Funcionários da ATLAS QUANTUM deletam empresa do perfil no Linkedin

Em alguns casos os usuários excluíram o perfil inteiro na rede social. Outros mudaram o nome da Atlas para 4CADIA.

Siga no
Atlas Quantum
Atlas. Foto Renata Santos, Livecoins

Matéria atualizada em 12/09/2019 às 17:43


De acordo com informações do site RADAR BTC, funcionários da Atlas Quantum estão deletando a empresa de seus perfis do Linkedin. Em alguns casos o usuário voltou com a informação sobre a empresa.

A ação acontece poucas semanas depois da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) proibir a Atlas de oferecer investimentos em Bitcoin sem autorização da autarquia.

A Atlas está com atrasos de pagamentos que vem preocupando investidores. Várias reclamações estão aparecendo no Reclame Aqui e alguns investidores já começaram a procurar a justiça para receberem seus fundos de volta.

O LinkedIn é uma rede social para uso profissional. Em poucas palavras, se trata de um “currículo online” no qual o usuário expõe sua experiencia profissional.

Um levantamento feito pela equipe do Radar BTC descobriu que pelo menos 10 funcionários ou ex-funcionários excluíram a informação que trabalharam na Atlas de seus perfis na rede social.

Em alguns casos os usuários chegaram até mesmo a apagar todo o perfil da rede. Uma atitude considerada extrema.

Alguns usuários também alteraram a empresa Atlas para a 4CADIA, segundo fontes, se trata de um projeto da Atlas que estava em desenvolvimento.

Como na internet nada se apaga, centenas de prints de perfis relacionados a Atlas foram feitos nas semanas anteriores, esses prints estão agora sendo compartilhados em grupos de Whatsapp. No momento da redação desta matéria, a lista contava com pelo menos 12 pessoas que já teriam excluído a informação de seus perfis.

A lista possuí diretores, funcionários de compliance, marketing, advogados, desenvolvedores e outros cargos. A fase difícil que a Atlas enfrenta pode ser o motivador dessas exclusões.

Hoje a Atlas anunciou a demissão de 4 diretores, dos quais, um já deletou seu perfil no Linkedin. De acordo com informações do próprio Linkedin, pelo menos 30 funcionários deixaram a empresa nos últimos 2 meses.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Meme dogecoin que circula nas redes.

Mercado cripto sofre uma das maiores quedas já vistas, Dogecoin sobe

As últimas 24 horas foram um pesadelo para alguns investidores em criptomoedas. A primeira moeda a sentir a queda foi o Bitcoin, que perdeu mais...
Mina carvao

Taxa de hash do Bitcoin cai após acidente em mina de carvão na China

O hashrate do Bitcoin caiu cerca de 40% nas últimas 24 horas, de mais de 180 petahashes por segundo para cerca de 105 Ph/s....

Bitcoin desaba com desligamento de mineradoras chinesas e preocupações regulatórias

O Bitcoin despencou mais de 15% neste domingo (18), para cerca de US $ 51 mil, depois de ter alcançado um marco de US...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias