Fórum Econômico Mundial: mais de 40 bancos centrais estão testando criptomoedas

Novo relatório do Fórum Econômico Mundial mostra que mais de 40 bancos centrais ao redor do mundo estão considerando oferecer suas próprias moedas digitais baseadas em blockchain.

Siga no

O relatório foi publicado hoje cedo e faz uma análise de como os bancos centrais estão estudando como a tecnologia blockchain pode ser utilizada ou estão experimentando diretamente a criação de moedas digitais.

A maioria desses projetos visa resolver questões como inclusão financeira, eficiência de pagamentos e segurança cibernética.

O relatório afirma ainda que as CBDCs (moedas digitais de bancos centrais), que são emitidas em livros distribuídos e podem ser transacionadas de maneira peer-to-peer, possibilitarão transações mais rápidas e mais econômicas.

Entre os benefícios mais notáveis ​​das CBDCs estão: – o potencial para melhorar os procedimentos de Know Your Customer (KYC) e de lavagem de dinheiro (AML), reduzir a corrupção, atividades ilícitas e evasão fiscal, desafiar o poder de monopólio dos bancos comerciais de varejo e fornecer alternativas às tecnologias de pagamentos no setor privado.

O relatório continua com uma lista de possíveis desvantagens das CBDCs, dizendo que os bancos devem considerar os desafios da tecnologia blockchain, incluindo escalabilidade de transações, gerenciamento de chaves, velocidades de transações, possível exclusão financeira de populações que não adotem CBDCs – o que poderia levar a maior marginalização dos sistemas de pagamento digital – bem como os riscos para a estabilidade financeira da desintermediação bancária.

Alguns bancos centrais estão se preparando para emitir uma moeda digital em breve

Ashley Lannquist, líder de projeto em blockchain e tecnologia de contabilidade distribuída no Fórum Econômico Mundial e o principal autora do relatório disse:

“É verdade que vários bancos centrais estão de olho nisso. Um projeto piloto produziu alguns resultados mistos, alguns resultados otimistas, e o resumo de onde estamos agora é que os bancos centrais estão procedendo com cautela, ainda que altamente envolvidos em pesquisa”.

Ela acrescentou que nos próximos dois anos, especulando para o futuro e sendo um pouco conservadora, espera que alguns bancos centrais emitam uma moeda digital.

Vários bancos foram mencionados, incluindo o Banco da França, que implementou a tecnologia blockchain.

O Banco da Inglaterra, o Banco do Canadá e a Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) deram uma olhada mais abrangente no espaço, em comparação com seus equivalentes nos bancos centrais de outras nações. Os bancos centrais das nações da Lituânia ao Caribe também estão avançando.

O relatório observa que o Banco Central da Lituânia planeja emitir uma Moeda Digital para testar a tecnologia em um ambiente controlado em tempo real, enquanto o Banco Central do Caribe deseja testar uma moeda digital para promover o crescimento econômico.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias