Anúncio
Início Bitcoin Como fazer transações baratas com Bitcoin?

Como fazer transações baratas com Bitcoin?

Confira nosso tutorial e aprenda de forma fácil!

-

Como fazer transações baratas com Bitcoin
Imagem: pixabay.com

Muito se fala sobre o bitcoin ter taxas altas e transações lentas, de forma que hoje a escalabilidade da rede está em ampla discussão. Contudo, muitas pessoas pagam taxas maiores do que precisariam porque desconhecem os mecanismos adequados para escolher a taxa devida, assim como a forma como as mesmas são calculadas. É possível realizar transações baratas e razoavelmente rápidas com bitcoin.

Taxas

A taxa de cada transação serve como um incentivo e uma recompensa pelo trabalho  realizado pelos mineradores. Quanto maior a taxa, maior a chance dos mineradores incluírem sua transação em um próximo bloco, confirmando-a mais rapidamente.

Contudo, não é assim tão simples. Existem transações que são maiores, em bytes, e ocupam mais espaço em um bloco (o qual tem um tamanho limitado), sendo assim mais caras. Dessa forma, os mineradores querem maximizar seu lucro priorizando as transações que pagam mais satoshis por byte (sat/byte). Assim, as taxas pagas são governadas pelas forças do mercado dentro da rede do Bitcoin.

Em resumo, dois fatores principais determinam a velocidade e o preço total da transação: o tamanho da transação em bytes e o congestionamento da rede.

Tamanho da Transação

O tamanho da sua transação, em bytes, é determinado pelo número de inputs e outputs e pela natureza do seu endereço, se Segwit ou Legacy.

Número de Inputs e Outputs

Esse é o ponto que as pessoas mais ignoram, contudo é um dos fatores com maior influência no preço total da transação. Quanto mais inputs e outputs tiver na sua transação, maior será seu tamanho em bytes, assim, maior o custo total dela. Mas o que são inputs e outputs? É mais simples do que parece, veja a figura abaixo.

como fazer transacoes baratas com bitcoin
Essa transação é composta por 4 inputs (entradas) e 2 outputs (saídas), sendo um dos outputs o endereço do troco (change address). Notar que 3 dos inputs (entradas) possuem o mesmo endereço. Fonte: btc.com

Cada transação que você já fez no passado gera um input na sua carteira, independente da quantidade de endereços com saldo você possua. Ou seja, um mesmo endereço pode possuir vários inputs, um para cada transação. Suponhamos que você comprou bitcoin 4 vezes e enviou para sua carteira cada vez 0.25 btc. Mesmo que você tenha enviado os seus bitcoins sempre para o mesmo endereço, você terá 4 inputs de 0.25 btc.

Já os outputs são os endereços de destino da sua transação. Quantos mais endereços de destino você adicionar, mais outputs.

Um input é indivisível, da mesma forma que uma nota de 1 real não pode ser dividida. Assim, caso você envie menos do que o saldo do seu input para um endereço, o saldo remanescente irá gerar um novo output que será o seu troco (change address). No exemplo da imagem acima foram transacionados 0.035 BTC, sendo que 0.005 foi o troco.

Congestionamento da rede

Como um bloco tem tamanho limitado, para inserir uma transação num momento de alto congestionamento é necessário pagar mais caro por byte.

Esse é o único fator que não temos controle ao fazer uma transação. Ou seja, caso a rede esteja congestionada, normalmente em momentos de alta volatilidade do preço, o melhor a fazer é esperar.

Caso precise fazer uma transação nesse momento, o ideal é que você tenha calma e envie a uma taxa que seja confirmada após alguns blocos (não pague valores absurdos como 100 sat/byte). Prepare-se antes e consolide os seus inputs em momentos de baixo congestionamento, pagando 1 sat/byte, como explicarei a seguir.

É possível reduzir os custos das transações Bitcoin, tornando-as mais baratas?

Consolidando seus inputs

Uma das formas de reduzir o custo das suas operações com Bitcoin é consolidando seus inputs, ou seja, enviando todos os seus bitcoins para você mesmo, procedimento que certamente fará suas transações baratas. Assim você reduz o tamanho da sua transação, e se resguarda para um futuro em que as taxas podem estar mais altas.

Como você está enviando para você mesmo, não há pressa, e você pode usar uma taxa baixa, 1-3 sat/byte (normalmente confirma entre 12 e 24 horas em momentos de baixo congestionamento). Esse procedimento vale a pena se você possui muitos inputs.

Faça uma simulação nesse site e veja o quanto você pode economizar reduzindo seus inputs. Por exemplo, uma transação com 5 inputs e 2 outputs, a 26 sat/byte, custa 0.0002 btc, enquanto uma transação com 1 input e 2 outputs custaria 0.00005 btc (4 vezes menos!).

Endereços Segwit

Outra forma de reduzir o tamanho da sua transação é utilizar uma carteira que suporte Segwit. Endereços segwit reduzem o tamanho em bytes de todas as transações em comparação à endereços Legacy. Endereços Segwit são os que começam com 3 ou com bc.

Qual taxa devo usar? Quantos sat/byte?

Use uma wallet que permita que você controle as taxas, com precisão. É possível fazer transações a 1 sat/byte, o menor custo possível. Contudo, muitas wallets somente tem a opção de “Prioridade Alta” ou “Prioridade Baixa”, com taxas absurdas, em torno de 100 e 50 sat/byte respectivamente.

Electrum é uma das mais antigas e seguras carteiras de bitcoin. Permite maior controle sobre os seus fundos e o custo das transações. Faça download em Electrum.org. Outras carteiras mais simples de usar, como a Samourai e a Coinomi, também permitem o controle das taxas por byte.

Existem vários sites que indicam a taxa mais adequada para um determinado tempo de confirmação, por exemplo:

https://bitcoinfees.earn.com/

https://www.buybitcoinworldwide.com/fee-calculator/

Pela minha experiência, todos esses serviços superestimam as taxas. Ou seja, sempre olho vários sites e mando a uma taxa um pouco inferior ao menor valor indicado.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Marcello
Marcello
Escreve sobre a tecnologia, blockchain, investimentos e notícias sobre criptomoedas. Certificado (CBP) pelo CryptoCurrency Certification Consortium (C4).

MAIS LIDOS

Unick Forex: empresa pode ser condenada em novo processo judicial

A empresa Unick Forex está com problemas em pagamentos na plataforma. Esse atraso está fazendo com que usuários procurem a justiça em busca de...

2 indicadores de Bitcoin que você deveria prestar atenção

Existem centenas de indicadores que você pode utilizar em suas análises de Bitcoin. RSI, MACD, Médias Móveis, Bandas de Bollinger e por aí vai....

5 motivos mostram que Bitcoin viverá o melhor ano de sua história em 2020

O bitcoin deverá vivenciar um momento histórico em 2020. Para alguns analistas, o próximo ano deverá elevar o preço da criptomoeda para valores jamais...

Samsung adiciona suporte ao Bitcoin

Sediada em um dos principais países de olho no Bitcoin, a Samsung não poderia demorar a se voltar para a moeda digital. De fato,...

Nova Zelândia torna o Bitcoin legal para pagamentos de salários

Uma decisão do Departamento de Impostos da Nova Zelândia tornou o Bitcoin uma forma legal de pagar o salário de funcionários. De acordo com o departamento fiscal,...

Mais de R$ 70 milhões em bitcoins “somem” da Indeal

Investigações sobre o caso da Indeal revelam que mais de R$ 70 milhões praticamente sumiram das contas da empresa. À justiça, a Indeal alegou...

Escreva seu comentário:

1Xbit

Unick Forex: empresa pode ser condenada em novo processo judicial

A empresa Unick Forex está com problemas em pagamentos na plataforma. Esse atraso está fazendo com que usuários procurem a justiça em busca de...

2 indicadores de Bitcoin que você deveria prestar atenção

Existem centenas de indicadores que você pode utilizar em suas análises de Bitcoin. RSI, MACD, Médias Móveis, Bandas de Bollinger e por aí vai....