Empresa quer escanear seus olhos em troca de criptomoeda

Com isso a ideia da Worldcoin é, segundo eles prometem, criar uma criptomoeda global que será lançada dando ações para todas as pessoas do mundo.

Siga no

Com um medo constante e crescente da vigilância cibernética, que tal escanear os seus olhos em troca de algumas criptomoedas? Esse é o plano da Worldcoin, uma startup que está desenvolvendo um dispositivo capaz de ler a íris ocular de seus clientes.

Segundo informações da Bloomberg, Sam Altman, ex-presidiente da incubadora Y Combinator, quer que a sua startup Worldcoin seja capaz de dar um tipo especial de criptomoeda para cada pessoa doplaneta. Mas primeiro, todos teremos que ter nossos olhos escaneados por seus dispositivos.

A Worldcoin desenvolveu um dispositivo em formato de orbe capaz de escancear a íris dos olhos – a parte que dá a cor aos nossos olhos. A ideia é escanear cada olho para construir uma identificador pessoal único.

Outros nomes conhecidos que estão por trás da Worldcoin é Andreessen Horowitz, da Coinbase, e também o fundador do LinkedIn, Ried Hoffman.

Segundo Altman, a intenção da criptomoeda é distribuir dinheiro globalmente de forma igual, em uma tendência conhecida como Renda Básica de Cidadania. Altman foi o primeiro investidor na Worldcoin, mas agora ele lida mais com conselheiro da companhia, sem nenhum papel no dia a dia da companhia.

“Eu estou muito interessado em coisas como a renda básica de cidadania e o que está acontecendo com a redistribuição global de riquezas e como eu posso fazer isso melhorar. Podemos usar a tecnologia para tornar isso em uma escala global?” disse Altman ao Bloomberg.

Para Alexander Blania, um dos líderes do projeto, as criptomoedas surgiram como uma ótima oportunidade para solucionar o problema de falta de acesso ao sistema financeiro de pessoas ao redor do mundo.

“Muitas pessoas ao redor do mundo não possuem acesso ao sistema financeiro ainda. As criptomoedas oferecem a oportunidade para nos levar até lá.”

Com isso a ideia da Worldcoin é, segundo eles prometem, criar uma criptomoeda global que será lançada dando ações para todas as pessoas do mundo.

A Bloomberg ressaltou que a empresa quer ajudar as economias a transacionar para as criptomoedas e é aí que o scanner de olho entra:

“Um dispositivo de hardware dedicado que garante tanto a humanidade e a singularidade de todo mundo que participar do projeto, enquanto mantém a privacidade e toda a transparência de uma blockchain sem permissões.”

Ainda assim, com um scanner para olhos e criptomoedas, é fácil entender porque alguns podem achar essa ideia um pouco futurística demais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias