Deputado Federal recebe representantes da associação de clientes da InDeal

Deputado explica que reunião foi com os clientes que se sentiram lesados e querem reaver o dinheiro investido.

Siga no
Empresa Unick Forex
Empresa Unick Forex

A Associação de clientes de duas empresas apontadas pela justiça como organizações criminosas por operarem um esquema de pirâmide financeira e de terem lesado milhares de pessoas se reuniram com o deputado Federal Lucas Redecker para tratar de regulação de criptomoedas.

De acordo com nota, a Associação de Clientes InDeal (ASSIC), representada pela presidente Carolina Olivera, e Deivson Ruan do Carmo, representam alguns associados da empresa Unick Academy, que se sentiram lesados e estão preocupados com o ressarcimento dos valores investidos, uma vez que as duas empresas estão sendo investigadas pela Justiça, processo que corre na 7ª Vara Federal de Porto Alegre, e estão com parte dos recursos bloqueados.

De acordo com a presidente da Associação dos Clientes InDeal, Carolina Olivera, já foram identificados cerca de 10 mil clientes da empresa e 300 ações individuais na Justiça, solicitando o ressarcimento de valores. O grupo também reivindica ser parte do processo, o que é importante para que os clientes lesados possam ser ressarcidos no futuro.

Depois de ouvir a comitiva, Redecker disse que uma comissão especial na Câmara dos Deputados está debatendo a regulamentação de moedas virtuais, que o tema é novo no país e a preocupação é adequar a legislação para que ela contemple a segurança de investidores e que eles tenham aonde recorrer caso se sintam lesados. “A preocupação e o foco é garantir que as pessoas possam reaver o seu dinheiro e que casos como esses não voltem a ocorrer novamente”, afirmou.

Redecker afirmou ainda que vai encaminhar requerimento à Comissão Especial pedindo que a Associação de Clientes InDeal – e da Unick Academy, caso haja associação formada – seja convidada para relatar sua experiência em audiência pública em Brasília.

Participaram da reunião também o advogado da ASSIC, Jean Carbonera, Márcio Borba e Márcio Borba Júnior.

Histórico da Unick e Indeal

As empresas são Indeal e Unick Forex, a primeira aplicou golpe de pirâmide deixando prejuízo de R$ 1,1 bilhão aos clientes. Já a Unick sumiu com R$ 12 bilhões de pelo menos 1 milhão de pessoas pelo Brasil. Ambas promoveram uma especie de desserviço as criptomoedas no país, usando a tecnologia do Bitcoin como faixada para atrair vítimas para o famoso esquema ponzi.

Os valores arrecadados por essas empresas serviram para patrocinar um estilo de vida luxuoso para seus líderes e para prejudicar a imagem do bitcoin e das criptomoedas no país. Já que, milhares de pessoas perderam dinheiro com a promessa de retorno garantido oferecidos pela Unick e Indeal.

A informação foi compartilhada pelo próprio deputado no instagram. O deputado explicou que “a reunião não foi com as empresas e sim com clientes que se sentiram lesados e querem reaver o seu dinheiro.”

Lucas Redecker recebe clientes que se sentiram lesados pela Unick e InDeal
Lucas Redecker recebe clientes que se sentiram lesados pela Unick e InDeal

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Mineração de Bitcoin, moeda BTC e GPU

Preço do Bitcoin cai após hashrate atingir mínima anual

A recente queda no preço do Bitcoin coincidiu com a baixa no hashrate da rede, com uma possível capitulação de mineradores do mercado. Vale...

Bilionário Steven Cohen diz que se converteu “totalmente às criptomoedas”

Steven Cohen, chefe da Point72 Asset Management, bilionário estrategista e um dos traders mais bem-sucedidos da atual geração, disse em uma recente entrevista que...
Hacker com máscara do Anonymous apontando dedo

Anonymous: “Um mundo sem Elon Musk é possível”

Quem está acompanhando o criptomercado recentemente sabe que Elon Musk tem uma presença importante em diferentes mercados, mesmo sendo taxado de troll vez ou...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias