Crítico que disse “bananas são melhores que bitcoin” vira consultor de Donald Trump

Apesar de ser defensor de blockchain e ter startups de criptomoedas, sua opinião com relação ao Bitcoin é bastante negativa.

Siga no

Mark Cuban tem um histórico de fama por seus investimentos e histórico de sucesso. No entanto, na última quarta-feira (14) seu nome ganhou destaque na mídia internacional por outros motivos: ele passará a fazer parte da equipe de consultoria do presidente dos EUA, Donald Trump.

Em 2019 ele disse que o Bitcoin “não tem valor intrínseco” e que prefere coletar bananas e cartões de beisebol, de acordo com o Decrypt.

Para muitos investidores e analistas do criptomercado este não é um sinal positivo para os ativos digitais, sobretudo por sua opinião crítica relacionada ao Bitcoin.

O investidor bilionário irá se juntar a uma equipe de 50 pessoas. Eles serão responsáveis por auxiliar Trump a encontrar soluções para a atual crise financeira trazida pelo coronavírus.

Cuban já declarou que está pronto para ajudar os EUA como puder. Sua fortuna está estimada em 4 bilhões de dólares, e entre seus investimentos se destacam o time de basquete Dallas Mavericks e o reality show televisivo Shark Tank.

Apesar de ser defensor de blockchain e ter startups de criptomoedas, sua opinião com relação ao Bitcoin é bastante negativa.

Por outro lado, mesmo sendo crítico de algumas ações do presidente a expectativa com relação ao seu talento para investimentos é grande.

No que diz respeitos a auxiliar o país na superação das dificuldades econômicas que virão, Mark Cuban possui uma visão para negócios que parece agradar Trump. Estima-se que ele tenha um bilhão de dólares em ações da Amazon, além de ser um investidor nato e com grande carisma.

Perspectivas para o gabinete de Trump

Nomeado como o Grupo da Indústria do Grande Renascimento Econômico Americano, o painel conta com outros nomes conhecidos de Trump. Curiosamente, além de Cuban há outras pessoas que também o criticaram, como a ex-secretária de Estado Condoleezza Rice.

Desta forma, há algumas perspectivas interessantes de que o presidente esteja aberto a ouvir opiniões contrárias e estabelecer uma boa base de diálogo.

Dentro deste contexto, é possível que a presença de Mark Cuban no gabinete facilite o processo de instituição de dinheiro digital no país.

Mesmo sendo contrário ao bitcoin, o investidor reconhece a força da criptomoeda, assim como dos ativos digitais de forma geral. Hoje, apesar de abrir mão do Bitcoin, o empresário possui investimentos em vários outros tokens.

Tendo em vista as atuais circunstâncias da economia norte-americana, é esperado que Cuban não queira inserir questões de blockchain ao governo em um primeiro momento.

Por outro lado, é possível que o investidor use sua plataforma para ganhar força diante da agenda que ele apoia.

O bilionário propôs recentemente ao governo que prestasse contas por sua falta de ação em empréstimos comerciais. Além disto, criticou a mídia por não trazer dados de equipamento de proteção individuais.

Suas declarações atuais também são bastante interessantes para o gabinete.

Recentemente ele declarou que para superar o coronavírus, o capitalismo precisa ficar mais esperto. Para tanto, sugeriu ao governo uma política mais dura com empresas que buscam resgates.

De acordo com o que Cuban já destacou, espera-se que ele sugira a Trump ações como melhores produtos e serviços, salários mínimos mais altos, taxas para computação em nuvem e investimentos em tecnologia.

De acordo com ele, mesmo não havendo uma recuperação em V como o governo espera, certas ações podem tornar a economia muito mais forte no futuro.

Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Miami pode ser a primeira cidade a ter reservas em Bitcoin

O prefeito de Miami, Francis Suarez, vem, desde dezembro de 2020, considerando apostar no Bitcoin para fazer parte das reservas da cidade. Segundo Suarez,...
PayPal e Bitcoin criptomoedas blockchain

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Ações do PayPal podem valorizar 46% “graças ao Bitcoin”, diz analista

Por causa do Bitcoin, o PayPal pode alcançar uma incrível valorização no preço das suas ações. Um analista da Mizuho Securities elevou sua estimativa...

Irã sofre com apagões, governo culpa mineração de Bitcoin

O governo do Irã tem apontado que os recentes apagões ocorridos no país têm sido causados pelo alto consumo das fazendas de mineração de...

Banco Central da Nova Zelândia é hackeado

Há uma semana, no domingo (10), o Banco Central da Nova Zelândia foi alvo de um ataque hacker que deixou graves consequências. As autoridades...

Binance abre inscrições para voluntários no Brasil

Quem busca empreender com criptomoedas ou mesmo ingressar nas comunidades brasileiras, uma oportunidade de aprendizado surgiu nos últimos dias. A Binance, a maior maior...

Uganda desliga internet, comércio de bitcoins para de funcionar

Na véspera das eleições presidenciais, o governo da Uganda bloqueou, sem avisar, a Internet de toda população. Isso ocorreu depois de os ugandeses contornarem...