anunciada como parte de sua recém-lançada Data Accountability & Transparency Alliance (DATA). Entre seus primeiros membros estão as corretoras, como BinanceBittrexOKExHuobiLiquidUpBitIDEXOceanEXPortão.ioKuCoinHitBTCBitfinex.

A Aliança tem como objetivo revisar, alinhar e aprimorar os padrões de relatórios em toda a indústria e identificar lacunas, propor estratégias e medidas para melhorar a responsabilidade e a transparência dos dados.

Os parceiros fornecerão não apenas dados obrigatórios, mas “informações autorreferidas continuamente”, também, de acordo com o CoinMarketCap. A empresa atualizou seus preços de API, lançou um explorador de blocos e uma loja de mercadorias.

Em março, o CoinMarketCap teve quase 58 milhões de visitas, de acordo com a plataforma de inteligência de mercado digital Similar web.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Existem apenas 0.003 Bitcoin (BTC) para cada ser humano

Para que algo se sustente durante muitos anos, é necessário trabalhar com inovações duradouras. No caso do Bitcoin, entre suas inovações as que mais...

Blockchain dá vida ao primeiro aplicativo de licitações do Brasil

A tecnologia blockchain está por trás de um importante lançamento brasileiro. O país deverá contar com seu primeiro aplicativo voltado para o processo licitatório....

Conta digital e carteira de Bitcoin com VISA Contactless é lançada no Brasil

Utilizar criptomoeda no dia-a-dia brasileiro é um processo um pouco demorado para a maioria das pessoas: se você usa uma wallet externa, precisa enviar...

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Bitcoin está mais correlacionado com Ouro, não tanto com altcoins

O preço do Bitcoin está mais correlacionado com o Ouro, entretanto, menos com as altcoins. Certamente, os últimos dias têm sido alarmantes para traders,...

Receita Federal americana é treinada para encontrar carteiras com criptomoedas

A Receita Federal dos Estados Unidos está recebendo um treinamento especial. Servidores estão sendo capacitados para encontrarem carteiras recheadas de criptomoedas de contribuintes. Como...
 

COMENTÁRIOS

MAIS LIDOS

Existem apenas 0.003 Bitcoin (BTC) para cada ser humano

Para que algo se sustente durante muitos anos, é necessário trabalhar com inovações duradouras. No caso do Bitcoin, entre suas inovações as que mais...

Blockchain dá vida ao primeiro aplicativo de licitações do Brasil

A tecnologia blockchain está por trás de um importante lançamento brasileiro. O país deverá contar com seu primeiro aplicativo voltado para o processo licitatório....

Conta digital e carteira de Bitcoin com VISA Contactless é lançada no Brasil

Utilizar criptomoeda no dia-a-dia brasileiro é um processo um pouco demorado para a maioria das pessoas: se você usa uma wallet externa, precisa enviar...

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Bitcoin está mais correlacionado com Ouro, não tanto com altcoins

O preço do Bitcoin está mais correlacionado com o Ouro, entretanto, menos com as altcoins. Certamente, os últimos dias têm sido alarmantes para traders,...
Compartilhe