Colégio de São Paulo ensina aos alunos conceitos das criptomoedas

Educação financeira começou no início de 2022, para alunos do Ensino Fundamental e Médio.

Criança empilhando moedas de bitcoin, criptomoedas e educação financeira para crianças e adolescentes
Criança empilhando moedas de bitcoin

Um colégio de São Paulo começou a ensinar seus alunos os conceitos de educação financeira, abordando inclusive o tema das criptomoedas para os estudantes. As aulas começaram no início de 2022, para alunos do Ensino Fundamental e Médio.

A educação financeira é um tema ainda desconhecido por muitos no Brasil, país em que a maior parte da população ainda confia na poupança, mesmo em um cenário de alta inflação.

Recentemente, o tema virou polêmica após a deputada estadual Luciana Genro (PSol-RS) criticar um projeto de lei de implementar a educação financeira nas escolas públicas.

O caso colocou luz sobre a importância de se educar as pessoas sobre o assunto desde a infância, como uma forma de conscientizar a população sobre oportunidades para se melhorar de vida, criar uma reserva de valor, entre outros temas ainda inexplorados por muitos.

Colégio de São Paulo começa educação financeira de crianças e adolescentes, apresentando conceito das criptomoedas em aulas

O que você faria se soubesse que a poupança não é um investimento ainda em sua infância? Essa é a realidade que muitos pais tentam mostrar para os filhos em programas de educação domiciliar sobre o tema.

Contudo, o Colégio Dante Alighieri, com sede na capital de São Paulo, começou no ano de 2022 a ensinar seus alunos um tema misterioso para muitos: a educação financeira.

Desse modo, alunos do ensino fundamental já começaram a ter aulas em uma matéria fixa na grade escolar, assim como estudantes do ensino médio. Ao todo, são 4,5 mil alunos aprendendo sobre um tema relevante em um país em que o assunto é, infelizmente, um tabu.

Em nota ao Livecoins, o coordenador de Matemática do Dante, professor Milton Sgambatti, lembrou que os alunos mudam sua postura ao se deparar com os conceitos, ficando mais conscientes em seu consumo e questões ambientais.

“Há anos trabalhamos com os alunos tópicos como juros compostos, desconto à vista, pagamento em parcela, inflação e poder aquisitivo, em aulas interativas baseadas em questões reais como a opção entre uso de transporte público ou compra de veículo próprio.”

Algumas aulas apresentadas no colégio já trabalham os alunos para conhecer a realidade das criptomoedas, renda fixa, renda variável, poupança, em disciplinas que trabalham sobre estratégias de investimentos.

Criança de 5 anos compra sorvete com bitcoin e vídeo viraliza

Enquanto poucos colégios no Brasil ainda apresentam seus alunos para a realidade das criptomoedas, pelo mundo tem se tornado cada vez mais comum o interesse de crianças neste setor.

Nos últimos dias, por exemplo, um pai orgulhoso apresentou uma situação em que seu filho de 5 anos pagou por um sorvete com Bitcoin, utilizando para isso um cartão de crédito que trabalha com a Lightning Network.

Gen ₿ – my boy (5 y/o) paying for an ice cream with Bitcoin Lightning! from Bitcoin

Com a evolução das criptomoedas e Bitcoin como meio de pagamento pelo mundo, a educação financeira começa a chegar no Brasil, mostrando para crianças e adolescentes as vantagens destes sistemas.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias