Golpe de 89 milhões usava falsos investimentos em Bitcoin

Membros da quadrilha foram presos e estão sendo julgados!

-

Siga no
Quadrilha usa bitcoin para lavar dinheiro
Quadrilha usa bitcoin
Anúncio

Um golpe sofisticado foi descoberto pelas autoridades, que conseguiu capturar cinco membros e levar estes a julgamento. O pretexto de todo o problema era afirmar para clientes que eles faziam investimentos em Bitcoin, que se mostraram depois falsos.

Toda a ação era coordenada por um homem que atuava diretamente de Israel. O israelita é apontado como líder da quadrilha de criminosos, que teria lesado pessoas em vários países.

Após identificar cinco membros desta patota, atuando diretamente de Portugal, a polícia conseguiu localizar e prender os golpistas. O julgamento apura que várias contas utilizadas pelos bandidos estariam presentes em Portugal.

Anúncio

Bitcoin golpe
Bitcoin golpe

Falsos investimentos em Bitcoin levam cinco pessoas a prisão, promessas de altos rendimentos

Em época de quarentena e campanhas para ficar em casa, as pessoas estão vulneráveis a ação de criminosos da internet. A Europol liberou um material recentemente para ajudar as pessoas a entender essa nova realidade e se defender.

Contudo, na Europa a onda de coronavírus não é o único índice que está subindo. Isso porque, crimes digitais têm aumentado na região, com a polícia em busca dos bandidos que os cometem.

Em um caso que chamou atenção nos últimos dias, os golpistas certamente mostraram um crime sofisticado. Enquanto o líder da organização se encontra em Israel, outros membros se espalham por países para dar golpes.

As vítimas de uma proposta de falsos investimentos em Bitcoin são de pelo menos três países europeus. Ou seja, o crime sofisticado, arquitetado por uma pessoa a distância, conseguiu ter sucesso e arrecadar £16 milhões de euros. Na cotação do Euro hoje, o golpe é de mais que R$ 89 milhões de reais, que deveriam ser usados para compra de Bitcoin.

Golpe usando Bitcoin
Golpe usando imagem do Bitcoin

Contas em Portugal foram identificadas pela justiça

Ao todo, a polícia identificou e prendeu cinco membros do golpe que atuou na Europa, aplicando promessas falsas com Bitcoin. Os investidores eram levados a crer que iriam ter um retorno vultuoso de seus investimentos, o que nunca aconteceu.

Além disso, os bandidos criavam contas em nome de empresas falsas para receber o dinheiro das vítimas. Algumas empresas eram compradas pelos bandidos, outras nunca existiram.

O Tribunal de Lisboa está julgando às cinco pessoas presas por organização criminosa internacional. Em outro ponto, foram identificadas contas abertas em Hong Kong, Turquia, Romênia e Tailândia.

O Ministério Público de Portugal apurou que esta quadrilha tem pelo menos 20 membros que atuam divulgando falsos investimentos em Bitcoin. Para isso, utilizam páginas na internet e redes sociais, que captam dinheiro das vítimas e nunca mais dão notícias.

De acordo com o Jornal de Notícias de Portugal, às cinco pessoas presas já tiveram alguns sites descobertos. Dois domínios descobertos foram Crypto-major.tech e tradabank.com.

Golpe com criptomoedas
Golpe com criptomoedas

Bitcoin é uma moeda digital que não promete rendimentos, cuidado ao ver falsas promessas

Ao prometer rendimentos com Bitcoin, uma moeda digital, os golpistas costumam atrair pessoas que nunca ouviram falar desta tecnologia ou nunca estudaram sobre. Seu preço é estimado pela própria comunidade, que compra e vende em corretoras.

No último mês de março, entretanto, o Bitcoin teve uma enorme queda de preços. Em menos de 24 horas, a moeda perdeu 50% de seu valor, ou seja, oferecer rendimentos garantidos de um ativo volátil é complicado.

Apesar da recente recuperação do Bitcoin, que teve seu preço aumentando consideravelmente após a enorme queda, o cenário de volatilidade continua em alta.

Gráfico de Preços do Bitcoin
Gráfico de Preços do Bitcoin

Empresas que prometem rendimentos fixos de um ativo variável certamente querem aplicar golpes. Na dúvida, nunca confie e verifique antes de realizar qualquer investimento em Bitcoin, principalmente se prometer porcentagens malucas.

No Brasil, uma série de pirâmides causaram inúmeros prejuízos nos últimos anos, logo, o alerta é válido no país. Algumas já encerradas foram Unick Forex, Indeal, entre outras.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Finanças Descentralizadas (DeFi) caem 40%, será o fim?

Nos últimos dias assistimos um massacre das moedas de finanças descentralizadas (DeFi), com quedas entre 30% e 58%. Talvez você não tenha acompanhado a...
Bitcoin em corretoras de criptomoedas

Trader veterano que viu queda no Brasil gosta do Bitcoin

Com o preço do Bitcoin operando abaixo de U$ 12 mil em setembro, a contrapartida foi o aumento da volatilidade no início do mês....
Itau demissão criptomoedas

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...

Últimas notícias

Pioneira, gestora carioca lança primeiro ETF de criptomoedas do mundo

A gestora Hashdex, sediada no Rio de Janeiro (RJ), informou nesta semana que recebeu aprovação para lançar o primeiro ETF (sigla para fundo negociado...

Trader veterano que viu queda no Brasil gosta do Bitcoin

Com o preço do Bitcoin operando abaixo de U$ 12 mil em setembro, a contrapartida foi o aumento da volatilidade no início do mês....

Itaú demite por justa causa funcionário que negociava Bitcoin no horário de expediente

O Itaú Unibanco demitiu por justa um analista de sistemas que, de acordo com a empresa, negociava Bitcoin e outras criptomoedas durante o horário...