Anúncio
Início Altcoins Fortnite faz parceria com criptomoeda voltada para jogos

Fortnite faz parceria com criptomoeda voltada para jogos

Desenvolvedores de jogo poderão contar com serviços adicionais integrados à criptomoeda escolhida pela Epic Games.

-

Fortnite faz parceria com The Abyss

Os jogadores do Fortnite poderão encontrar uma criptomoeda integrada ao jogo em breve. O anúncio da parceria entre o jogo da Epic Games e a criptomoedas The Abyss foi publicado pela Coindesk. De acordo com o site, os desenvolvedores da plataforma Unreal Engine devem receber por suas colaborações através da criptomoeda que está firmando parceria com o criador de Fortnite.

Criptomoedas e jogos estão ligados desde a criação do bitcoin. Vários jogos oferecem recompensas em criptomoedas e alguns deles são voltados exclusivamente para ativos digitais. Dentre as inúmeras funcionalidades, as criptomoedas representam para a indústria de games uma completa inovação.

Fortnite faz parceria com criptomoeda The Abyss

Diferentemente de outras tecnologias, a versatilidade das criptomoedas permitem uma integração com praticamente qualquer projeto. Isso significa que ativos digitais podem ser utilizados como suporte para jogos que envolvam a monetização de sistemas entre desenvolvedores e jogadores.

No caso da Fornite, o The Abyss poderá ser utilizado para recompensar desenvolvedores do jogo. Porém, nada impede que um sistema integrado com a criptomoeda domine o jogo, criado originalmente em 2011.

Desde então, Fortnite é um sucesso e representou a expansão da Epic Games para o desenvolvimento de outros jogos, como o Battle Royale, por exemplo.

The Abyss pode ser a nova criptomoeda do Fortnite

Arrastando milhões de usuários pelo mundo todo, o Fortnite poderá inaugurar a utilização de uma criptomoeda em sua plataforma. Desenvolvedores do jogo deverão contar com a integração da The Abyss aos serviços de licenciamento do Fortnite.

Sem dar maiores detalhes sobre a parceria, o diretor de licenciamento da Epic Games comentou sobre o lançamento. Para Mike Gamble, a parceria significará o oferecimento de recursos adicionais pelo jogo.

“Estamos muito satisfeitos com o fato de o The Abyss ter escolhido oferecer recursos adicionais aos desenvolvedores e editores do Unreal Engine”.

The Abyss foi lançada em 2018 no mercado de criptomoedas. O ativo digital chegou ao mercado após uma Oferta Inicial de Moeda (ICO em sua sigla em inglês). Na oferta do The Abyss , a empresa arrecadou pouco mais de US$ 15 milhões. Esse valor será utilizado no desenvolvimento da criptomoeda, voltada para plataformas de jogos.

Um dos jogos da empresa conta com 125 milhões de usuários

Um lançamento chamado Fornite Battle Royale fez com que 125 milhões de usuários utilizassem a plataforma da Epic Games. O jogo pode ser acessado através de sistemas operacionais Windows e MacOS. Contudo, aparelhos de video game também podem ser utilizados para acessar o Fortnite Battle Royalle, como o PlayStation 4 e o Xbox One, por exemplo.

Por trás do Fortnite e de outros jogos da Epic Games existem importantes desenvolvedores. Uma equipe expressiva de engenheiros e programadores faz parte da Unreal Engine.

Mais de 120 milhões de jogadores no Fortnite Crash Royalle

Plataforma Unreal Engine existe desde 1998

A plataforma pode ser utilizada por qualquer desenvolvedor que deseja criar um projeto baseado em jogos. Lançada em 1998, em mais de vinte anos a Unreal Engine foi responsável pela apresentação de importantes títulos da indústria dos games. Dentre eles se encontram Batman, Medal of Honor e Mass Effect.

Com taxas generosas, a Unreal Engine deverá oferecer uma integração com a The Abyss. Isso permitirá que desenvolvedores apliquem seus fundos diretamente na criptomoeda.

Para os usuários da plataforma, a Unreal Engine cobra apenas acima das taxas de US$ 3.000. Desenvolvedores que atingem esse valor pagam cerca de 5%, em relação aos valores obtidos em contratos de licenciamento para uso do jogo pelo usuário final.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Avatar
Paulo José
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".

MAIS LIDOS

Unick Forex: empresa pode ser condenada em novo processo judicial

A empresa Unick Forex está com problemas em pagamentos na plataforma. Esse atraso está fazendo com que usuários procurem a justiça em busca de...

2 indicadores de Bitcoin que você deveria prestar atenção

Existem centenas de indicadores que você pode utilizar em suas análises de Bitcoin. RSI, MACD, Médias Móveis, Bandas de Bollinger e por aí vai....

5 motivos mostram que Bitcoin viverá o melhor ano de sua história em 2020

O bitcoin deverá vivenciar um momento histórico em 2020. Para alguns analistas, o próximo ano deverá elevar o preço da criptomoeda para valores jamais...

Samsung adiciona suporte ao Bitcoin

Sediada em um dos principais países de olho no Bitcoin, a Samsung não poderia demorar a se voltar para a moeda digital. De fato,...

Nova Zelândia torna o Bitcoin legal para pagamentos de salários

Uma decisão do Departamento de Impostos da Nova Zelândia tornou o Bitcoin uma forma legal de pagar o salário de funcionários. De acordo com o departamento fiscal,...

Mais de R$ 70 milhões em bitcoins “somem” da Indeal

Investigações sobre o caso da Indeal revelam que mais de R$ 70 milhões praticamente sumiram das contas da empresa. À justiça, a Indeal alegou...

Escreva seu comentário:

1Xbit

Unick Forex: empresa pode ser condenada em novo processo judicial

A empresa Unick Forex está com problemas em pagamentos na plataforma. Esse atraso está fazendo com que usuários procurem a justiça em busca de...

2 indicadores de Bitcoin que você deveria prestar atenção

Existem centenas de indicadores que você pode utilizar em suas análises de Bitcoin. RSI, MACD, Médias Móveis, Bandas de Bollinger e por aí vai....