Comissão que pode regular Bitcoin no Brasil é formada por deputados

Escolha de deputado como relator da comissão indica movimentação de discussão sobre o mercado de criptomoedas.

Siga no

O bitcoin e as demais criptomoedas podem ganhar uma regulação no Brasil. Pelo menos esse é o desejo de Aureo Ribeiro (SDS-RJ). O deputado é responsável por ter apresentado um projeto voltado para a regulação das criptomoedas. Esse projeto deverá ser analisado por uma comissão especial de parlamentares que acaba de eleger um relator.

Além disso, Ribeiro é um dos políticos que apoiam a regulação da criptomoeda, e já apresentou projeto na câmara voltado para o mercado de criptoativos anteriormente. Juntamente com os demais deputados federais, a comissão poderá propor uma regulação para o bitcoin.

Bitcoin será apresentado para comissão especial

Deputados devem discutir leis voltadas para o mercado de criptomoedas, após a escolha da relatoria da comissão responsável pelo processo. Alexis Fonteyne (Novo-RJ) é o deputado federal responsável pela relatoria da comissão, que poderá regular o bitcoin no país em breve.

Com a presença de Fonteyne na relatoria da comissão, o assunto sobre o mercado de criptomoedas será analisado. Os deputados da comissão terão acesso ao projeto 2060/2019 que trata sobre o bitcoin e outras criptomoedas. No projeto, também foram incluídos assuntos relacionados ao desenvolvimento da tecnologia blockchain no Brasil.

Tudo indica que a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviço (CDEICS) deverá discutir soluções para o mercado de criptomoedas no Brasil.

Projeto está parado no congresso desde março de 2019

O projeto 2060/2019 foi produzido pelo deputado federal Aureo Ribeiro (SDS-RJ). O parlamentar busca a regulação do mercado de criptomoedas desde 2015. Anteriormente à este projeto, Aureo chegou a apresentar o mesmo projeto há cerca de quatro anos atrás.

Após o projeto ser arquivado em sua primeira tentativa, Aureo Ribeiro tentou novamente  buscar a aprovação de uma regulação para as criptomoedas. Neste ano, o projeto 2060/2019 voltou a circular na Câmara dos Deputados em Brasília – DF. Porém, desde março o projeto encontra-se parado no congresso, sem apresentar nenhuma movimentação.

Relator propõe audiência pública sobre tecnologia blockchain

O relator da (CDEIS) também pode ser considerado um político que espera pela regulação do mercado de criptomoedas no Brasil. Recentemente Fonteyne protocolou um requerimento para que o assunto seja amplamente discutido por outras comissões que fazem parte do congresso.

O político também procura utilizar a tecnologia blockchain na reforma tributária. Para isso uma audiência pública deverá tratar do assunto envolvendo várias comissões. A proposta de Fonteyne engloba uma discussão sobre a blockchain entre as Comissões de Finanças e Tributação (CFT) e a Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI).

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias