Google processa hackers russos que usam blockchain do Bitcoin em botnet

O Google conseguiu identificar três endereços de Bitcoin específicos que a botnet estava usando para se recuperar e agiu para interromper o vetor do ataque. Mas o fato de o Glupteba usar Bitcoin significa que os operadores podem restaurá-lo a qualquer momento. Na parte final do processo, o Google acusa os russos de fraude e extorsão.

Siga no

Problemas com hackers estão sendo uma constante dentro do criptomercado (e na internet como um todo, na verdade), ainda há uma grande “briga” para conseguir lidar com esse tipo de atividade ilícita. Recentemente o Google entrou na briga contra um grupo hacker específico, que utilizou um botnet para espalhar cryptojackers em redes privadas.

O Google anunciou um processo civil aberto contra os cidadãos da Rússia Dmitry Staroviko e Alexander Filippov, além de outras 15 pessoas que não foram identificadas. Os requeridos do processo são, de acordo com o Google, parte de um grupo hacker especializado em utilizar o botnet Glupteba em computadores e redes para a realização de mineração oculta, atividade conhecida como cryptojacking.

Além da mineração oculta nos computadores, o Glupteba também era usado pelo suposto grupo para roubar dados pessoais dos usuários para vender para terceiros, além de roubar dados bancários para realizar compras ilegais. Além disso, os hackers também vendiam acesso a PCs desbloqueados e afetados pelo Glupteba.

Uso da blockchain do Bitcoin

No processo o Google afirma que o botnet utilizou a descentralização do Bitcoin para se defender de ferramentas tradicionais projetadas para prevenir essas atividades maliciosas.

O site também afirmou que, de acordo com a Chainalysis, empresa de segurança de Blockchain, parte do código para os servidores e de controle do botnet estava localizado em blocos na Blockchain do Bitcoin.

Isso permite que o botnet se recupere sempre que o servidor infectado for desligado pelo serviço de segurança. De acordo com especialistas, este é um caso único de uso de blockchain para proteger malware.

“Este é o primeiro caso conhecido de um botnet usando essa abordagem”, afirmou o estudo da chainalysis.

Google

Na ação o Google alegou que é necessário interromper as atividades da empresa dos réus Dmitry Staroviko e Alexander Filippov, a Glupteba Enterprise.

O Google conseguiu identificar três endereços de Bitcoin específicos que a botnet estava usando para se recuperar e agiu para interromper o vetor do ataque. Mas o fato de o Glupteba usar Bitcoin significa que os operadores podem restaurá-lo a qualquer momento. Na parte final do processo, o Google acusa os russos de fraude e extorsão.

Esse é um caso realmente interessante de uso de um programa malicioso e a rede do Bitcoin para proteger os ataques realizados. Claro, ainda é necessário estudar o caso para saber o quanto as alegações do Google são fundadas, mas pelo menos o processo não critica o Bitcoin por causa do seu uso nesse vetor.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Ozzy Osbourne, lendário artista do rock

Coleção de NFTs de Ozzy Osbourne é alvo de golpistas

A coleção de NFTs lançada pelo lendário cantor Ozzy Osbourne mal foi lançada no mercado de criptomoedas e já se tornou alvo de golpistas....
Pessoa segurando celular com Bitcoin em queda

Bitcoin sofre sua maior perda da história

Embora a recente correção do Bitcoin não seja a maior em termos percentuais, esta já é a maior perda da sua história após perder...
Trader triste com seu investimento em shitcoins

Apesar da queda, Bitcoin está mais forte do que nunca, shitcoins começam a evaporar

Grandes correções do Bitcoin não são novidade, até então esta já é a sexta maior de sua história. Apesar das perdas, esse movimento é...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias