Em dia de eleição, hackers vazam dados do TSE

TSE nega hack e diz que dados são antigos.

Siga no
Eleições no Brasil, Urna Eletrônica
Urna Eletrônica Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE

O IP do servidor, os bancos de dados, os nomes de usuários e as senhas de acesso a alguns sistemas do TSE foram vazados pelo grupo hacker CyberTeam nesse domingo (15). A ação ocorre horas depois de o Tribunal Superior Eleitoral dizer que reforçou a segurança do ambiente de TI.

Os dados, de acordo com o TSE, são de 2001, de um servidor abandonado, e que não afetam de nenhuma forma as eleições .

Na semana passada o TSE saiu do ar e negou qualquer tipo de ataque hacker. Pelo Twitter o grupo disse que os dados de usuários dos sistemas foram sim comprometidos.

Nenhum sistema relacionado ao sistema de eleição foi afetado, portanto, não há qualquer sinal de fraude nas eleições.

O grupo divulgou os arquivos e informações dos servidores bem como dos bancos de dados.

“15/11/2020 dia de eleições, e também um dia de vazamento da base de dados do TSE, no link que deixamos disponível existem 7 arquivos (.txt) com dados de utilizador de diferentes sistemas, vale lembrar que a base de dados pertence ao domínio oficial do TSE, isso significa que todos os sistemas relacionados ao TSE acabam de ter as suas credências comprometidas, resumindo; as credenciais pertencem a todos os domínios estaduais do TSE. (sejam felizes!)”

O Livecoins teve acesso ao material que tem 8 arquivos, cada um com dados de acesso aos sistemas do TSE, além de senhas de servidores, os arquivos também possuem senhas de diversos usuários e sistemas.

DUMP TSE
DUMP TSE

Diversos bancos de dados também estão disponíveis no servidor que teve credencial vazada. No momento da redação dessa matéria, o arquivo já possuía mais de 600 downloads, então é de se esperar que dumps dos bancos de dados já estejam em posse de muitas pessoas, e também em fóruns da dark web (mercado negro da deep web). Vale lembrar que os dados são antigos.

Os arquivos foram publicados no Twitter e no Facebook

TSE HACK
TSE HACK

Arquivo de senhas TSE
Arquivos de senha do TSE

O grupo publicou uma mensagem onde deixa a motivação para o suposto hack, eles pedem justiça e investigações para crimes de racismo, violência, abusos, consumo de drogas (anabolizantes), incriminação, jogos psicológicos, assassinatos e injeção proibida de tranquilizantes.

Na semana passada o Livecoins conversou com o grupo hacker que nos disse que eles lutam por justiça e contra o atual sistema judiciário.

Após vazar os dados, o grupo diz ter certeza que o Twitter vai banir sua conta, mas que o Facebook não, pois na rede social não bane nem mesmo grupos de pedofilia.

Veja a mensagem deixada pelo grupo hacker:

Mensagem CyberTeam hack TSE
Mensagem CyberTeam hack TSE

O Livecoins entrou em contato com o TSE para comentar o caso, mas ainda não houve respostas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Vista do teatro AMC Empire em Manhattan cinema Bitcoin

“Paguem com qualquer criptomoeda, mas por favor, voltem aos cinemas”, diz maior rede de...

A rede de cinemas AMC, a maior do mundo no setor, já anunciou anteriormente que pretende aceitar Bitcoin na compra de ingressos para os...
Imagem de Dólar e Bitcoin fundos

Criador de Fundo de Hedge com Bitcoin é condenado a sete anos de prisão

O criador de dois fundos de hegde com Bitcoin, Virgil Sigma e do VQR, que operavam em Nova Iorque, foi condenado pela justiça dos...

“Bitcoin salvará as pessoas da cultura do cancelamento”, diz New York Times

James Poulos, um dos colunistas convidados do New York Times, publicou no famoso veículo de notícias um ensaio onde explica como o Bitcoin pode imunizar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias