Rolling Stones: “Conferência do Bitcoin parece mais um culto religioso”

Entre as muitas palestras e as conversas que ouviu, Zoë demonstrou preocupação com o tom menos técnico e muito mais "evangelista" dos participantes e dos palestrantes.

Siga no

Recentemente aconteceu a conferência do Bitcoin em Miami, no Mana Wynwood. Apesar do grandioso evento ser um momento importante para a comunidade do Bitcoin, uma das colunistas do Rolling Stones acompanhou toda a saga e afirmou que o evento foi bem similar a um culto religioso. 

Zoë Bernard, colunista do Rolling Stones, estava entre os membros da imprensa que cobriram o Bitcoin 2021. Ela descreveu tudo que viu, desde a “falta de organização” para a entrada, o que causou grandes filas, até mesmo a “falta de espaço”, que levou alguns ingressos a serem devolvidos.

Para Zoë o que mais chamou a atenção foi o ar de “culto” que toda a conferência supostamente tinha, com pessoas engajadas a um nível “espiritual e emocional” não só com a criptomoeda, mas com as personalidades que fazem parte dos influenciadores do criptomercado.

“Pergunte aos Bitcoiners o que o Bitcoin significa para eles e você verá eles falando emocionalmente com olhos cheios de lagrimas. Muitas vezes, se tornar um Bitcoiner não é muito diferente do despertar transformativo que alguém passa quando tem uma conversão espiritual radical.” , escreveu zoë.

A jornalista também contou como um investidor, que usava uma bandana amarela e se identificou apenas pelo seu nome no Twitter (@boner4bitcoin), disse ter sido “limpo” pelo Bitcoin.

Ele disse que antes do Bitcoin estava em um lugar “escuro”, que era um “viciado”, mas que “graças ao Bitcoin e a comunidade ele pôde mudar de vida”.

“Eu entrei no criptomercado achando que iria sair em 2017 e ganhar um dinheiro rápido que nem um garoto do Dogecoin. Agora eu opero de forma totalmente diferente e é algo melhor.”

Entre as muitas palestras e as conversas que ouviu, Zoë demonstrou preocupação com o tom menos técnico e muito mais “evangelista” dos participantes e dos palestrantes.

“Eu vim para a Bitcoin 2021 esperando uma conferência técnica. Ao Invés disso, eu encontrei algo completamente diferente. Essa não era uma reunião de líderes de tecnologia falando sobre inovação. Esses eram autoproclamados evangelistas, e eles estavam falando para o seu rebanho.”

Discursos evangelistas emocionados

Zoë também descreveu os muitos discursos que aconteceram por lá, incluindo Max Keiser e sua persona à lá “Elton John” exclamando “Foda-s# Elon Musk!” com uma grande quantidade de pessoas retribuindo ao clamor, “tal como um pastor pentecostal”.

A coluna destaca a palestra com Jack Mallers, fundador da companhia de carteiras digitais Strike. Mallers, que acabou de voltar de El Salvador, fez um discurso em lagrimas, contando sobre as dificuldades do país da América Latina.

Jack Mallers chorando durante a sua palestra na conferência Bitcoin 2021. Fonte: Ian Witlen/Rolling Stone

“Era triste. Não tinha muita esperança. Eu fiz palestras, eu falei com crianças. Eu disse a eles, ‘Nós vamos resolver isso. O Bitcoin está aqui, nós vamos resolver isso.”  disse Mallers em sua palestra pentecostal, de acordo com a rolling stones.

A verdade é que não é difícil encontrar pessoas que tratam o Bitcoin como uma religião com uma devoção quase bíblica à criptomoeda e é curioso ver esse tipo de comportamento em uma conferência tão grande.

Claro, isso não quer dizer que toda a comunidade de criptomoedas é assim, mas, no fim das contas, a comunidade tem comportamentos que parecem ir muito além da lógica que deveria ser a base para todo o mercado.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

ETF 100% Ethereum estreia hoje na B3

Nesta quarta (04) foi lançado o ETF 100% Ethereum na B3, bolsa brasileira. O fundo foi desenvolvido pela gestora QR Asset Management, a mesma...

Dotz vai permitir que clientes troquem pontos por bitcoin

A Dotz, uma das principais gestoras de pontos de fidelidade do Brasil, com uma grande quantidade clientes, pode ser mais uma forma de aproximar...
Claudio Oliveira. "Rei do Bitcoin"

‘Rei do Bitcoin’ e mais oito pessoas são indiciadas por fraude bilionária

O "Rei do Bitcoin", Cláudio Oliveira, fundador do Bitcoin Banco, e mais oito pessoas foram indiciadas em seis crimes que causaram um prejuízo bilionário...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias