Coleção de NFTs de Ozzy Osbourne é alvo de golpistas

Golpe usou link antigo para comunidade de projeto que se tornou famoso na última semana.

Ozzy Osbourne, lendário artista do rock
Ozzy Osbourne, lendário artista do rock

A coleção de NFTs lançada pelo lendário cantor Ozzy Osbourne mal foi lançada no mercado de criptomoedas e já se tornou alvo de golpistas. Para quem não conhece o termo, um NFT é um registro único em blockchain, que pode ser de um áudio, vídeo, foto, arte, entre outras inúmeras possibilidades.

Assim, vários artistas pelo mundo já entraram no setor para lançar suas obras e comercializar em plataformas. Mas esse processo acaba envolvendo também a criação de uma comunidade, que é o que dá sentido a um NFT.

Como é famoso no setor musical, Ozzy lançou uma coleção ligada a um passado icônico de sua carreira: morcegos.

Coleção de morcegos NFTs foi lançada por Ozzy Osbourne

Na última semana, o lendário Ozzy Osbourne lançou uma coleção NFTs de morcegos, em homenagem a sua história em que mordeu um animal no palco durante um show.

Aproveitando a alta do mercado de NFTs, ele idealizou o lançamento da coleção chamada Crypto Bats (Morcegos Cripto), que teve toda a sua mintagem realizada em apenas alguns minutos.

Na última sexta-feira (21), os morcegos foram revelados para seus donos, que puderam conhecer quais eram as características de seus mamíferos voadores digitais.

Mas o que muitos não esperavam é que essa coleção faria tanto sucesso, sendo nesta segunda-feira (24) a terceira com o maior volume de negociações na plataforma OpenSea, uma das maiores do mercado.

Coleção de Ozzy Osbourne já é a terceira maior em volume na OpenSea, superando os Bored Ape e CryptoPunks
Coleção de Ozzy Osbourne já é a terceira maior em volume na OpenSea, superando os Bored Ape e CryptoPunks na segunda-feira (24/01/22) /Reprodução

Assim, a coleção de morcegos já criou uma base sólida de fãs do músico, que está anunciando sua aposentadoria dos palcos ao longo dos últimos anos. Ozzy é conhecido tanto pela sua carreira solo quanto por ser integrante da banda Black Sabbath, uma das mais lendárias do rock mundial, que inspirou gerações de bandas.

Golpistas se aproveitaram de falha da comunidade

O problema do sucesso desta coleção é que ele certamente atraiu uma leva de golpistas para seu entorno, que tentam pegar dinheiro das vítimas desatentas.

A principal comunidade dos Crypto Bats acabou se reunindo pelo Discord, no grupo discord.com/invite/cryptobatz. Essa comunidade reúne mais de 20 mil pessoas hoje e é a oficial do projeto.

Contudo, antes do grupo ter o link “cryptobatz”, a comunidade foi criada com o link “cryptobatsNFT”, sendo depois renomeado. Dessa forma, os golpistas começaram a usar o antigo link para dar golpes nos investidores desavisados.

Além deste grupo falso da comunidade outros mais seguem sendo criados, podendo ter os links similares. Ou seja, é importante ao entrar em uma comunidade oficial prestar atenção se o local é o correto, desconfiando ainda de “promoções” rápidas que são lançadas sem aviso prévio.

Este golpe de se criar comunidades falsas não é novo, mas como a equipe do CryptoBats mudou o acesso de seu grupo, acabou sendo uma nova oportunidade a ser explorada pelos golpistas.

Em nota, a equipe disse que está conversando com o Discord para ver se consegue apagar o antigo grupo, que agora é povoado apenas por pessoas mal intencionadas.

“Existem vários servidores Discord FAKE que fingem ser CryptoBatz, alguns são muito sofisticados – um até sequestrou um antigo link de endereço que estávamos usando.
Estamos tentando falar com Discord para fechar esses servidores falsos. Fique atento – o link oficial está em nossa bio.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias