Fundo de investimentos compra R$ 938 milhões em Bitcoin

Mais duas empresas compraram Bitcoin nos últimos dias e apostam que adoção de Wall Street é inevitável.

Siga no
Empresário segurando um Bitcoin criptomoedas capital social
Empresário segurando um Bitcoin

Mais um fundo de investimentos comprou Bitcoin e inicia suas atividades em janeiro de 2021 no mercado. O fundo investiu R$ 938 milhões na moeda digital.

Com sede em Nova York, nos Estados Unidos, a SkyBridge Capital é uma empresa de investimentos globais. Nas últimas semanas, o mercado de criptomoedas havia prestado atenção no movimento da empresa em relação ao Bitcoin. De acordo com o portal de notícias Coindesk, a empresa tem mais que U$ 9 bilhões sob gestão.

Próxima de lançar o fundo SkyBridge Bitcoin Fund LP, a empresa confirmou que já teria feito a compra milionária da principal criptomoeda do mundo. Para lançar o fundo, vale o destaque, a SkyBridge Capital já deu entrada com pedido na SEC, sendo um fundo de investimentos que deverá ser regulamentado pelo governo dos Estados Unidos.

A SkyBridge, que funciona desde 2005, é mais uma gestora tradicional a se movimentar no mercado de Bitcoin.

Fundo de investimentos compra R$ 938 milhões na criptomoeda: “Bitcoin é o novo ouro”

Em plena crise na saúde, a economia também sentiu os abalos decorrentes da COVID-19, prejudicando empresas e aumentando ainda mais o desemprego no mundo. Vários ativos acabaram se desvalorizando com o movimento, principalmente aqueles de alto risco.

Moedas de países emergentes também sentiram a pressão, com extrema desvalorização e temores de uma nova leva de hiperinflação. No Brasil, por exemplo, cada Dólar vale mais de R$ 5 hoje.

Dessa forma, as empresas começaram a buscar refúgios em ativos descorrelacionados com a economia tradicional. Há séculos, o ouro foi o principal ativo entre os preferidos pelos investidores.

Em 2020, entretanto, o Bitcoin tem atraído uma nova leva de investidores que buscam segurança de longo prazo. De acordo com o Coindesk, a SkyBridge é a nova empresa a acreditar mais no Bitcoin que no ouro.

A empresa lançou um comunicado dizendo que “o Bitcoin é o ouro digital”. Além disso, deixou claro que o Bitcoin é melhor sendo ouro que o próprio ouro, ou seja, acredita que as propriedades de reserva de valor do ativo digital são mais interessantes hoje.

No material lançado pela SkyBridge, é possível ainda encontrar relatos de grandes empresas que apoiam o Bitcoin hoje, como CitiBank, JPMorgan e até a BlackRock. Dessa forma, a empresa acredita que o Bitcoin é respeitado por Wall Street hoje, sendo uma moeda com potencial para os próximos anos.

Um dos fundadores da empresa, Anthony Scaramucci, chegou a declarar recentemente que o Bitcoin é uma moeda promissora. Com a atual taxa de emissão de moedas feita pelo Banco Central dos Estados Unidos, o FED, o Bitcoin forneceria a proteção necessária contra as medidas monetárias, conduzidas principalmente nos EUA.

Após investir quase R$ 1 bilhão em Bitcoin, a SkyBridge é mais uma a ingressar no mercado mais aquecido da última década.

Empresa do Canadá também compra Bitcoin e acredita que ele irá alcançar o ouro com valorização extrema

Em 2020, a queda do volume de Bitcoin em corretoras foi um importante movimento percebido pelo mercado de Bitcoin. Isso porque, com empresas comprando grandes volumes, não tem sobrado muito para quem negocia por plataformas em pequenas quantidades.

De acordo com a empresa do Canadá NexTech, o Bitcoin tem muito potencial. A NexTech, que acabou comprando U$ 2 milhões de Bitcoin (aproximadamente R$ 10 mi), fez anúncio da aquisição na última terça-feira (29).

A empresa acredita até que o mercado de Bitcoin pode alcançar o do ouro, sendo uma tendência a reserva de valor conter uma parte na moeda digital. O CEO da NexTech, Evan Gappelberg, comentou em nota que deverá haver uma mudança de paradigma no mercado em breve, substituindo o ouro por Bitcoin.

“Nosso investimento em Bitcoin é parte de nossa nova diversificação de capital e estratégia de alocação com a intenção de maximizar o valor de longo prazo para nossos acionistas.

Este investimento inicial reflete nossa crença de que o Bitcoin é uma reserva de valor de longo prazo e um ativo de investimento atraente com maior potencial de valorização de longo prazo do que a retenção de caixa, que atualmente rende 0,06%. Bitcoin é uma versão digital de ouro que tem uma capitalização de mercado total de $ 10 trilhões contra a capitalização de mercado total do Bitcoin de apenas $ 500 bilhões.

Achamos que, como parte da transformação digital, uma mudança de paradigma para o ouro digital está em andamento e, à medida que o Bitcoin é visto cada vez mais como uma reserva de valor, assim como o ouro, ele alcançará o ouro.”, afirmou Evan em nota à imprensa.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
Homem jogando dinheiro para cima bilionários do Bitcoin

Usuário compra bitcoin por 11 mil dólares durante flash crash da Binance

Durante uma queda repentina nos preços de várias moedas na Binance americana, onde o Bitcoin chegou a ser negociado por 8.200 dólares por menos...

Bitcoin atingiu novo recorde histórico, o que mudou na rede?

OÉ importante manter a conjuntura Macro clara, e para isso, os indicadores cíclicos continuam atualizar a cada dia que passa junto com o preço...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias