CRIPTOHUB

A criptoeconomia continua crescendo e ganhando popularidade em todo o mundo, no Brasil não é diferente, só no ano passado foram mais de 3 milhões de pessoas interessadas pelo assunto. A procura por formas seguras e confiáveis de adquirir criptomoedas foi debate em diversos fóruns de discussão. Diante da grande procura, muitas exchanges tiveram problemas com o grande volume de negociações chegando até mesmo a bloquear o cadastro de novos usuários. Isso mostrou como o mercado tem espaço para novas exchanges que sejam desenvolvidas com uma boa infraestrutura e diversidade de recursos para os usuários.

Está chegando ao mercado brasileiro a CriptoHub, uma exchange que pretende ciconstruir uma plataforma com padrões de qualidade internacionais. A exchange vai oferecer aos clientes um portifólio de mais de 17 criptomoedas além de trazer sua própria moeda que permitirá negociações na plataforma.

“Já vamos nascer como a exchange com o maior número de moedas virtuais.

As expectativas da CriptoHub são ambiciosas e ela espera ter 500mil usuários e uma movimentação de 7,5 milhões de dólares por dia até novembro deste ano.

Meta de Crescimento CriptoHub Para alcançar essa meta, ela promte oferecer os seguintes diferenciais:

icon

Rapidez na aprovação das contas, agilidade na confirmação dos depósitos e na emissão dos saques.

iconCriptoHub nasce com a maior variedade de criptomoedas do Brasil com a maior quantidade de trading pairs.

iconPossíbilidade de receber Bitcoins em sua loja virtual com facilidade. Cartão de crédito pré-pago para gastar suas moedas a qualquer momento.

Voltando ao cenário atual do Brasil, é possível ver que o mercado de criptomoedas tem sofrido com taxas altas, pouca variedade de criptomoedas e atendimentos lentos. Portanto, a CriptoHub viu uma oportunidade de criar uma exchange que corrija essas falhas e ela pretende assim ser a melhor exchange do Brasil.

“Duas exchanges internacionais lançadas recentemente tiveram muito sucesso: a Binance e a KuCoin.”

A CriptoHub terá o recurso de remunerar aqueles que indicam usuários, dessa forma, os usuários poderão receber até 20% de comissões sobre as taxas de amigos indicados. Este sistema é semelhante ao programa de indicações da gigante mundial, Binance, que tem hoje um sistema de referências e uma moeda própria chamada BNB.

A CriptoHub pretende também disponibilizar aos usuários que quiserem, um cartão de crédito pré-pago e através do saldo inserido com suas  criptomoedas, utilizá-lo normalmente para pagamento em estabelecimentos comerciais tradicionais do País.

Esse é o diferencial que permite dar liquidez aos ativos virtuais e utilizá-las no mundo real.

TOKEN CRIPTOHUB

De acordo com o site oficial, o token CriptoHub Coin (CHBR) será baseado na Ethereum ERC20, os detentores do token terão vantagens na plataforma como desconto progressivo nas taxas de negociações e a possibilidade de negociar  o token com muitas opções de criptomoedas.

A exchange será lançada um mês após a finalização da ICO.  Os usuários que tiverem o token terão descontos de até 90% nas operações.

Na Binance e na Kucoin, os tokens próprios de cada exchange valorizou mais de 100 vezes em 7 meses, isso fez com que elas ganhassem uma grande fatia do mercado em  pouquissimo  tempo. A CriptoHub  pretende repetir o feito no Brasil.

----- Publicidade ------ 
BitcoinTrade
-----

Veja abaixo como será a distribuição de tokens da CriptoHub:

Distribuição Tokens CHBR

Das motivações que levaram a futura exchange a criar a ICO do token CHBR ela destaca em seu site oficial os seguintes pontos:

icon

O Brasil transaciona 5 mil BTCs diariamente e o objetivo da CriptoHub é dominar 40% do market share em até 1 ano.

icon

Os Token Holders de CHBR terão descontos progressivos nas taxas de operação, conforme a quantidade CHBR que possuem, podendo obter até 90% de desconto.

icon

A CriptoHub será a exchange com a maior quantidade de pares de moedas no Brasil.

iconCriptoHub nasce 100% dentro das normas legais e fiscais brasileiras e conta com auditoria independente semestral.

icon

A Plataforma CriptoHub já está em desenvolvimento. Estará disponível para utilização após o encerramento da ICO, com avançada tecnologia, escalabilidade e segurança.

icon

Será a primeira exchange no Brasil a ter um programa de indicação e com isso é esperado apoio da comunidade brasileira.

O Canal CryptoPotato entrevistou o CEO da CriptoHub, Ramon Vailatti, onde ele falou sobre a exchange e ICO. Você pode ver a entrevista na integra abaixo:

Outras informações podem ser vistas no site oficial. Também é possível saber mais detalhes por meio do whitepaper.


Esta publicação é um comunicado de imprensa e não deve ser vista como um endosso do Livecoins. Reforçamos nossos termos de uso e encorajamos nossos leitores a fazerem sua própria pesquisa antes de investir fundos em qualquer empresa.

Segurança e Liquidez para operar suas moedas digitais.
Baixe agora nosso aplicativo para iOS e Android
Siga também o nosso Instagram com análises diárias

Mantenha-se atualizado, siga no: Google News, Facebook, Twitter, Feedly, Flipboard, Telegram, Whatsapp, Instagram, ou receba por e-mail.