Governo americano leiloará 4 mil Bitcoins

Até o final de fevereiro, o governo dos EUA realizará um leilão com 4 mil bitcoins, um total de 37 milhões de dólares. As criptomoedas são parte de um confisco administrativo realizado pelo governo.

Este é o maior leilão de bitcoins desde 2018 e será divido em quatro partes: venda de um primeiro lote de 2500 bitcoins, depois outro com 1000, seguida de mais dois de 500.

Para participar, é necessário fazer o depósito de 200 mil dólares.

De acordo com um comunicado oficial, o dinheiro investido será devolvido para os participantes que não tiverem seus lances aceitos e não comprarem nenhum bitcoin.

Para fazer parte do leilão, será necessário realizar a inscrição e depositar a quantia requerida até o dia 12 de fevereiro. As criptomoedas leiloadas derivam de confisco por crimes federais, civis e administrativos.

O leilão ocorrerá no dia 18 de fevereiro. Até o momento, o governo confirmou um grande número de inscritos, de forma que o processo de anúncio de ganhadores pode se estender para além da data. Desta forma, a decisão de dividir em lotes deve ajudar a organizar todo o evento, garantindo sua condução adequada do início ao fim.

Prática é realizada periodicamente pelo governo

Nos últimos anos, vários leilões semelhantes foram realizados pelo governo americano. Em fevereiro de 2018 o USMS já havia leiloado 3.800 criptomoedas confiscadas. Em outubro do mesmo ano, mais 600 foram vendidas.

A expectativa é de que o leilão dure cerca de seis horas. A estimativa é baseada nas vendas anteriores realizadas pelo USMS.

No total, a quantidade de bitcoin arrecadada deriva de mais de 50 crimes administrativos de diversas frentes. Trata-se de uma boa oportunidade para os investidores interessados em adquirir a criptomoeda.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Últimas notícias