nasdaq-exchange

Em Junho uma nova exchange vai iniciar operações, a DX.Exchange. Poderia ser apenas mais uma no mercado se não fosse por um detalhe muito importante, a exchange está sendo construída com tecnologia da líder de mercado Nasdaq.

Com a plataforma da Nasdaq a exchange promete beneficiar os usuários com baixa latência e desempenho aprimorado mesmo durante grandes volumes de negociações. De acordo com o site, a plataforma tem segurança como prioridade e ela garante que é a prova de invasões, protegendo assim os depósitos dos clientes (FIAT e criptomoedas), bem como informações pessoais.

A Nasdaq foi criada em 1971 e é a segunda maior bolsa do mundo, seu índice mais popular é o NASDAQ-100 que contem gigantes de mercado como ,Apple Inc. (NASDAQ:AAPL) ,Adobe Systems Incorporated (NASDAQ:ADBE), Amazon.com, Inc (NASDAQ:AMZN), Cisco Systems, Inc. (NASDAQ:CSCO) dentre outros.

A exchange tem um design interessante, será possível negociar criptomoedas e acompanhar notícias na mesma tela, além disso é possível ver que a experiencia de usuário é agradável. Atualmente várias exchanges possuem uma interface pobre.

Veja abaixo um vídeo da plataforma

A Exchange não terá taxas para negociações, os usuários terão que fazer uma assinatura no valor de 10 euros por mês (~R$43) para poderem utilizar a plataforma. Dessa forma a Nasdaq diz estar revolucionando o mercado.

Em 2017 o Bitcoin valorizou mais de 1.300%, isso chamou atenção de todo o mundo e a Nasdaq parece ter se interessado pelo assunto.

A entrada da empresa no mercado é um sinal positivo e mostra mais uma vez como as criptomeodas estão ganhando cada vez mais confiança de grandes empresas. A Nasdaq tem alguns desafios pela frente, ela precisa incluir mais criptos na plataforma, e isso deve acontecer com o tempo, além disso, existe um movimento que promove a descentralização de todas exchanges, nesse sentido, a empresa “começou atrasada”.