Economista diz que Bitcoin está em sua maior bolha

Rosenberg prevê que as moedas digitais dos bancos centrais (CBDC) tomarão o mercado das criptomoedas.

Siga no

O fundador e economista-chefe da Rosenberg Research, David Rosenberg, acredita que o Bitcoin está em uma “bolha massiva”. Ele disse que um novo mercado negativo semelhante ao que aconteceu após a alta do Bitcoin em 2017 pode se repetir este ano.

“O Bitcoin está em sua maior bolha, o que pode levar a um mercado em baixa prolongado, semelhante ao de 2018”, disse o ex-economista da Merrill Lynch.

Ele acredita que o atual rally do Bitcoin em um curto espaço de tempo é “altamente anormal”. 

Rosenberg é o economista-chefe e estrategista da Rosenberg Research & Associates, uma empresa de consultoria econômica que ele mesmo fundou em janeiro de 2020. Ele tem Mestrado em Economia pela Universidade de Toronto.

Rosenberg já foi economista-chefe e estrategista de Gluskin Sheff e economista chefe do Bank of America em Nova York e, antes disso, foi economista sênior do Bank of Nova Scotia.

Em uma entrevista à CNBC, o renomado economista disse que está evitando apostar no bitcoin, especialmente depois de sua recente valorização recorde que viu a moeda alcançar os US$ 34 mil.

Na entrevista ele criticou o suprimento máximo de 21 milhões de moedas que já existe, dizendo que quando o ativo atingir esse limite, o protocolo “poderá ser alterado para produzir mais moedas”.

Rosenberg prevê que as moedas digitais dos bancos centrais (CBDC) tomarão o mercado das criptomoedas.

O economista explicou que o Bitcoin teve um desempenho semelhante ao atual durante a último alta em 2017. Contudo, disse, uma vez que a bolha explodiu, a criptomoeda entrou em um mercado de baixa que fez a moeda cair em mais de 80%.

“Provavelmente não vai estourar tão cedo”

Rosenberg disse a CNBC que a tal bolha não vai estourar tão cedo, ele afirmou que os mercados de ações tradicionais também estão em uma bolha. Sua empresa de pesquisa disse que as ações estão cerca de 30% “supervalorizadas”.

“O que está segurando o boot é basicamente zero taxas de juros. Enquanto as taxas permanecerem onde estão, a menos que tenhamos uma retração dramática real na atividade econômica, essa bolha em que estamos provavelmente não vai estourar tão cedo ”, disse.

Rosenberg não é o único economista que faz alertas em relação ao preço do Bitcoin, no final do ano passado, Michael Burry – o famoso investidor interpretado por Christian Bale no filme “A grande aposta” – comparou a Tesla com o bitcoin, chamando ambos de bolha.

Apesar de vários outros economistas acharem que o Bitcoin está sobrecomprado, a trajetória geral da moeda digital continua otimista, com diversos outros analistas acreditando que a moeda digital irá alcançar pelo menos US$ 100 mil ainda em 2021.

Só o tempo dirá quem estava certo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Binance anuncia listagem de ações da Coinbase

A Coinbase, a maior corretora de criptomoedas dos EUA, vai se tornar uma empresa de capital aberto nesta quarta-feira (14), sendo listada na Nasdaq,...

Com IPO da Coinbase, Bitcoin bate novo recorde e supera R$ 375 mil

O preço da criptomoeda mais famosa do mundo bateu um novo recorde na manhã desta quarta-feira (14). Enquanto o mundo aguardava a primeira IPO...

Coluna do TradingView: Bitcoin explode a máxima histórica e retoma alta

Moedas retomam alta após romperem o tão disputado topo histórico. Confira a visão dos analistas do TradingView sobre o momento do mercado. Dann Trade Crypto Estamos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias