Com dólar em cruz da morte, preço do Bitcoin pode disparar

Valor da moeda digital poderia alcançar até U$ 15 mil, apontou trader.

Siga no
Dólar físico e Bitcoin Digital
Dólar físico e Bitcoin Digital
Anúncio

Apesar da alta no preço do dólar no Brasil, o cenário não tem sido o mesmo no restante do mundo, com uma formação de “cruz da morte“. Dessa forma, um analista acredita que o movimento será bom para o preço do Bitcoin, que pode disparar até U$ 15 mil em breve.

A análise se baseia em um índice do dólar que é uma referência, considerado importante no mundo. Chamado de Índice DXY, ele compara o valor do dólar, frente uma cesta de divisas de outros países e blocos. O Euro é certamente a moeda mais importante dentro do DXY.

No Brasil, a alta do Bitcoin em relação ao real também tem tido influência pelo dólar. Mesmo com a moeda norte-americana mais fraca no mundo, no maior país sul-americano continua em alta.

Com o dólar DXY mostrando sinal de cruz da morte, momento chama atenção para outros ativos

Anúncio

O dólar é a moeda base para a maior parte das transações realizadas no mundo hoje. Isso porque, após o acordo de Bretton Woods, a moeda ganhou força com o padrão dólar-ouro. Em 1971, no entanto, o choque Nixon acabou com o padrão ouro, deixando apenas o padrão dólar em funcionamento.

Tal medida fortaleceu o dólar, que é considerada a principal moeda do mundo ainda hoje. Em 2020, no início da pandemia do COVID-19, o dólar foi a moeda preferência como reserva de valor. Em tempos de baixa expectativa com a economia, o dólar foi o refúgio que muitos achavam ser seguro.

Contudo, passados alguns meses, a expectativa com a moeda norte-americana opera em baixa. De acordo com uma análise do site Bitcoinist, o dólar sofreu um grande impacto nos últimos meses, após intervenções do banco central dos EUA, o FED.

Tais intervenções mostraram aos investidores que a moeda norte-americana é um ativo de risco. Dessa forma, muitos estão preferindo se arriscar em ativos alternativos, como ouro, ações e até no Bitcoin.

Ao observar a perspectiva semanal do dólar, um trader apontou até que o padrão de cruz da morte está em formação no Índice DXY. A cruz da morte é um padrão gráfico que mostra a média móvel de curto prazo (50) fechando abaixo da de longo prazo (200), indicando sinal de venda.

Com sinal preocupante no dólar, trader acredita que o preço do Bitcoin pode disparar até U$ 15 mil

Tal sinal de venda mostraria um dólar fraco perante outras divisas, principalmente o euro. Contudo, o analista Vinny Lingham, cofundador e CEO da Civic, apontou que o sinal é bom para o Bitcoin.

A moeda digital, que tem sido considerada uma reserva de valor por muitas pessoas, pode se beneficiar de um dólar em baixa. Dessa forma, Vinny apontou ao Bitcoinist que o preço do Bitcoin pode subir até U$ 15 mil em breve. O movimento romperia a atual resistência em torno de U$ 12 mil, e ficaria distante do suporte de U$ 10 mil.

O Bitcoin opera em alta nessa segunda-feira (31), com a cotação em dólar acima de U$ 11600. Em relação ao real brasileiro, o preço do Bitcoin segue acima de R$ 62600. No Brasil o dólar ainda é negociado a R$ 5,39 cada unidade, após uma alta de 34% no ano.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Criptomoeda stablecoin Tether USDT XAUT EURT CNHT

Criptomoeda valoriza 300% em 2020 e supera Bitcoin

Segundo um estudo recente, uma criptomoeda que cresce 300% o número de adoção a sua tecnologia já supera o Bitcoin e Ethereum. Este caso...

“Falta de clareza sobre quem criou o Bitcoin é preocupante” Diz CEO da Mastercard

Um dos principais pontos que os defensores do Bitcoin argumentam é que a moeda pode ser utilizada como uma forma de incentivar a inclusão...
Segurança e Vulnerabilidades Blockchain

Pesquisa da Kaspersky coloca blockchain como ameaça

Uma pesquisa recente feita pela Kaspersky coloca a tecnologia blockchain como uma ameaça aos negócios. A empresa russa que é uma das líderes em...

Últimas notícias

“Falta de clareza sobre quem criou o Bitcoin é preocupante” Diz CEO da Mastercard

Um dos principais pontos que os defensores do Bitcoin argumentam é que a moeda pode ser utilizada como uma forma de incentivar a inclusão...

Pesquisa da Kaspersky coloca blockchain como ameaça

Uma pesquisa recente feita pela Kaspersky coloca a tecnologia blockchain como uma ameaça aos negócios. A empresa russa que é uma das líderes em...

Paulista pede registro da marca Bitcoin para fabricar brinquedos

Um paulista pediu junto ao INPI o registro da marca Bitcoin para a fabricação de brinquedos no Brasil. A publicação do pedido foi feito...