Início Bitcoin ONG financiada pela Fundação dos Direitos Humanos diz que Banco Mundial pode...

ONG financiada pela Fundação dos Direitos Humanos diz que Banco Mundial pode usar bitcoin para ajudar Venezuela, “mas não usa”

"Não estão dispostas a adotar essa abordagem por medo de enfurecer o governo venezuelano."

-

Open Money Initiative é uma organização sem fins lucrativos que pesquisa como as pessoas usam dinheiro em economias fechadas e sistemas monetários em colapso.

Um projeto de pesquisa financiado pela Fundação dos Direitos Humanos afirmou que organizações como o Banco Mundial podem ajudar os venezuelanos a comprarem suprimentos e alimentos simplesmente enviando Bitcoin a eles.

Segundo a Open Money Initiative – organização por trás da pesquisa – no entanto, eles não ajudam. As informações são do The Block.

Organizações humanitárias não podem enviar dinheiro para a Venezuela devido a recusa do atual presidente Maduro à ajuda externa.

Mas a fundação dos direitos humanos encontrou no Bitcoin uma oportunidade para organizações internacionais ajudarem os cidadãos venezuelanos em necessidade.

De acordo com a fundação, organizações sem fins lucrativos (ONGS) e organizações internacionais podem facilmente converter suas moedas locais em bitcoins e enviar os ativos para os moradores do país.

Esses moradores então poderão converter os bitcoins em bolívares (moeda do país) e usar para comprar alimentos e quaisquer suprimentos que precisem.

O desafio está no fato de que essas organizações de alto nível, como o Banco Mundial, por exemplo, “não estão dispostas a adotar essa abordagem por medo de enfurecer o governo venezuelano.”

“Poderíamos trazer muito mais recursos para a Venezuela hoje se as principais organizações do mundo considerassem o Bitcoin, mas não fazem. Enquanto isso, as pessoas sofrem. É lamentável. Disse o representante da Fundação dos Direitos Humanos.

Além da resistência política, o plano proposto pela fundação para ajudar os venezuelanos  através do bitcoin também pode sofrer com a falta de acesso.

Não existem muitas corretoras de criptomoedas no país, e, a LocalBitcoins, corretora P2P que funciona na Venezuela só é acessível por computadores, e não por celulares.

Além disso, a Venezuela passa por uma crise de falta de energia.

O representante da Fundação dos Direitos Humanos disse ao The Block que a ONG está trabalhando para superar problemas políticos e de acessibilidade, envolvendo organizações e empresas privadas.

“É realmente importante mostrar que ‘coisas’ como o Bitcoin estão causando impacto e podem ser ferramentas úteis para ajudar as pessoas.”

Bitcoin e criptomoedas realmente ajuda venezuelanos

No inicio do ano, um economista venezuelano, Carlos Hernández, contou em um relato como o bitcoin ajudou ele e sua família a se manterem vivos.

A Venezuela testemunhou uma saída em massa de quase três milhões de pessoas, com quase um milhão fugindo para a vizinha Colômbia.

Em meio a crise, várias pessoas encontraram nas criptomoedas uma forma de combater o governo e a inflação.

As pessoas estão usando moedas digitais para evitar a hiperinflação, mas também para terem dinheiro que vale alguma coisa.

A hiperinflação continua devastando a economia da Venezuela, dificultando acesso às coisas básicas.

Segundo a CNBC, a hiperinflação da Venezuela está atualmente em 10.000.000% (dez milhões por cento).

Os Estados Unidos anunciou sanções à Venezuela que atingem vários setores da economia do país sul-americano. Como medida para driblar as sanções do país, a Venezuela utiliza criptomoedas como o Bitcoin.

---------------------------------------------------------- BitcoinTrade: 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos! Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! www.bitcointrade.com.br
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Anúncio

Nexo

Empréstimos na hora por transferência bancária usando sua criptomoeda como garantia sem vendê-la. Ganhe juros de até 8% ao ano em suas Stablecoins.

Comece agora

Veja também

Banco Central do Brasil vai monitorar transações acima de R$ 2 mil

O Brasil vai ter um novo cenário conduzido pelo Banco Central em breve, com transações acima de R$ 2 mil sendo monitoradas. Este poderia...

“CVM” da Espanha faz alerta contra pirâmide financeira brasileira

Um Brasileiro resolveu sair do Brasil para envergonhar a nação na Espanha. Filipe Han, fracassado em terras tupiniquins depois de a CVM expor seu...

Clientes da Unick não são vítimas, diz Justiça

A Unick Forex, maior pirâmide financeira com criptomoedas que o Brasil já viu chegou ao fim, a empresa que prometia dobrar capital em até...

Criptomoeda Ripple (XRP) terá IPO

Uma novidade interessante pode ter surgido do Fórum Mundial Econômico em Davos para o criptomercado. Isso porque, de acordo com o CEO da Ripple...

Cliente da Unick vai armado em igreja para cobrar pastor que recomendou esquema

Novamente um líder da Unick sofre ameças de uma pessoa aramada, o líder da vez é um bispo de uma igreja que recomendou a...

Caiu no golpe da Unick e depositou dinheiro em outro golpe

Os clientes da Unick Forex têm passado por enormes problemas desde que a empresa foi encerrada em 2019, um caso recente revela que uma...

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Banco Central do Brasil vai monitorar transações acima de R$ 2 mil

O Brasil vai ter um novo cenário conduzido pelo Banco Central em breve, com transações acima de R$ 2 mil sendo monitoradas. Este poderia...

“CVM” da Espanha faz alerta contra pirâmide financeira brasileira

Um Brasileiro resolveu sair do Brasil para envergonhar a nação na Espanha. Filipe Han, fracassado em terras tupiniquins depois de a CVM expor seu...

Clientes da Unick não são vítimas, diz Justiça

A Unick Forex, maior pirâmide financeira com criptomoedas que o Brasil já viu chegou ao fim, a empresa que prometia dobrar capital em até...