Estudantes brasileiros ganham R$ 15 mil em desafio sobre criptomoedas

Durante a disputa, os vencedores desenvolveram projetos sobre previsão de preços de criptos, detecção de atividades ilícitas, lei do preço único e pump and dump (nome dado a um tipo de golpe aplicado no mercado financeiro).

-

Siga no
Criptomoedas Bitcoin, Ethereum e Ripple
Criptomoedas Bitcoin, Ethereum e Ripple
Anúncio

Estudantes de graduação de três instituições brasileiras de ensino superior ganharam R$ 15 mil em uma competição nacional sobre criptomoedas.

Eles participaram do 1.º Desafio de Dados de Criptomoedas, promovido pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) de São Paulo em parceria com a University Blockchain Research Initiative, grupo de universidades que são parceiras da Ripple em pesquisas envolvendo moedas digitais.

O desafio, de acordo com a FGV, é uma iniciativa que visa fomentar estudos e atividades envolvendo ativos digitais. Durante a disputa, que teve início em 10 de agosto, 57 estudantes desenvolveram soluções que podem ser usadas pelo mercado de criptomoedas e blockchain.

Alunos da USP e da Unifesp ficam em 1.º lugar e ganham prêmio de R$ 8 mil em desafio sobre criptomoedas

Anúncio

Os vencedores criaram projetos sobre preços de criptos, detecção de atividades ilícitas, lei do preço único e pump and dump (nome dado a um golpe aplicado no mercado financeiro).

A equipe EvolvingChain – formada pelos estudantes Davi Lima da Silva, Mercedes Garcia Fraga Freire da Silveira e Tiago Nery de Siqueira, do curso de administração da USP (Universidade de São Paul) – ficou em primeiro lugar na competição. O grupo levou R$ 8 mil para casa, de acordo com o site da USP.

Alunos do curso de economia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) também integraram a equipe vencedora, sob a mentoria do professor de Finanças Leandro Maciel.

O projeto da equipe ganhou o nome de “Lei do Preço Único para Criptomoedas”. De acordo com nota da USP, o trabalho verificou se as três criptomoedas de maior capitalização de mercado – Bitcoin, Ethereum e Ripple – negociadas nas exchanges Kraken e Bitstamp seguem a lei do preço único.

Esse princípio do preço único diz que mercadorias idênticas devem ter o mesmo valor em um comércio totalmente livre entre países.

Alunos de estatística, economia, matemática e direito  ganham R$ 7 mil no desafio sobre criptomoedas

O segundo lugar na disputa sobre criptomoedas foi ocupado pela equipe pirates.py, composta por estudantes de economia e de direito da FGV do Rio de Janeiro. Eles desenvolveram o trabalho “Análise preditiva do preço do bitcoin”. Como prêmio, levaram para casa R$ 5 mil.

Já a equipe Grupão – formada por estudantes de estatística, economia e matemática da USP – ficou em terceiro lugar. Os integrantes ganharam R$ 2 mil. Os alunos criaram o projeto “Aprendizagem semi-supervisionada com interpretatabilidade e confiabilidade: modelagem de transações ilícitas em bitcoins”.

Vencedores farão webinar sobre criptomoedas

Webinar FGV - Desafio de Dados de Criptomoedas
Webinar FGV – Desafio de Dados de Criptomoedas / Reprodução

No dia 23 de setembro, de acordo com nota da FGV, as três equipes vencedoras do desafio de criptomoedas farão um webinar para apresentar ao público todo o conhecimento adquirido durante a disputa.

O webinar poderá ser visto no canal do YouTube da instituição!

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Lucas Marins
Lucas Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).

Leia mais

Últimas notícias

Coluna do TradingView: Estudo da Semanal – BTC, NEO, BAT e Lend

Bitcoin em claro momento de distribuição no topo de 10mil dólares. Confira como os analistas do TradingView estão olhando para as Criptomoedas durante esse...

Banco Central quer economizar R$ 70 bilhões com moeda digital

O Banco Central do Brasil quer economizar pelo menos R$ 70 bilhões com o lançamento da nova moeda digital. A informação teria sido repassada...

Polícia Civil deflagra 2.ª Fase da Operação Attack Mestre

A Polícia Civil do Estado de Goiás (GO) deflagrou a 2.ª Fase da Operação Attack Mestre, prendendo um famoso hacker da deep web. No...