Goldman Sachs convida clientes para uma apresentação sobre Bitcoin

O interesse dos grandes investidores está se tornando cada vez mais comum. Recentemente o lendário trader Paul Tudor Jones comprou Bitcoin como um hedge contra a futura crise global que ameaça quebrar o sistema financeiro tradicional.

Siga no
Divulgação/Goldman Sachs
Divulgação/Goldman Sachs

O Goldman Sachs é uma das mais importantes instituições financeiras privadas do mundo e é um nome muito reconhecido no setor de investimentos. Por isso, a notícia de que a ginte está convidando seus clientes para participar de uma apresentação online sobre o Bitcoin, animou muitos entusiastas do mercado de criptomoedas.

Considerando o nível dos clientes da instituição e o foco em investimentos, é possível que esse seja um bom momento para o Bitcoin ganhar mais investidores de peso.

O convite foi compartilhado nas redes sociais por Mike Dudas, o fundador do site The Block. O tema será “As implicações das Atuais Políticas para a Inflação, Ouro e Bitcoin” e vai acontecer no próximo dia 27.

Convite da Goldman Sachs na íntegra.

Mike compartilhou a imagem com a mensagem “Está Acontecendo” fazendo alusão a importância de a criptomoeda ser foco em uma apresentação para os investidores de uma das principais empresas do setor financeiro.

Claro, é difícil saber exatamente qual será o teor dessa apresentação e, portanto, não tem como saber se é algo positivo para o Bitcoin.

No entanto, o simples fato da moeda digital estar em foco em algo assim, é uma demonstração de como ela se torna, mesmo que aos poucos, cada vez mais mainstream entre setores financeiros especializados.

Bitcoin em foco na Goldman Sachs é um bom sinal

O que sabemos é que, a instituição não iria colocar o Bitcoin no centro de uma apresentação assim caso não houvesse o interesse dos clientes em relação ao ativo.

É bem possível que a apresentação tenha como objetivo responder as dúvidas que os investidores possuem sobre o ativo e principalmente sobre como ele funciona como reserva de valor, dado que o Ouro estará na mesma apresentação “lado a lado” com o BTC.

Isso é um sinal de demanda varejista, o que é mais do que fundamental neste momento em que o Bitcoin precisa demonstrar fortalecimento de seus fundamentais, principalmente agora, com a fase pós-halving.

Claro, temos também o simples fato de a moeda estar tendo a atenção de uma instituição que há alguns anos atrás, nem mesmo se importava com o criptomercado.

A cinco anos atrás, ou até menos, imaginar que a Goldman Sachs iria convidar seus investidores para uma apresentação sobre Bitcoin poderia ser considerado um delírio.

O interesse dos grandes investidores está se tornando cada vez mais comum no Bitcoin. Recentemente, o lendário trader Paul Tudor Jones comprou Bitcoin como um hedge contra a futura crise global que ameaça quebrar o sistema financeiro tradicional.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Gráfico de preço da Cardano em alta

Cardano líder em número de desenvolvedores? Não caia nessa!

Um estudo de atividades no GitHub, principal repositório do código-fonte das criptomoedas, mostrou a Cardano na liderança nos últimos 12 meses. Os dados foram...

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias